A Compra Garantida Estante Virtual é uma garantia de que você receberá a encomenda ou o reembolso do valor da sua compra. Saiba mais aqui.

  • 1.350 sebos e livreiros
  • Qualificações positivas dos livreiros
  • Maior acervo do mundo em língua portuguesa
filtros
Uma Breve Historia da Justica Distributiva Capa ilustrativa

Uma Breve História da Justiça Distributiva

Samuel Fleischacker

A justiça distributiva, no sentido moderno, exige que o Estado garanta a cada um de seus cidadãos um certo nível de bem-estar material. Neste livro, Samuel Fleischacker afirma que a ajuda estatal aos pobres é uma idéia moderna, desenvolvida nos últimos duzentos anos. As noções anteriores de justiça, inclusive a de Aristóteles, tinham por objeto unicamente a distribuição das dignidades políticas, nunca a dos bens materiais. Foi só no século XVIII, com a obra de filósofos como Adam Smith e Immanuel Kant, que a idéia de justiça passou a ser aplicada ao problema da pobreza. Quem atribui uma linhagem mais antiga à justiça distributiva faz confusão entre justiça e caridade. Fleischacker explica de que modo a confusão desses dois princípios criou falsas concepções acerca do desenvolvimento histórico do Estado de bem-estar social. Os socialistas, por exemplo, estão habituados a afirmar que a economia moderna anulou antigos ideais de igualdade e justiça social. Os defensores do livre mercado concordam, mas aplaudem esse aparente triunfo do ceticismo e do rigor social-científico. Ambas as interpretações passam por alto as graduais mudanças de pensamento que desembocaram num pressuposto que, hoje, é esposado por muitos; que a justiça exige que, se possível, todos sejam retirados da pobreza. Estudando os grandes textos da filosofia política antiga, medieval e moderna, Fleischacker mostra de que maneira chegamos ao significado moderno da justiça distributiva. Fechar Ler mais

A justiça distributiva, no sentido moderno, exige que o Estado garanta a cada um de seus cidadãos um certo nível de bem-estar material. Neste livro, Samuel Fleischacker afirma que a ajuda estatal aos pobres é uma idéia moderna, desenvolvida nos últimos duzentos anos. As noções anteriores de justiça, inclusive a de Aristóteles, tinham por objeto unicamente a distribuição das dignidades políticas, nunca a dos bens materiais. Foi só no século XVIII, com a obra de filósofos como Adam Smith e Immanuel Kant, que a idéia de justiça passou a ser aplicada ao problema da pobreza. Quem atribui uma linhagem mais antiga à justiça distributiva faz confusão entre justiça e caridade. Fleischacker explica de que modo a confusão desses dois princípios criou falsas concepções acerca do desenvolvimento histórico do Estado de bem-estar social. Os socialistas, por exemplo, estão habituados a afirmar que a economia moderna anulou antigos ideais de igualdade e justiça social. Os defensores do livre mercado concordam, mas aplaudem esse aparente triunfo do ceticismo e do rigor social-científico. Ambas as interpretações passam por alto as graduais mudanças de pensamento que desembocaram num pressuposto que, hoje, é esposado por muitos; que a justiça exige que, se possível, todos sejam retirados da pobreza. Estudando os grandes textos da filosofia política antiga, medieval e moderna, Fleischacker mostra de que maneira chegamos ao significado moderno da justiça distributiva. Fechar Ler mais

Estatísticas de venda deste livro

Último vendido Nos últimos 3 meses
Vendidos
Preço médio R$ " + data.stats.mean + "
Menor preço R$ " + data.stats.min + "
Maior preço R$ " + data.stats.max + "

Esta informação aparece apenas para usuários logados como livreiros.

Uma Breve História Da Justiça Distributiva

Uma Breve História Da Justiça Distributiva

Uma Breve História Da Justiça Distributiva

Uma Breve História Da Justiça Distributiva

Ano:   Editora: Martins Fontes

Tipo: novo

Flanarte Flanarte SP - São Paulo
99% Positivas
2457 qualificações
R$ 52,00 + R$ 8,21 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo, 280 págs., 13, 5 x 20, 5 cm, 1ª edição, ISBN: 9788533623194. Sinopse: A justiça distributiva, no sentido moderno, exige que o Estado garanta a cada um de seus cidadãos um certo nível de bem-estar material. Neste livro, Samuel Fleischacker afirma que a ajuda estatal aos pobres é uma ideia moderna, desenvolvida nos últimos duzentos anos. As noções anteriores de justiça, inclusive a de Aristóteles, tinham por objeto unicamente a distribuição das dignidades políticas, nunca a dos bens materiais. Foi só no século XVIII, com a obra de filósofos como Adam Smith e Immanuel Kant, que a ideia de justiça passou a ser aplicada ao problema da pobreza. Quem atribui uma linhagem mais antiga à justiça distributiva faz confusão entre justiça e caridade. Fleischacker explica de que modo a c

Uma Breve História Da Justiça Distributiva

Uma Breve História Da Justiça Distributiva

Ano:   Editora: Martins Fontes

Tipo: novo

Flanarte Flanarte SP - São Paulo
99% Positivas
2457 qualificações
R$ 52,00 + R$ 8,21 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo, 280 págs., 13, 5 x 20, 5 cm, 1ª edição, ISBN: 9788533623194. Sinopse: A justiça distributiva, no sentido moderno, exige que o Estado garanta a cada um de seus cidadãos um certo nível de bem-estar material. Neste livro, Samuel Fleischacker afirma que a ajuda estatal aos pobres é uma ideia moderna, desenvolvida nos últimos duzentos anos. As noções anteriores de justiça, inclusive a de Aristóteles, tinham por objeto unicamente a distribuição das dignidades políticas, nunca a dos bens materiais. Foi só no século XVIII, com a obra de filósofos como Adam Smith e Immanuel Kant, que a ideia de justiça passou a ser aplicada ao problema da pobreza. Quem atribui uma linhagem mais antiga à justiça distributiva faz confusão entre justiça e caridade. Fleischacker explica de que modo a c

Uma Breve História Da Justiça Distributiva

Uma Breve História Da Justiça Distributiva

Ano:   Editora: Martins Fontes

Tipo: novo

Flanarte Flanarte SP - São Paulo
99% Positivas
2457 qualificações
R$ 52,00 + R$ 8,21 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo, 280 págs., 13, 5 x 20, 5 cm, 1ª edição, ISBN: 9788533623194. Sinopse: A justiça distributiva, no sentido moderno, exige que o Estado garanta a cada um de seus cidadãos um certo nível de bem-estar material. Neste livro, Samuel Fleischacker afirma que a ajuda estatal aos pobres é uma ideia moderna, desenvolvida nos últimos duzentos anos. As noções anteriores de justiça, inclusive a de Aristóteles, tinham por objeto unicamente a distribuição das dignidades políticas, nunca a dos bens materiais. Foi só no século XVIII, com a obra de filósofos como Adam Smith e Immanuel Kant, que a ideia de justiça passou a ser aplicada ao problema da pobreza. Quem atribui uma linhagem mais antiga à justiça distributiva faz confusão entre justiça e caridade. Fleischacker explica de que modo a c

Uma Breve História Da Justiça Distributiva

Uma Breve História Da Justiça Distributiva

Ano:   Editora: Martins Fontes

Tipo: novo

Flanarte Flanarte SP - São Paulo
99% Positivas
2457 qualificações
R$ 52,00 + R$ 8,21 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo, 280 págs., 13, 5 x 20, 5 cm, 1ª edição, ISBN: 9788533623194. Sinopse: A justiça distributiva, no sentido moderno, exige que o Estado garanta a cada um de seus cidadãos um certo nível de bem-estar material. Neste livro, Samuel Fleischacker afirma que a ajuda estatal aos pobres é uma ideia moderna, desenvolvida nos últimos duzentos anos. As noções anteriores de justiça, inclusive a de Aristóteles, tinham por objeto unicamente a distribuição das dignidades políticas, nunca a dos bens materiais. Foi só no século XVIII, com a obra de filósofos como Adam Smith e Immanuel Kant, que a ideia de justiça passou a ser aplicada ao problema da pobreza. Quem atribui uma linhagem mais antiga à justiça distributiva faz confusão entre justiça e caridade. Fleischacker explica de que mod

Uma Breve História Da Justiça Distributiva

Uma Breve História Da Justiça Distributiva

Ano:   Editora: Martins Fontes

Tipo: novo

Flanarte Flanarte SP - São Paulo
99% Positivas
2457 qualificações
R$ 52,00 + R$ 7,68 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo, 280 págs., 13, 5 x 20, 5 cm, 1ª edição, ISBN: 9788533623194. Sinopse: A justiça distributiva, no sentido moderno, exige que o Estado garanta a cada um de seus cidadãos um certo nível de bem-estar material. Neste livro, Samuel Fleischacker afirma que a ajuda estatal aos pobres é uma ideia moderna, desenvolvida nos últimos duzentos anos. As noções anteriores de justiça, inclusive a de Aristóteles, tinham por objeto unicamente a distribuição das dignidades políticas, nunca a dos bens materiais. Foi só no século XVIII, com a obra de filósofos como Adam Smith e Immanuel Kant, que a ideia de justiça passou a ser aplicada ao problema da pobreza. Quem atribui uma linhagem mais antiga à justiça distributiva faz confusão entre justiça e caridade. Fleischacker explica de que mod

Uma Breve História Da Justiça Distributiva

Uma Breve História Da Justiça Distributiva

Ano:   Editora: Martins Fontes

Tipo: novo

Flanarte Flanarte SP - São Paulo
99% Positivas
2457 qualificações
R$ 52,00 + R$ 8,21 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo, 280 págs., 13, 5 x 20, 5 cm, 1ª edição, ISBN: 9788533623194. Sinopse: A justiça distributiva, no sentido moderno, exige que o Estado garanta a cada um de seus cidadãos um certo nível de bem-estar material. Neste livro, Samuel Fleischacker afirma que a ajuda estatal aos pobres é uma ideia moderna, desenvolvida nos últimos duzentos anos. As noções anteriores de justiça, inclusive a de Aristóteles, tinham por objeto unicamente a distribuição das dignidades políticas, nunca a dos bens materiais. Foi só no século XVIII, com a obra de filósofos como Adam Smith e Immanuel Kant, que a ideia de justiça passou a ser aplicada ao problema da pobreza. Quem atribui uma linhagem mais antiga à justiça distributiva faz confusão entre justiça e caridade. Fleischacker explica de que mod

Uma Breve História Da Justiça Distributiva

Uma Breve História Da Justiça Distributiva

Ano:   Editora: Martins Fontes

Tipo: novo

Flanarte Flanarte SP - São Paulo
99% Positivas
2457 qualificações
R$ 52,00 + R$ 7,68 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo, 280 págs., 13, 5 x 20, 5 cm, 1ª edição, ISBN: 9788533623194. Sinopse: A justiça distributiva, no sentido moderno, exige que o Estado garanta a cada um de seus cidadãos um certo nível de bem-estar material. Neste livro, Samuel Fleischacker afirma que a ajuda estatal aos pobres é uma ideia moderna, desenvolvida nos últimos duzentos anos. As noções anteriores de justiça, inclusive a de Aristóteles, tinham por objeto unicamente a distribuição das dignidades políticas, nunca a dos bens materiais. Foi só no século XVIII, com a obra de filósofos como Adam Smith e Immanuel Kant, que a ideia de justiça passou a ser aplicada ao problema da pobreza. Quem atribui uma linhagem mais antiga à justiça distributiva faz confusão entre justiça e caridade. Fleischacker explica de que mod

Uma Breve História Da Justiça Distributiva

Uma Breve História Da Justiça Distributiva

Ano:   Editora: Martins Fontes

Tipo: novo

Flanarte Flanarte SP - São Paulo
99% Positivas
2457 qualificações
R$ 52,00 + R$ 8,21 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo, 280 págs., 13, 5 x 20, 5 cm, 1ª edição, ISBN: 9788533623194. Sinopse: A justiça distributiva, no sentido moderno, exige que o Estado garanta a cada um de seus cidadãos um certo nível de bem-estar material. Neste livro, Samuel Fleischacker afirma que a ajuda estatal aos pobres é uma ideia moderna, desenvolvida nos últimos duzentos anos. As noções anteriores de justiça, inclusive a de Aristóteles, tinham por objeto unicamente a distribuição das dignidades políticas, nunca a dos bens materiais. Foi só no século XVIII, com a obra de filósofos como Adam Smith e Immanuel Kant, que a ideia de justiça passou a ser aplicada ao problema da pobreza. Quem atribui uma linhagem mais antiga à justiça distributiva faz confusão entre justiça e caridade. Fleischacker explica de que mod

Uma Breve História Da Justiça Distributiva

Uma Breve História Da Justiça Distributiva

Ano:   Editora: Martins Fontes

Tipo: novo

Flanarte Flanarte SP - São Paulo
99% Positivas
2457 qualificações
R$ 52,00 + R$ 7,68 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo, 280 págs., 13, 5 x 20, 5 cm, 1ª edição, ISBN: 9788533623194. Sinopse: A justiça distributiva, no sentido moderno, exige que o Estado garanta a cada um de seus cidadãos um certo nível de bem-estar material. Neste livro, Samuel Fleischacker afirma que a ajuda estatal aos pobres é uma ideia moderna, desenvolvida nos últimos duzentos anos. As noções anteriores de justiça, inclusive a de Aristóteles, tinham por objeto unicamente a distribuição das dignidades políticas, nunca a dos bens materiais. Foi só no século XVIII, com a obra de filósofos como Adam Smith e Immanuel Kant, que a ideia de justiça passou a ser aplicada ao problema da pobreza. Quem atribui uma linhagem mais antiga à justiça distributiva faz confusão entre justiça e caridade. Fleischacker explica de que mod

Uma Breve História Da Justiça Distributiva

Uma Breve História Da Justiça Distributiva

Ano:   Editora: Martins Fontes

Tipo: novo

Flanarte Flanarte SP - São Paulo
99% Positivas
2457 qualificações
R$ 52,00 + R$ 7,68 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo! 280p. 13, 5 x 20, 5 x 1, 5 ISBN:8533623194 sinopse: Neste livro, Samuel Fleischacker afirma que a ajuda estatal aos pobres é uma ideia moderna, desenvolvida nos últimos duzentos anos. As noções anteriores de justiça, inclusive a de Aristóteles, tinham por objeto unicamente a distribuição das dignidades políticas, nunca a dos bens materiais. Foi só no século XVIII, com a obra de filósofos como Adam Smith e Immanuel Kant, que a ideia de justiça passou a ser aplicada ao problema da pobreza. Quem atribui uma linhagem mais antiga à justiça distributiva faz confusão entre justiça e caridade.

Avaliações do livro

Ainda não há avaliações para este título, seja o primeiro a avaliar.

Avalie o livro