A Compra Garantida Estante Virtual é uma garantia de que você receberá a encomenda ou o reembolso do valor da sua compra. Saiba mais aqui.

  • 1.350 sebos e livreiros
  • Qualificações positivas dos livreiros
  • Maior acervo do mundo em língua portuguesa
filtros
Mais Que Palavras Capa ilustrativa

Estatísticas de venda deste livro

Último vendido Nos últimos 3 meses
Vendidos
Preço médio R$ " + data.stats.mean + "
Menor preço R$ " + data.stats.min + "
Maior preço R$ " + data.stats.max + "

Esta informação aparece apenas para usuários logados como livreiros.

Mais Que Palavras

Mais Que Palavras

Mais Que Palavras

Mais Que Palavras

Ano:   Editora: Achiame

Tipo: novo

Robson Achiamé Livros Robson Achiamé Livros SC - Santo Amaro da Imperatriz
94% Positivas
16 qualificações
R$ 8,00 + R$ 5,74 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Dizer "Rio de Prata", quer dizer algo mais que a denominação do maior e mais largo rio do planeta, é também um espaço imaginário que engloba ambas as margens do estuário. O tango é um produto das duas margens. Sempre houve um ir e vir de cidadão das capitais portuárias. A nacionalidade do maior mito é disputada com fervor, por um lado e outro do caudaloso gigante de água marrons: do lado oriental, se apresentam documentos para provar sua condição de Tacuaremboense, do lado Bonaerense, o preferem francês a uruguaio, seria Gardès e não Gardel. Também o submundo do delito participava dessa cultura nômade, e há infinidade de registros dessas inter-relações de barras-pesadas dos dois lados. Livro NOVO, com 48 páginas, no formato 15. 6x23cm

Mais Que Palavras

Mais Que Palavras

Ano:   Editora: Achiame

Tipo: novo

Robson Achiamé Livros Robson Achiamé Livros SC - Santo Amaro da Imperatriz
94% Positivas
16 qualificações
R$ 8,00 + R$ 5,74 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Dizer "Rio de Prata", quer dizer algo mais que a denominação do maior e mais largo rio do planeta, é também um espaço imaginário que engloba ambas as margens do estuário. O tango é um produto das duas margens. Sempre houve um ir e vir de cidadão das capitais portuárias. A nacionalidade do maior mito é disputada com fervor, por um lado e outro do caudaloso gigante de água marrons: do lado oriental, se apresentam documentos para provar sua condição de Tacuaremboense, do lado Bonaerense, o preferem francês a uruguaio, seria Gardès e não Gardel. Também o submundo do delito participava dessa cultura nômade, e há infinidade de registros dessas inter-relações de barras-pesadas dos dois lados. Livro NOVO, com 48 páginas, no formato 15. 6x23cm

Mais Que Palavras

Mais Que Palavras

Ano:   Editora: Achiame

Tipo: novo

Robson Achiamé Livros Robson Achiamé Livros SC - Santo Amaro da Imperatriz
94% Positivas
16 qualificações
R$ 8,00 + R$ 5,74 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Dizer "Rio de Prata", quer dizer algo mais que a denominação do maior e mais largo rio do planeta, é também um espaço imaginário que engloba ambas as margens do estuário. O tango é um produto das duas margens. Sempre houve um ir e vir de cidadão das capitais portuárias. A nacionalidade do maior mito é disputada com fervor, por um lado e outro do caudaloso gigante de água marrons: do lado oriental, se apresentam documentos para provar sua condição de Tacuaremboense, do lado Bonaerense, o preferem francês a uruguaio, seria Gardès e não Gardel. Também o submundo do delito participava dessa cultura nômade, e há infinidade de registros dessas inter-relações de barras-pesadas dos dois lados. Livro NOVO, com 48 páginas, no formato 15. 6x23cm

Mais Que Palavras

Mais Que Palavras

Ano:   Editora: Achiame

Tipo: novo

Robson Achiamé Livros Robson Achiamé Livros SC - Santo Amaro da Imperatriz
94% Positivas
16 qualificações
R$ 8,00 + R$ 5,74 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Dizer "Rio de Prata", quer dizer algo mais que a denominação do maior e mais largo rio do planeta, é também um espaço imaginário que engloba ambas as margens do estuário. O tango é um produto das duas margens. Sempre houve um ir e vir de cidadão das capitais portuárias. A nacionalidade do maior mito é disputada com fervor, por um lado e outro do caudaloso gigante de água marrons: do lado oriental, se apresentam documentos para provar sua condição de Tacuaremboense, do lado Bonaerense, o preferem francês a uruguaio, seria Gardès e não Gardel. Também o submundo do delito participava dessa cultura nômade, e há infinidade de registros dessas inter-relações de barras-pesadas dos dois lados. Livro NOVO, com 48 páginas, no formato 15. 6x23cm

Mais Que Palavras

Mais Que Palavras

Ano:   Editora: Achiame

Tipo: novo

Robson Achiamé Livros Robson Achiamé Livros SC - Santo Amaro da Imperatriz
94% Positivas
16 qualificações
R$ 8,00 + R$ 5,74 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Dizer "Rio de Prata", quer dizer algo mais que a denominação do maior e mais largo rio do planeta, é também um espaço imaginário que engloba ambas as margens do estuário. O tango é um produto das duas margens. Sempre houve um ir e vir de cidadão das capitais portuárias. A nacionalidade do maior mito é disputada com fervor, por um lado e outro do caudaloso gigante de água marrons: do lado oriental, se apresentam documentos para provar sua condição de Tacuaremboense, do lado Bonaerense, o preferem francês a uruguaio, seria Gardès e não Gardel. Também o submundo do delito participava dessa cultura nômade, e há infinidade de registros dessas inter-relações de barras-pesadas dos dois lados. Livro NOVO, com 48 páginas, no formato 15. 6x23cm

Mais Que Palavras

Mais Que Palavras

Ano:   Editora: Achiame

Tipo: novo

Livros para Sempre Livros para Sempre RJ - Rio de Janeiro
99% Positivas
125 qualificações
R$ 8,00 + R$ 5,74 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Dizer "Rio de Prata", quer dizer algo mais que a denominação do maior e mais largo rio do planeta, é também um espaço imaginário que engloba ambas as margens do estuário. O tango é um produto das duas margens. Sempre houve um ir e vir de cidadão das capitais portuárias. A nacionalidade do maior mito é disputada com fervor, por um lado e outro do caudaloso gigante de água marrons: do lado oriental, se apresentam documentos para provar sua condição de Tacuaremboense, do lado Bonaerense, o preferem francês a uruguaio, seria Gardès e não Gardel. Também o submundo do delito participava dessa cultura nômade, e há infinidade de registros dessas inter-relações de barras-pesadas dos dois lados. Livro NOVO, com 48 páginas, no formato 15. 6x23cm

Mais Que Palavras

Mais Que Palavras

Ano:   Editora: Achiame

Tipo: novo

Livros para Sempre Livros para Sempre RJ - Rio de Janeiro
99% Positivas
125 qualificações
R$ 8,00 + R$ 5,74 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Dizer "Rio de Prata", quer dizer algo mais que a denominação do maior e mais largo rio do planeta, é também um espaço imaginário que engloba ambas as margens do estuário. O tango é um produto das duas margens. Sempre houve um ir e vir de cidadão das capitais portuárias. A nacionalidade do maior mito é disputada com fervor, por um lado e outro do caudaloso gigante de água marrons: do lado oriental, se apresentam documentos para provar sua condição de Tacuaremboense, do lado Bonaerense, o preferem francês a uruguaio, seria Gardès e não Gardel. Também o submundo do delito participava dessa cultura nômade, e há infinidade de registros dessas inter-relações de barras-pesadas dos dois lados. Livro NOVO, com 48 páginas, no formato 15. 6x23cm

Mais Que Palavras

Mais Que Palavras

Ano:   Editora: Achiame

Tipo: novo

Livros para Sempre Livros para Sempre RJ - Rio de Janeiro
99% Positivas
125 qualificações
R$ 8,00 + R$ 5,74 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Dizer "Rio de Prata", quer dizer algo mais que a denominação do maior e mais largo rio do planeta, é também um espaço imaginário que engloba ambas as margens do estuário. O tango é um produto das duas margens. Sempre houve um ir e vir de cidadão das capitais portuárias. A nacionalidade do maior mito é disputada com fervor, por um lado e outro do caudaloso gigante de água marrons: do lado oriental, se apresentam documentos para provar sua condição de Tacuaremboense, do lado Bonaerense, o preferem francês a uruguaio, seria Gardès e não Gardel. Também o submundo do delito participava dessa cultura nômade, e há infinidade de registros dessas inter-relações de barras-pesadas dos dois lados. Livro NOVO, com 48 páginas, no formato 15. 6x23cm

Mais Que Palavras

Mais Que Palavras

Ano:   Editora: Achiame

Tipo: novo

Livros para Sempre Livros para Sempre RJ - Rio de Janeiro
99% Positivas
125 qualificações
R$ 8,00 + R$ 5,74 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Dizer "Rio de Prata", quer dizer algo mais que a denominação do maior e mais largo rio do planeta, é também um espaço imaginário que engloba ambas as margens do estuário. O tango é um produto das duas margens. Sempre houve um ir e vir de cidadão das capitais portuárias. A nacionalidade do maior mito é disputada com fervor, por um lado e outro do caudaloso gigante de água marrons: do lado oriental, se apresentam documentos para provar sua condição de Tacuaremboense, do lado Bonaerense, o preferem francês a uruguaio, seria Gardès e não Gardel. Também o submundo do delito participava dessa cultura nômade, e há infinidade de registros dessas inter-relações de barras-pesadas dos dois lados. Livro NOVO, com 48 páginas, no formato 15. 6x23cm

Mais Que Palavras

Mais Que Palavras

Ano:   Editora: Achiame

Tipo: novo

Livros para Sempre Livros para Sempre RJ - Rio de Janeiro
99% Positivas
125 qualificações
R$ 8,00 + R$ 5,74 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Dizer "Rio de Prata", quer dizer algo mais que a denominação do maior e mais largo rio do planeta, é também um espaço imaginário que engloba ambas as margens do estuário. O tango é um produto das duas margens. Sempre houve um ir e vir de cidadão das capitais portuárias. A nacionalidade do maior mito é disputada com fervor, por um lado e outro do caudaloso gigante de água marrons: do lado oriental, se apresentam documentos para provar sua condição de Tacuaremboense, do lado Bonaerense, o preferem francês a uruguaio, seria Gardès e não Gardel. Também o submundo do delito participava dessa cultura nômade, e há infinidade de registros dessas inter-relações de barras-pesadas dos dois lados. Livro NOVO, com 48 páginas, no formato 15. 6x23cm

Mais Que Palavras

Mais Que Palavras

Ano:   Editora: Achiame

Tipo: novo

Robson Achiamé Livros Robson Achiamé Livros SC - Santo Amaro da Imperatriz
94% Positivas
16 qualificações
R$ 8,00 + R$ 5,74 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Dizer "Rio de Prata", quer dizer algo mais que a denominação do maior e mais largo rio do planeta, é também um espaço imaginário que engloba ambas as margens do estuário. O tango é um produto das duas margens. Sempre houve um ir e vir de cidadão das capitais portuárias. A nacionalidade do maior mito é disputada com fervor, por um lado e outro do caudaloso gigante de água marrons: do lado oriental, se apresentam documentos para provar sua condição de Tacuaremboense, do lado Bonaerense, o preferem francês a uruguaio, seria Gardès e não Gardel. Também o submundo do delito participava dessa cultura nômade, e há infinidade de registros dessas inter-relações de barras-pesadas dos dois lados. Livro NOVO, com 48 páginas, no formato 15. 6x23cm LW 64

Mais Que Palavras

Mais Que Palavras

Ano:   Editora: Achiame

Tipo: novo

Robson Achiamé Livros Robson Achiamé Livros SC - Santo Amaro da Imperatriz
94% Positivas
16 qualificações
R$ 8,00 + R$ 5,74 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Dizer "Rio de Prata", quer dizer algo mais que a denominação do maior e mais largo rio do planeta, é também um espaço imaginário que engloba ambas as margens do estuário. O tango é um produto das duas margens. Sempre houve um ir e vir de cidadão das capitais portuárias. A nacionalidade do maior mito é disputada com fervor, por um lado e outro do caudaloso gigante de água marrons: do lado oriental, se apresentam documentos para provar sua condição de Tacuaremboense, do lado Bonaerense, o preferem francês a uruguaio, seria Gardès e não Gardel. Também o submundo do delito participava dessa cultura nômade, e há infinidade de registros dessas inter-relações de barras-pesadas dos dois lados. Livro NOVO, com 48 páginas, no formato 15. 6x23cm ///LW 248

Mais Que Palavras

Mais Que Palavras

Ano:   Editora: Achiame

Tipo: novo

Robson Achiamé Livros Robson Achiamé Livros SC - Santo Amaro da Imperatriz
94% Positivas
16 qualificações
R$ 8,00 + R$ 5,74 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Dizer "Rio de Prata", quer dizer algo mais que a denominação do maior e mais largo rio do planeta, é também um espaço imaginário que engloba ambas as margens do estuário. O tango é um produto das duas margens. Sempre houve um ir e vir de cidadão das capitais portuárias. A nacionalidade do maior mito é disputada com fervor, por um lado e outro do caudaloso gigante de água marrons: do lado oriental, se apresentam documentos para provar sua condição de Tacuaremboense, do lado Bonaerense, o preferem francês a uruguaio, seria Gardès e não Gardel. Também o submundo do delito participava dessa cultura nômade, e há infinidade de registros dessas inter-relações de barras-pesadas dos dois lados. Livro NOVO, com 48 páginas, no formato 15. 6x23cm ///LW 442

Mais Que Palavras

Mais Que Palavras

Ano:   Editora: Achiame

Tipo: novo

Robson Achiamé Livros Robson Achiamé Livros SC - Santo Amaro da Imperatriz
94% Positivas
16 qualificações
R$ 8,00 + R$ 5,74 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Dizer "Rio de Prata", quer dizer algo mais que a denominação do maior e mais largo rio do planeta, é também um espaço imaginário que engloba ambas as margens do estuário. O tango é um produto das duas margens. Sempre houve um ir e vir de cidadão das capitais portuárias. A nacionalidade do maior mito é disputada com fervor, por um lado e outro do caudaloso gigante de água marrons: do lado oriental, se apresentam documentos para provar sua condição de Tacuaremboense, do lado Bonaerense, o preferem francês a uruguaio, seria Gardès e não Gardel. Também o submundo do delito participava dessa cultura nômade, e há infinidade de registros dessas inter-relações de barras-pesadas dos dois lados. Livro NOVO, com 48 páginas, no formato 15. 6x23cm /// LW 708

Mais Que Palavras

Mais Que Palavras

Ano:   Editora: Achiame

Tipo: seminovo/usado

Ladeira Livros Ladeira Livros RS - Porto Alegre
98% Positivas
704 qualificações
R$ 8,00 + R$ 5,74 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição brochura em bom estado sem grifos m. u

Mais Que Palavras

Mais Que Palavras

Ano:   Editora: Achiame

Tipo: seminovo/usado

Ladeira Livros Ladeira Livros RS - Porto Alegre
98% Positivas
704 qualificações
R$ 10,00 + R$ 5,74 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição brochura em bom estado

Avaliações do livro

Ainda não há avaliações para este título, seja o primeiro a avaliar.

Avalie o livro