A Compra Garantida Estante Virtual é uma garantia de que você receberá a encomenda ou o reembolso do valor da sua compra. Saiba mais aqui.

  • 1.350 sebos e livreiros
  • Qualificações positivas dos livreiros
  • Maior acervo do mundo em língua portuguesa
filtros
Arquitetura na era Digital Financeira Capa ilustrativa

Arquitetura na era Digital-financeira

Pedro Fiori Arantes

Nesta obra, Pedro Fiori Arantes investiga o sentido plástico, econômico e político de certas formas únicas, detém-se em seu processo produtivo - as novas modalidades de projeto digital e as transformações do canteiro de obras -, e examina as condições de circulação, consumo e distribuição que tornaram possível essa arquitetura do excesso e da exceção. Fechar Ler mais

Nesta obra, Pedro Fiori Arantes investiga o sentido plástico, econômico e político de certas formas únicas, detém-se em seu processo produtivo - as novas modalidades de projeto digital e as transformações do canteiro de obras -, e examina as condições de circulação, consumo e distribuição que tornaram possível essa arquitetura do excesso e da exceção. Fechar Ler mais

Estatísticas de venda deste livro

Último vendido Nos últimos 3 meses
Vendidos
Preço médio R$ " + data.stats.mean + "
Menor preço R$ " + data.stats.min + "
Maior preço R$ " + data.stats.max + "

Esta informação aparece apenas para usuários logados como livreiros.

Arquitetura na era Digital-financeira

Capa ilustrativa

Arquitetura na era Digital-financeira

Capa ilustrativa
Arquitetura na era Digital-financeira Capa ilustrativa

Arquitetura na era Digital-financeira

Ano:   Editora: 34

Tipo: seminovo/usado

Luiz Alberto Nardelli Luiz Alberto Nardelli PR - Curitiba
99% Positivas
146 qualificações
R$ 39,85 + R$ 10,10 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro brochura em ótimo estado de conservação. Livre de grifos, marcações e anotações. Cortes do livro com leve escurecimento por estocagem. Miolo em perfeito estado para a leitura.

Arquitetura na era Digital-financeira Capa ilustrativa

Arquitetura na era Digital-financeira

Ano:   Editora: 34

Tipo: seminovo/usado

Sebo Memória Sebo Memória SP - São Paulo
99% Positivas
181 qualificações
R$ 42,90 + R$ 10,58 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Brochura, em muito bom estado de conservação, sem rasuras. estoque.

Arquitetura na era Digital-financeira: Desenho, Canteiro e Renda da Fo

Arquitetura na era Digital-financeira: Desenho, Canteiro e Renda da Fo

Ano:   Editora: 34

Tipo: novo

Flanarte Flanarte SP - São Paulo
99% Positivas
2523 qualificações
R$ 43,20 + R$ 10,58 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo! Sinopse: Na passagem do século XX para o XXI &madsh; mais precisamente a partir da inauguração do Museu Guggenheim Bilbao, de Frank Gehry, em 1997 -, o cenário da arquitetura contempornea foi tomado por um imaginário espetacular que, dando as costas à vocação social da arquitetura, acompanha a lógica do capital financeiro em sua busca do lucro máximo. Os arquitetos que tiveram seus nomes lançados às alturas nas últimas décadas - Gehry, Peter Eisenman, Rem Koolhaas, Norman Foster, Zaha Hadid, Herzog & de Meuron e outros - pautam seus projetos pelo avesso dos preceitos modernistas de racionalidade e universalidade: são as propriedades intrínsecas da forma, desvinculada do trabalho e expandida até o limite de sua materialidade, que conferem valor à obra. Em Arquitetura na era d

Arquitetura na era Digital-financeira: Desenho, Canteiro e Renda da Fo

Arquitetura na era Digital-financeira: Desenho, Canteiro e Renda da Fo

Ano:   Editora: 34

Tipo: novo

Flanarte Flanarte SP - São Paulo
99% Positivas
2523 qualificações
R$ 43,20 + R$ 10,58 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo! Sinopse: Na passagem do século XX para o XXI &madsh; mais precisamente a partir da inauguração do Museu Guggenheim Bilbao, de Frank Gehry, em 1997 -, o cenário da arquitetura contempornea foi tomado por um imaginário espetacular que, dando as costas à vocação social da arquitetura, acompanha a lógica do capital financeiro em sua busca do lucro máximo. Os arquitetos que tiveram seus nomes lançados às alturas nas últimas décadas - Gehry, Peter Eisenman, Rem Koolhaas, Norman Foster, Zaha Hadid, Herzog & de Meuron e outros - pautam seus projetos pelo avesso dos preceitos modernistas de racionalidade e universalidade: são as propriedades intrínsecas da forma, desvinculada do trabalho e expandida até o limite de sua materialidade, que conferem valor à obra. Em Arquitetura na era d

Arquitetura na era Digital-financeira: Desenho, Canteiro e Renda...

Arquitetura na era Digital-financeira: Desenho, Canteiro e Renda...

Ano:   Editora: 34

Tipo: novo

Flanarte Flanarte SP - São Paulo
99% Positivas
2523 qualificações
R$ 44,90 + R$ 10,58 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo, lacrado! ***Sinopse: Nesta obra, Pedro Fiori Arantes investiga o sentido plástico, econômico e político de certas formas únicas, detém-se em seu processo produtivo - as novas modalidades de projeto digital e as transformações do canteiro de obras -, e examina as condições de circulação, consumo e distribuição que tornaram possível essa arquitetura do excesso e da exceção. FLT 7/8

Arquitetura na era Digital Financeira Capa ilustrativa

Arquitetura na era Digital Financeira

Ano:   Editora: 34

Tipo: seminovo/usado

Espaço do Livro Espaço do Livro SP - São Paulo
98% Positivas
51 qualificações
R$ 45,00 + R$ 10,10 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Estado de Novo

Arquitetura na era digital-financeira: Desenho, canteiro e renda da...

Arquitetura na era digital-financeira: Desenho, canteiro e renda da...

Ano:   Editora: Ed 34

Tipo: novo

Flanarte Flanarte SP - São Paulo
99% Positivas
2523 qualificações
R$ 48,00 + R$ 10,58 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo. 368 p. - 16 x 23 cm ISBN 978-85-7326-500-2 Sinopse: Na passagem do século XX para o XXI &madsh; mais precisamente a partir da inauguração do Museu Guggenheim Bilbao, de Frank Gehry, em 1997 -, o cenário da arquitetura contempornea foi tomado por um imaginário espetacular que, dando as costas à vocação social da arquitetura, acompanha a lógica do capital financeiro em sua busca do lucro máximo. Os arquitetos que tiveram seus nomes lançados às alturas nas últimas décadas - Gehry, Peter Eisenman, Rem Koolhaas, Norman Foster, Zaha Hadid, Herzog & de Meuron e outros - pautam seus projetos pelo avesso dos preceitos modernistas de racionalidade e universalidade: são as propriedades intrínsecas da forma, desvinculada do trabalho e expandida até o limite de sua materialidade, que conferem valor à obra. título completo: Arquitetura na era digital-financeira: Desenho, canteiro e renda da forma;

Arquitetura na era digital-financeira: Desenho, canteiro e renda da...

Arquitetura na era digital-financeira: Desenho, canteiro e renda da...

Ano:   Editora: Ed 34

Tipo: novo

Flanarte Flanarte SP - São Paulo
99% Positivas
2523 qualificações
R$ 48,00 + R$ 10,58 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo. 368 p. - 16 x 23 cm ISBN 978-85-7326-500-2 Sinopse: Na passagem do século XX para o XXI &madsh; mais precisamente a partir da inauguração do Museu Guggenheim Bilbao, de Frank Gehry, em 1997 -, o cenário da arquitetura contempornea foi tomado por um imaginário espetacular que, dando as costas à vocação social da arquitetura, acompanha a lógica do capital financeiro em sua busca do lucro máximo. Os arquitetos que tiveram seus nomes lançados às alturas nas últimas décadas - Gehry, Peter Eisenman, Rem Koolhaas, Norman Foster, Zaha Hadid, Herzog & de Meuron e outros - pautam seus projetos pelo avesso dos preceitos modernistas de racionalidade e universalidade: são as propriedades intrínsecas da forma, desvinculada do trabalho e expandida até o limite de sua materialidade, que conferem valor à obra. título completo: Arquitetura na era digital-financeira: Desenho, canteiro e renda da forma;

Arquitetura na era digital-financeira: Desenho, canteiro e renda da...

Arquitetura na era digital-financeira: Desenho, canteiro e renda da...

Ano:   Editora: Ed 34

Tipo: novo

Flanarte Flanarte SP - São Paulo
99% Positivas
2523 qualificações
R$ 48,00 + R$ 10,58 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo. 368 p. - 16 x 23 cm ISBN 978-85-7326-500-2 Sinopse: Na passagem do século XX para o XXI &madsh; mais precisamente a partir da inauguração do Museu Guggenheim Bilbao, de Frank Gehry, em 1997 -, o cenário da arquitetura contempornea foi tomado por um imaginário espetacular que, dando as costas à vocação social da arquitetura, acompanha a lógica do capital financeiro em sua busca do lucro máximo. Os arquitetos que tiveram seus nomes lançados às alturas nas últimas décadas - Gehry, Peter Eisenman, Rem Koolhaas, Norman Foster, Zaha Hadid, Herzog & de Meuron e outros - pautam seus projetos pelo avesso dos preceitos modernistas de racionalidade e universalidade: são as propriedades intrínsecas da forma, desvinculada do trabalho e expandida até o limite de sua materialidade, que conferem valor à obra. título completo: Arquitetura na era digital-financeira: Desenho, canteiro e renda da forma;

Arquitetura na era Digital-financeira

Arquitetura na era Digital-financeira

Ano:   Editora: Ed 34

Tipo: novo

Loplop Livros Loplop Livros SP - São Paulo
98% Positivas
250 qualificações
R$ 50,37 Frete grátis Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo! Sem uso. Brochura. 368 p. - 16 x 23 cm. Prefácio de Sérgio Ferro. Na passagem do século XX para o XXI &madsh; mais precisamente a partir da inauguração do Museu Guggenheim Bilbao, de Frank Gehry, em 1997 -, o cenário da arquitetura contemporânea foi tomado por um imaginário espetacular que, dando as costas à vocação social da arquitetura, acompanha a lógica do capital financeiro em sua busca do lucro máximo. Os arquitetos que tiveram seus nomes lançados às alturas nas últimas décadas - Gehry, Peter Eisenman, Rem Koolhaas, Norman Foster, Zaha Hadid, Herzog & de Meuron e outros - pautam seus projetos pelo avesso dos preceitos modernistas de racionalidade e universalidade: são as propriedades intrínsecas da forma.

Arquitetura na era Digital-financeira

Arquitetura na era Digital-financeira

Ano:   Editora: Ed 34

Tipo: novo

Loplop Livros Loplop Livros SP - São Paulo
98% Positivas
250 qualificações
R$ 50,37 Frete grátis Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo! Sem uso. Brochura. 368 p. - 16 x 23 cm. Prefácio de Sérgio Ferro. Na passagem do século XX para o XXI &madsh; mais precisamente a partir da inauguração do Museu Guggenheim Bilbao, de Frank Gehry, em 1997 -, o cenário da arquitetura contemporânea foi tomado por um imaginário espetacular que, dando as costas à vocação social da arquitetura, acompanha a lógica do capital financeiro em sua busca do lucro máximo. Os arquitetos que tiveram seus nomes lançados às alturas nas últimas décadas - Gehry, Peter Eisenman, Rem Koolhaas, Norman Foster, Zaha Hadid, Herzog & de Meuron e outros - pautam seus projetos pelo avesso dos preceitos modernistas de racionalidade e universalidade: são as propriedades intrínsecas da forma.

Arquitetura na era Digital-financeira

Arquitetura na era Digital-financeira

Ano:   Editora: Ed 34

Tipo: novo

Loplop Livros Loplop Livros SP - São Paulo
98% Positivas
250 qualificações
R$ 50,37 Frete grátis Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo! Sem uso. Brochura. 368 p. - 16 x 23 cm. Prefácio de Sérgio Ferro. Na passagem do século XX para o XXI &madsh; mais precisamente a partir da inauguração do Museu Guggenheim Bilbao, de Frank Gehry, em 1997 -, o cenário da arquitetura contemporânea foi tomado por um imaginário espetacular que, dando as costas à vocação social da arquitetura, acompanha a lógica do capital financeiro em sua busca do lucro máximo. Os arquitetos que tiveram seus nomes lançados às alturas nas últimas décadas - Gehry, Peter Eisenman, Rem Koolhaas, Norman Foster, Zaha Hadid, Herzog & de Meuron e outros - pautam seus projetos pelo avesso dos preceitos modernistas de racionalidade e universalidade: são as propriedades intrínsecas da forma.

Arquitetura na Era Digital Financeira Desenho Canteiro e Renda da Forma Capa ilustrativa

Arquitetura na Era Digital Financeira Desenho Canteiro e Renda da Forma

Ano:   Editora: 34

Tipo: novo

Wtr Livros Wtr Livros SP - Guarulhos
98% Positivas
4052 qualificações
R$ 50,56 + R$ 9,26 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo e sem uso. / EAN 9788573265002 - FFB

Arquitetura na era Digital- Financeira

Arquitetura na era Digital- Financeira

Ano:   Editora: 34

Tipo: novo

Sebo os Alquimistas Sebo os Alquimistas SP - São Paulo
96% Positivas
216 qualificações
R$ 51,00 Frete grátis Comprar ler descrição ocultar

Descrição Formato 17x24; 367 páginas, ; brochura, ; livro novo ; sem grifos e anotações, OBRA OK !!; Envio com plástico bolha! Arquitetura na Era Digital- Financeira - Desenho, Canteiro e Renda da Forma. K* - 201624236

Arquitetura na era digital-financeira: desenho, canteiro e renda da fo

Arquitetura na era digital-financeira: desenho, canteiro e renda da fo

Ano:   Editora: 34

Tipo: novo

Flanarte Flanarte SP - São Paulo
99% Positivas
2523 qualificações
R$ 51,20 + R$ 10,58 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo_ Sinopse: Na passagem do século XX para o XXI &madsh; mais precisamente a partir da inauguração do Museu Guggenheim Bilbao, de Frank Gehry, em 1997 -, o cenário da arquitetura contempornea foi tomado por um imaginário espetacular que, dando as costas à vocação social da arquitetura, acompanha a lógica do capital financeiro em sua busca do lucro máximo. Os arquitetos que tiveram seus nomes lançados às alturas nas últimas décadas - Gehry, Peter Eisenman, Rem Koolhaas, Norman Foster, Zaha Hadid, Herzog & de Meuron e outros - pautam seus projetos pelo avesso dos preceitos modernistas de racionalidade e universalidade: são as propriedades intrínsecas da forma, desvinculada do trabalho e expandida até o limite de sua materialidade, que conferem valor à obra. Em Arquitetura na era di

Arquitetura na era digital-financeira: desenho, canteiro e renda da fo

Arquitetura na era digital-financeira: desenho, canteiro e renda da fo

Ano:   Editora: 34

Tipo: novo

Flanarte Flanarte SP - São Paulo
99% Positivas
2523 qualificações
R$ 51,20 + R$ 10,58 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo_ Sinopse: Na passagem do século XX para o XXI &madsh; mais precisamente a partir da inauguração do Museu Guggenheim Bilbao, de Frank Gehry, em 1997 -, o cenário da arquitetura contempornea foi tomado por um imaginário espetacular que, dando as costas à vocação social da arquitetura, acompanha a lógica do capital financeiro em sua busca do lucro máximo. Os arquitetos que tiveram seus nomes lançados às alturas nas últimas décadas - Gehry, Peter Eisenman, Rem Koolhaas, Norman Foster, Zaha Hadid, Herzog & de Meuron e outros - pautam seus projetos pelo avesso dos preceitos modernistas de racionalidade e universalidade: são as propriedades intrínsecas da forma, desvinculada do trabalho e expandida até o limite de sua materialidade, que conferem valor à obra. Em Arquitetura na era di

Arquitetura na era digital-financeira: desenho, canteiro e renda da fo

Arquitetura na era digital-financeira: desenho, canteiro e renda da fo

Ano:   Editora: 34

Tipo: novo

Flanarte Flanarte SP - São Paulo
99% Positivas
2523 qualificações
R$ 51,20 + R$ 10,58 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo. Sinopse: Na passagem do século XX para o XXI &madsh; mais precisamente a partir da inauguração do Museu Guggenheim Bilbao, de Frank Gehry, em 1997 -, o cenário da arquitetura contempornea foi tomado por um imaginário espetacular que, dando as costas à vocação social da arquitetura, acompanha a lógica do capital financeiro em sua busca do lucro máximo. Os arquitetos que tiveram seus nomes lançados às alturas nas últimas décadas - Gehry, Peter Eisenman, Rem Koolhaas, Norman Foster, Zaha Hadid, Herzog & de Meuron e outros - pautam seus projetos pelo avesso dos preceitos modernistas de racionalidade e universalidade: são as propriedades intrínsecas da forma, desvinculada do trabalho e expandida até o limite de sua materialidade, que conferem valor à obra. Em Arquitetura n

Arquitetura na era digital-financeira: desenho, canteiro e renda da fo

Arquitetura na era digital-financeira: desenho, canteiro e renda da fo

Ano:   Editora: 34

Tipo: novo

Flanarte Flanarte SP - São Paulo
99% Positivas
2523 qualificações
R$ 51,20 + R$ 10,58 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo. Sinopse: Na passagem do século XX para o XXI &madsh; mais precisamente a partir da inauguração do Museu Guggenheim Bilbao, de Frank Gehry, em 1997 -, o cenário da arquitetura contempornea foi tomado por um imaginário espetacular que, dando as costas à vocação social da arquitetura, acompanha a lógica do capital financeiro em sua busca do lucro máximo. Os arquitetos que tiveram seus nomes lançados às alturas nas últimas décadas - Gehry, Peter Eisenman, Rem Koolhaas, Norman Foster, Zaha Hadid, Herzog & de Meuron e outros - pautam seus projetos pelo avesso dos preceitos modernistas de racionalidade e universalidade: são as propriedades intrínsecas da forma, desvinculada do trabalho e expandida até o limite de sua materialidade, que conferem valor à obra. Em Arquitetura n

Arquitetura na era digital-financeira: desenho, canteiro e renda da fo

Arquitetura na era digital-financeira: desenho, canteiro e renda da fo

Ano:   Editora: 34

Tipo: novo

Flanarte Flanarte SP - São Paulo
99% Positivas
2523 qualificações
R$ 51,20 + R$ 10,58 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo. Sinopse: Na passagem do século XX para o XXI &madsh; mais precisamente a partir da inauguração do Museu Guggenheim Bilbao, de Frank Gehry, em 1997 -, o cenário da arquitetura contempornea foi tomado por um imaginário espetacular que, dando as costas à vocação social da arquitetura, acompanha a lógica do capital financeiro em sua busca do lucro máximo. Os arquitetos que tiveram seus nomes lançados às alturas nas últimas décadas - Gehry, Peter Eisenman, Rem Koolhaas, Norman Foster, Zaha Hadid, Herzog & de Meuron e outros - pautam seus projetos pelo avesso dos preceitos modernistas de racionalidade e universalidade: são as propriedades intrínsecas da forma, desvinculada do trabalho e expandida até o limite de sua materialidade, que conferem valor à obra. Em Arquitetura n

Arquitetura na era Digital-financeira: Desenho, Canteiro e Renda Da...

Arquitetura na era Digital-financeira: Desenho, Canteiro e Renda Da...

Ano:   Editora: 34

Tipo: novo

Livraria Vertov Livraria Vertov PR - Curitiba
100% Positivas
76 qualificações
R$ 52,00 + R$ 11,37 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo. Nesta obra, Pedro Fiori Arantes investiga o sentido plástico, econômico e político de certas formas únicas, detém-se em seu processo produtivo - as novas modalidades de projeto digital e as transformações do canteiro de obras -, e examina as condições de circulação, consumo e distribuição que tornaram possível essa arquitetura do excesso e da exceção. título completo: Arquitetura na era digital-financeira: desenho, canteiro e renda da forma;

Arquitetura na era digital-financeira

Arquitetura na era digital-financeira

Ano:   Editora: 34trintaequarto

Tipo: novo

Sociedade dos Livros Sociedade dos Livros SP - São Paulo
97% Positivas
573 qualificações
R$ 54,00 + R$ 11,79 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo adquirido diretamente da editora

Arquitetura na era digital-financeira

Arquitetura na era digital-financeira

Ano:   Editora: 34trintaequarto

Tipo: novo

Sociedade dos Livros Sociedade dos Livros SP - São Paulo
97% Positivas
573 qualificações
R$ 54,00 + R$ 11,79 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo adquirido diretamente da editora

ARQUITETURA NA ERA DIGITAL FINANCEIRA

ARQUITETURA NA ERA DIGITAL FINANCEIRA

Ano:   Editora: Editora 34

Tipo: seminovo/usado

Caravana de Livros Caravana de Livros RJ - Rio de Janeiro
99% Positivas
237 qualificações
R$ 54,00 + R$ 10,10 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição FORMATO 16 X 23 CM, BROCHURA, 368 PÁGINAS. NOVO.

ARQUITETURA NA ERA DIGITAL-FINANCEIRA - DESENHO, C Capa ilustrativa

ARQUITETURA NA ERA DIGITAL-FINANCEIRA - DESENHO, C

Ano:   Editora: 34

Tipo: novo

Livraria Livros e Livros Livraria Livros e Livros SC - Florianópolis
99% Positivas
652 qualificações
R$ 57,60 + R$ 13,63 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição SKU: L55582840 Sinopse: Na passagem do século XX para o XXI - mais precisamente a partir da inauguração do Museu Guggenheim Bilbao, de Frank Gehry, em 1997 -, o cenário da arquitetura contemporânea foi tomado por um imaginário espetacular que, dando as costas à vocação social da arquitetura, acompanha a lógica do capital financeiro em sua busca do lucro máximo. Os arquitetos que tiveram seus nomes lançados às alturas nas últimas décadas - Gehry, Peter Eisenman, Rem Koolhaas, Norman Foster, Zaha Hadid, Herzog & de Meuron e outros - pautam seus projetos pelo avesso dos preceitos modernistas de racionalidade e universalidade: são as propriedades intrínsecas da forma, desvinculada do trabalho e expandida até o limite de sua materialidade, que conferem valor à obra. Em Arquitetura na era digital-financeira, Pedro Fiori Arantes investiga o sentido plástico, econômico e político dessas formas únicas, detém-se em seu processo produtivo - as novas modalidades de projeto digital e as transformações do canteiro de obras -, e examina as condições de circulação, consumo e distribuição que tornaram possível essa arquitetura do excesso e da exceção.

ARQUITETURA NA ERA DIGITAL-FINANCEIRA - DESENHO, C Capa ilustrativa

ARQUITETURA NA ERA DIGITAL-FINANCEIRA - DESENHO, C

Ano:   Editora: 34

Tipo: novo

Livraria Livros e Livros Livraria Livros e Livros SC - Florianópolis
99% Positivas
652 qualificações
R$ 57,60 + R$ 13,63 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição SKU: L55582840 Sinopse: Na passagem do século XX para o XXI - mais precisamente a partir da inauguração do Museu Guggenheim Bilbao, de Frank Gehry, em 1997 -, o cenário da arquitetura contemporânea foi tomado por um imaginário espetacular que, dando as costas à vocação social da arquitetura, acompanha a lógica do capital financeiro em sua busca do lucro máximo. Os arquitetos que tiveram seus nomes lançados às alturas nas últimas décadas - Gehry, Peter Eisenman, Rem Koolhaas, Norman Foster, Zaha Hadid, Herzog & de Meuron e outros - pautam seus projetos pelo avesso dos preceitos modernistas de racionalidade e universalidade: são as propriedades intrínsecas da forma, desvinculada do trabalho e expandida até o limite de sua materialidade, que conferem valor à obra. Em Arquitetura na era digital-financeira, Pedro Fiori Arantes investiga o sentido plástico, econômico e político dessas formas únicas, detém-se em seu processo produtivo - as novas modalidades de projeto digital e as transformações do canteiro de obras -, e examina as condições de circulação, consumo e distribuição que tornaram possível essa arquitetura do excesso e da exceção.

ARQUITETURA NA ERA DIGITAL-FINANCEIRA - DESENHO, C Capa ilustrativa

ARQUITETURA NA ERA DIGITAL-FINANCEIRA - DESENHO, C

Ano:   Editora: 34

Tipo: novo

Livraria Livros e Livros Livraria Livros e Livros SC - Florianópolis
99% Positivas
652 qualificações
R$ 57,60 + R$ 13,63 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição SKU: L55582840 Sinopse: Na passagem do século XX para o XXI - mais precisamente a partir da inauguração do Museu Guggenheim Bilbao, de Frank Gehry, em 1997 -, o cenário da arquitetura contemporânea foi tomado por um imaginário espetacular que, dando as costas à vocação social da arquitetura, acompanha a lógica do capital financeiro em sua busca do lucro máximo. Os arquitetos que tiveram seus nomes lançados às alturas nas últimas décadas - Gehry, Peter Eisenman, Rem Koolhaas, Norman Foster, Zaha Hadid, Herzog & de Meuron e outros - pautam seus projetos pelo avesso dos preceitos modernistas de racionalidade e universalidade: são as propriedades intrínsecas da forma, desvinculada do trabalho e expandida até o limite de sua materialidade, que conferem valor à obra. Em Arquitetura na era digital-financeira, Pedro Fiori Arantes investiga o sentido plástico, econômico e político dessas formas únicas, detém-se em seu processo produtivo - as novas modalidades de projeto digital e as transformações do canteiro de obras -, e examina as condições de circulação, consumo e distribuição que tornaram possível essa arquitetura do excesso e da exceção.

Arquitetura na Era Digital Financeira: Desenho, Canteiro e Renda da Forma

Arquitetura na Era Digital Financeira: Desenho, Canteiro e Renda da Forma

Ano:   Editora: Editora 34

Tipo: novo

Livro Rapido2 Livro Rapido2 SP - São Paulo
97% Positivas
205 qualificações
R$ 64,00 + R$ 10,10 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição *** Livro Novo Lacrado***

Arquitetura na era Digital

Arquitetura na era Digital

Ano:   Editora: 34

Tipo: novo

Sebo do Bac Sebo do Bac SP - São Paulo
100% Positivas
198 qualificações
R$ 68,97 + R$ 10,58 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo ! Nesta obra, Pedro Fiori Arantes investiga o sentido plástico, econômico e político de certas formas únicas, detém-se em seu processo produtivo - as novas modalidades de projeto digital e as transformações do canteiro de obras -, e examina as condições de circulação, consumo e distribuição que tornaram possível essa arquitetura do excesso e da exceção.

arquitetura na era digital

arquitetura na era digital

Ano:   Editora: 34

Tipo: novo

Sebo do Bac Sebo do Bac SP - São Paulo
100% Positivas
198 qualificações
R$ 68,97 + R$ 10,58 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo ! Nesta obra, Pedro Fiori Arantes investiga o sentido plástico, econômico e político de certas formas únicas, detém-se em seu processo produtivo - as novas modalidades de projeto digital e as transformações do canteiro de obras -, e examina as condições de circulação, consumo e distribuição que tornaram possível essa arquitetura do excesso e da exceção.

arquitetura na era digital

arquitetura na era digital

Ano:   Editora: 34

Tipo: novo

Sebo do Bac Sebo do Bac SP - São Paulo
100% Positivas
198 qualificações
R$ 68,97 + R$ 10,58 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo ! Nesta obra, Pedro Fiori Arantes investiga o sentido plástico, econômico e político de certas formas únicas, detém-se em seu processo produtivo - as novas modalidades de projeto digital e as transformações do canteiro de obras -, e examina as condições de circulação, consumo e distribuição que tornaram possível essa arquitetura do excesso e da exceção.

Avaliações do livro

Ainda não há avaliações para este título, seja o primeiro a avaliar.

Avalie o livro