A Compra Garantida Estante Virtual é uma garantia de que você receberá a encomenda ou o reembolso do valor da sua compra. Saiba mais aqui.

  • 1.350 sebos e livreiros
  • Qualificações positivas dos livreiros
  • Maior acervo do mundo em língua portuguesa
filtros
Octavio Paz Caminho para a Transparencia Capa ilustrativa

Octavio Paz Caminho para a Transparência

Paul-Henri Giraud

A obra do poeta e ensaísta Octavio Paz (1914-1998) ilustra a riqueza e a ambiguidade das relações que unem a poesia moderna ao sagrado. Se toda a poesia é uma ponte entre o poeta e o leitor e se esta ponte implica uma certa relação com o mundo, então perfila-se sobre o desconhecido, indizível sobre a questão do absoluto. Segundo Paz, a poesia moderna obedece a um duplo movimento: face ao sagrado institucional faz ouvir uma voz diferente, dissidente até, que não receia aliar-se à crítica que o racionalismo faz da religião, mas para se voltar contra este racionalismo e contra o ateísmo positivista, acusados da mutilação do homem amputando-lhe a sua dimensão divina. A poesia é a busca incessante para transcender razão e religião e, assim, fundar um novo sagrado. Como se comporta a obra de Octavio Paz para contribuir para a fundação deste novo sagrado é o objectivo desta obra. O autor procurou precisar os apoios de que serviu o poeta para elaborar a sua poética do sagrado, qual a sua exacta dívida para com os seus antecessores tais como Otto, Soutelle, Eliade, Caillois, Monnerot, Breton; que papel desempenhou num ou noutro momento da sua obra o exemplo de Rimbaud, Mallarmé, Eliot ou ainda a poesia japonesa. Interrogação dos mitos mexicanos, interiorização do zen, do budismo e do hinduísmo tântrico e experimentação incessante que faz a síntese da vanguarda com inúmeras tradições e múltiplos imaginários. A poesia de Octavio Paz prossegue, à sua maneira, a imemorável tarefa da religião que visa libertar o homem do tempo mergulhando-o «num outro tempo, o verdadeiro, aquele que se procuraria sem saber: o presente, a presença». Fechar Ler mais

A obra do poeta e ensaísta Octavio Paz (1914-1998) ilustra a riqueza e a ambiguidade das relações que unem a poesia moderna ao sagrado. Se toda a poesia é uma ponte entre o poeta e o leitor e se esta ponte implica uma certa relação com o mundo, então perfila-se sobre o desconhecido, indizível sobre a questão do absoluto. Segundo Paz, a poesia moderna obedece a um duplo movimento: face ao sagrado institucional faz ouvir uma voz diferente, dissidente até, que não receia aliar-se à crítica que o racionalismo faz da religião, mas para se voltar contra este racionalismo e contra o ateísmo positivista, acusados da mutilação do homem amputando-lhe a sua dimensão divina. A poesia é a busca incessante para transcender razão e religião e, assim, fundar um novo sagrado. Como se comporta a obra de Octavio Paz para contribuir para a fundação deste novo sagrado é o objectivo desta obra. O autor procurou precisar os apoios de que serviu o poeta para elaborar a sua poética do sagrado, qual a sua exacta dívida para com os seus antecessores tais como Otto, Soutelle, Eliade, Caillois, Monnerot, Breton; que papel desempenhou num ou noutro momento da sua obra o exemplo de Rimbaud, Mallarmé, Eliot ou ainda a poesia japonesa. Interrogação dos mitos mexicanos, interiorização do zen, do budismo e do hinduísmo tântrico e experimentação incessante que faz a síntese da vanguarda com inúmeras tradições e múltiplos imaginários. A poesia de Octavio Paz prossegue, à sua maneira, a imemorável tarefa da religião que visa libertar o homem do tempo mergulhando-o «num outro tempo, o verdadeiro, aquele que se procuraria sem saber: o presente, a presença». Fechar Ler mais

Estatísticas de venda deste livro

Último vendido Nos últimos 3 meses
Vendidos
Preço médio R$ " + data.stats.mean + "
Menor preço R$ " + data.stats.min + "
Maior preço R$ " + data.stats.max + "

Esta informação aparece apenas para usuários logados como livreiros.

Octavio Paz - Caminho Para a Transparência

Octavio Paz - Caminho Para a Transparência

Exibindo todas as publicações encontradas. Filtre pelas mais recentesRemover filtro
Octavio Paz - Caminho Para a Transparência

Octavio Paz - Caminho Para a Transparência

Ano:   Editora: Instituto Piaget

Tipo: novo

Livreiro dos Araças Livreiro dos Araças SP - Araçatuba
100% Positivas
639 qualificações
R$ 53,90 + R$ 13,63 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro Novo. B. 101. 41. Embalado em Filme de PVC. Com 440 páginas limpas e claras. Formato: 16x23. Por Livreiro dos Araçás. ISBN: 9789727718283. Importado de Portugal. Lacrado! A obra do poeta e ensaísta Octavio Paz 1914-1998 ilustra a riqueza e a ambiguidade das relações que unem a poesia moderna ao sagrado. Se toda a poesia é uma ponte entre o poeta e o leitor e se esta ponte implica uma certa relação com o mundo, então perfila-se sobre o desconhecido, indizível sobre a questão do absoluto. Segundo Paz, a poesia moderna obedece a um duplo movimento: face ao sagrado institucional faz ouvir uma voz diferente, dissidente até, que não receia aliar-se à crítica que o racionalismo faz da religião, mas para se voltar contra este racionalismo e contra o ateísmo positivista...

Octavio Paz - Caminho Para a Transparência

Octavio Paz - Caminho Para a Transparência

Ano:   Editora: Instituto Piaget

Tipo: novo

Livreiro dos Araças Livreiro dos Araças SP - Araçatuba
100% Positivas
639 qualificações
R$ 53,90 + R$ 13,63 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro Novo. B. 101. 41. Embalado em Filme de PVC. Com 440 páginas limpas e claras. Formato: 16x23. Por Livreiro dos Araçás. ISBN: 9789727718283. Importado de Portugal. Lacrado! A obra do poeta e ensaísta Octavio Paz 1914-1998 ilustra a riqueza e a ambiguidade das relações que unem a poesia moderna ao sagrado. Se toda a poesia é uma ponte entre o poeta e o leitor e se esta ponte implica uma certa relação com o mundo, então perfila-se sobre o desconhecido, indizível sobre a questão do absoluto. Segundo Paz, a poesia moderna obedece a um duplo movimento: face ao sagrado institucional faz ouvir uma voz diferente, dissidente até, que não receia aliar-se à crítica que o racionalismo faz da religião, mas para se voltar contra este racionalismo e contra o ateísmo positivista...

Octavio Paz - Caminho Para a Transparência

Octavio Paz - Caminho Para a Transparência

Ano:   Editora: Instituto Piaget

Tipo: novo

Livreiro dos Araças Livreiro dos Araças SP - Araçatuba
100% Positivas
639 qualificações
R$ 53,90 + R$ 13,63 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro Novo. B. 131. 41. Embalado em Filme de PVC. Com 440 páginas limpas e claras. Formato: 16x23. Por Livreiro dos Araçás. ISBN: 9789727718283. Importado de Portugal. Lacrado! A obra do poeta e ensaísta Octavio Paz 1914-1998 ilustra a riqueza e a ambiguidade das relações que unem a poesia moderna ao sagrado. Se toda a poesia é uma ponte entre o poeta e o leitor e se esta ponte implica uma certa relação com o mundo, então perfila-se sobre o desconhecido, indizível sobre a questão do absoluto. Segundo Paz, a poesia moderna obedece a um duplo movimento: face ao sagrado institucional faz ouvir uma voz diferente, dissidente até, que não receia aliar-se à crítica que o racionalismo faz da religião, mas para se voltar contra este racionalismo e contra o ateísmo positivista...

Octavio Paz - Caminho Para a Transparência

Octavio Paz - Caminho Para a Transparência

Ano:   Editora: Instituto Piaget

Tipo: novo

Livreiro dos Araças Livreiro dos Araças SP - Araçatuba
100% Positivas
639 qualificações
R$ 53,90 + R$ 13,63 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro Novo. B. 131. 41. Embalado em Filme de PVC. Com 440 páginas limpas e claras. Formato: 16x23. Por Livreiro dos Araçás. ISBN: 9789727718283. Importado de Portugal. Lacrado! A obra do poeta e ensaísta Octavio Paz 1914-1998 ilustra a riqueza e a ambiguidade das relações que unem a poesia moderna ao sagrado. Se toda a poesia é uma ponte entre o poeta e o leitor e se esta ponte implica uma certa relação com o mundo, então perfila-se sobre o desconhecido, indizível sobre a questão do absoluto. Segundo Paz, a poesia moderna obedece a um duplo movimento: face ao sagrado institucional faz ouvir uma voz diferente, dissidente até, que não receia aliar-se à crítica que o racionalismo faz da religião, mas para se voltar contra este racionalismo e contra o ateísmo positivista...

Octavio Paz Caminho para a Transparência

Octavio Paz Caminho para a Transparência

Ano:   Editora: Instituto Piaget

Tipo: seminovo/usado

Livraria Erico Verissimo Livraria Erico Verissimo RS - Porto Alegre
100% Positivas
169 qualificações
R$ 60,00 + R$ 11,79 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro em ótimo estado, 439 páginas sem manuseio, grifos ou assinaturas. Não foi lido. Volume 21 da Coleção Teoria das Artes e Literatura.

Octavio Paz - Caminho para a Transparência

Octavio Paz - Caminho para a Transparência

Ano:   Editora: Instituto Piaget

Tipo: novo

Flanarte Flanarte SP - São Paulo
99% Positivas
2504 qualificações
R$ 64,90 + R$ 11,37 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo! ***Sinopse: A obra do poeta e ensaísta Octavio Paz (1914-1998) ilustra a riqueza e a ambiguidade das relações que unem a poesia moderna ao sagrado. Se toda a poesia é uma ponte entre o poeta e o leitor e se esta ponte implica uma certa relação com o mundo, então perfila-se sobre o desconhecido, indizível sobre a questão do absoluto. FLT 2/3

Octavio Paz - Caminho para a Transparência

Octavio Paz - Caminho para a Transparência

Ano:   Editora: Instituto Piaget

Tipo: novo

Flanarte Flanarte SP - São Paulo
99% Positivas
2504 qualificações
R$ 64,90 + R$ 11,37 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo! ***Sinopse: A obra do poeta e ensaísta Octavio Paz (1914-1998) ilustra a riqueza e a ambiguidade das relações que unem a poesia moderna ao sagrado. Se toda a poesia é uma ponte entre o poeta e o leitor e se esta ponte implica uma certa relação com o mundo, então perfila-se sobre o desconhecido, indizível sobre a questão do absoluto. FLT 2/3

Octavio Paz - Caminho para a Transparência

Octavio Paz - Caminho para a Transparência

Ano:   Editora: Instituto Piaget

Tipo: novo

Flanarte Flanarte SP - São Paulo
99% Positivas
2504 qualificações
R$ 64,90 + R$ 11,37 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo! ***Sinopse: A obra do poeta e ensaísta Octavio Paz (1914-1998) ilustra a riqueza e a ambiguidade das relações que unem a poesia moderna ao sagrado. Se toda a poesia é uma ponte entre o poeta e o leitor e se esta ponte implica uma certa relação com o mundo, então perfila-se sobre o desconhecido, indizível sobre a questão do absoluto. FLT 2/3

Octavio Paz Caminho para a Transparência

Octavio Paz Caminho para a Transparência

Ano:   Editora: Instituto Piaget

Tipo: novo

Flanarte Flanarte SP - São Paulo
99% Positivas
2504 qualificações
R$ 68,00 + R$ 11,79 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo, lacrado. Sinopse: A obra do poeta e ensaísta Octavio Paz 1914-1998 ilustra a riqueza e a ambiguidade das relações que unem a poesia moderna ao sagrado. Se toda a poesia é uma ponte entre o poeta e o leitor e se esta ponte implica uma certa relação com o mundo, então perfila-se sobre o desconhecido, indizível sobre a questão do absoluto. Segundo Paz, a poesia moderna obedece a um duplo movimento: face ao sagrado institucional faz ouvir uma voz diferente, dissidente até, que não receia aliar-se à crítica que o racionalismo faz da religião, mas para se voltar contra este racionalismo e contra o ateísmo positivista, acusados da mutilação do homem amputando-lhe a sua dimensão divina. A poesia é a busca incessante para transcende

Octavio Paz Caminho para a Transparência

Octavio Paz Caminho para a Transparência

Ano:   Editora: Instituto Piaget

Tipo: novo

Flanarte Flanarte SP - São Paulo
99% Positivas
2504 qualificações
R$ 68,00 + R$ 11,79 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo, lacrado. Sinopse: A obra do poeta e ensaísta Octavio Paz 1914-1998 ilustra a riqueza e a ambiguidade das relações que unem a poesia moderna ao sagrado. Se toda a poesia é uma ponte entre o poeta e o leitor e se esta ponte implica uma certa relação com o mundo, então perfila-se sobre o desconhecido, indizível sobre a questão do absoluto. Segundo Paz, a poesia moderna obedece a um duplo movimento: face ao sagrado institucional faz ouvir uma voz diferente, dissidente até, que não receia aliar-se à crítica que o racionalismo faz da religião, mas para se voltar contra este racionalismo e contra o ateísmo positivista, acusados da mutilação do homem amputando-lhe a sua dimensão divina. A poesia é a busca incessante para transcende

Octavio Paz Caminho para a Transparência

Octavio Paz Caminho para a Transparência

Ano:   Editora: Instituto Piaget

Tipo: novo

Flanarte Flanarte SP - São Paulo
99% Positivas
2504 qualificações
R$ 77,70 + R$ 11,79 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo. Sinopse: A obra do poeta e ensaísta Octavio Paz 1914-1998 ilustra a riqueza e a ambiguidade das relações que unem a poesia moderna ao sagrado. Se toda a poesia é uma ponte entre o poeta e o leitor e se esta ponte implica uma certa relação com o mundo, então perfila-se sobre o desconhecido, indizível sobre a questão do absoluto. Segundo Paz, a poesia moderna obedece a um duplo movimento: face ao sagrado institucional faz ouvir uma voz diferente, dissidente até, que não receia aliar-se à crítica que o racionalismo faz da religião, mas para se voltar contra este racionalismo e contra o ateísmo positivista, acusados da mutilação do homem amputando-lhe a sua dimensão divina. A poesia é a busca incessante para transcender razão e religião e, assim, fundar um novo sagr

Octavio Paz Caminho para a Transparência

Octavio Paz Caminho para a Transparência

Ano:   Editora: Instituto Piaget

Tipo: novo

Flanarte Flanarte SP - São Paulo
99% Positivas
2504 qualificações
R$ 77,70 + R$ 11,79 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo. Sinopse: A obra do poeta e ensaísta Octavio Paz 1914-1998 ilustra a riqueza e a ambiguidade das relações que unem a poesia moderna ao sagrado. Se toda a poesia é uma ponte entre o poeta e o leitor e se esta ponte implica uma certa relação com o mundo, então perfila-se sobre o desconhecido, indizível sobre a questão do absoluto. Segundo Paz, a poesia moderna obedece a um duplo movimento: face ao sagrado institucional faz ouvir uma voz diferente, dissidente até, que não receia aliar-se à crítica que o racionalismo faz da religião, mas para se voltar contra este racionalismo e contra o ateísmo positivista, acusados da mutilação do homem amputando-lhe a sua dimensão divina. A poesia é a busca incessante para transcender razão e religião e, assim, fundar um novo sagr

Octavio Paz Caminho para a Transparência

Octavio Paz Caminho para a Transparência

Ano:   Editora: Instituto Piaget

Tipo: novo

Flanarte Flanarte SP - São Paulo
99% Positivas
2504 qualificações
R$ 77,70 + R$ 11,79 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo. Sinopse: A obra do poeta e ensaísta Octavio Paz 1914-1998 ilustra a riqueza e a ambiguidade das relações que unem a poesia moderna ao sagrado. Se toda a poesia é uma ponte entre o poeta e o leitor e se esta ponte implica uma certa relação com o mundo, então perfila-se sobre o desconhecido, indizível sobre a questão do absoluto. Segundo Paz, a poesia moderna obedece a um duplo movimento: face ao sagrado institucional faz ouvir uma voz diferente, dissidente até, que não receia aliar-se à crítica que o racionalismo faz da religião, mas para se voltar contra este racionalismo e contra o ateísmo positivista, acusados da mutilação do homem amputando-lhe a sua dimensão divina. A poesia é a busca incessante para transcender razão e religião e, assim, fundar um novo sagr

Avaliações do livro

Ainda não há avaliações para este título, seja o primeiro a avaliar.

Avalie o livro