A Compra Garantida Estante Virtual é uma garantia de que você receberá a encomenda ou o reembolso do valor da sua compra. Saiba mais aqui.

  • 1.350 sebos e livreiros
  • Qualificações positivas dos livreiros
  • Maior acervo do mundo em língua portuguesa
filtros
O Conservadorismo Classico Elementos de Caracterizacao e Critica Capa ilustrativa

O Conservadorismo Clássico - Elementos de Caracterização e Crítica

Leila Escorsim Netto

Estatísticas de venda deste livro

Último vendido Nos últimos 3 meses
Vendidos
Preço médio R$ " + data.stats.mean + "
Menor preço R$ " + data.stats.min + "
Maior preço R$ " + data.stats.max + "

Esta informação aparece apenas para usuários logados como livreiros.

O conservadorismo clássico: elementos de caracterização e crítica

O conservadorismo clássico: elementos de caracterização e crítica

O conservadorismo clássico: elementos de caracterização e crítica

O conservadorismo clássico: elementos de caracterização e crítica

Ano:   Editora: Cortez

Tipo: novo

Flanarte Flanarte SP - São Paulo
99% Positivas
2528 qualificações
R$ 36,80 + R$ 7,68 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo. Sinopse: Este livro, cujo público-alvo inscreve-se na área das Ciências Sociais inclusive as aplicadas, como o Serviço Social, é uma singular contribuição ao estudo do pensamento conservador clássico - resume, a partir de uma perspectiva crítica, as linhas-mestras do conservadorismo de Burke, de Maistre, de Bonald, Tocqueville e Durkheim. Redigido numa linguagem clara e direta, acessível mesmo para iniciantes, o texto situa o pensamento conservador clássico no arco intelectual que vai da RevoluçãoFrancesa a reação de Burke à Terceira República a obra de Durkheim. A autora mostra a mudança da função histórica do conservadorismo após as revoluções de 1848: revela como, de uma resposta negativa ao coroamento da revolução burguesa, o conservadorismo converteu-se em sust

O conservadorismo clássico: elementos de caracterização e crítica

O conservadorismo clássico: elementos de caracterização e crítica

Ano:   Editora: Cortez

Tipo: novo

Flanarte Flanarte SP - São Paulo
99% Positivas
2528 qualificações
R$ 36,80 + R$ 7,68 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo. Sinopse: Este livro, cujo público-alvo inscreve-se na área das Ciências Sociais inclusive as aplicadas, como o Serviço Social, é uma singular contribuição ao estudo do pensamento conservador clássico - resume, a partir de uma perspectiva crítica, as linhas-mestras do conservadorismo de Burke, de Maistre, de Bonald, Tocqueville e Durkheim. Redigido numa linguagem clara e direta, acessível mesmo para iniciantes, o texto situa o pensamento conservador clássico no arco intelectual que vai da RevoluçãoFrancesa a reação de Burke à Terceira República a obra de Durkheim. A autora mostra a mudança da função histórica do conservadorismo após as revoluções de 1848: revela como, de uma resposta negativa ao coroamento da revolução burguesa, o conservadorismo converteu-se em sust

O Conservadorismo clássico - elementos de caracterização e crítica Capa ilustrativa

O Conservadorismo clássico - elementos de caracterização e crítica

Ano:   Editora: Cortez

Tipo: novo

Flanarte Flanarte SP - São Paulo
99% Positivas
2528 qualificações
R$ 47,20 + R$ 6,74 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição 160p. Formato: 16.00 x 23.00 sinopse:Este livro, cujo público-alvo inscreve-se na área das Ciências Sociais (inclusive as aplicadas, como o Serviço Social), é uma singular contribuição ao estudo do pensamento conservador clássico - resume, a partir de uma perspectiva crítica, as linhas-mestras do conservadorismo de Burke, de Maistre, de Bonald, Tocqueville e Durkheim. Redigido numa linguagem clara e direta, acessível mesmo para iniciantes, o texto situa o pensamento conservador clássico no arco intelectual que vai da Revolução Francesa (a reação de Burke) à Terceira República (a obra de Durkheim). A autora mostra a mudança da função histórica do conservadorismo após as revoluções de 1848: revela como, de uma resposta negativa ao coroamento da revolução burguesa, o conservadorismo converteu-se em sustentáculo ídeo-teórico da sociedade erigida por aquela revolução.

O Conservadorismo clássico - elementos de caracterização e crítica Capa ilustrativa

O Conservadorismo clássico - elementos de caracterização e crítica

Ano:   Editora: Cortez

Tipo: novo

Flanarte Flanarte SP - São Paulo
99% Positivas
2528 qualificações
R$ 47,20 + R$ 6,74 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição 160p. Formato: 16.00 x 23.00 sinopse:Este livro, cujo público-alvo inscreve-se na área das Ciências Sociais (inclusive as aplicadas, como o Serviço Social), é uma singular contribuição ao estudo do pensamento conservador clássico - resume, a partir de uma perspectiva crítica, as linhas-mestras do conservadorismo de Burke, de Maistre, de Bonald, Tocqueville e Durkheim. Redigido numa linguagem clara e direta, acessível mesmo para iniciantes, o texto situa o pensamento conservador clássico no arco intelectual que vai da Revolução Francesa (a reação de Burke) à Terceira República (a obra de Durkheim). A autora mostra a mudança da função histórica do conservadorismo após as revoluções de 1848: revela como, de uma resposta negativa ao coroamento da revolução burguesa, o conservadorismo converteu-se em sustentáculo ídeo-teórico da sociedade erigida por aquela revolução.

O Conservadorismo clássico - elementos de caracterização e crítica Capa ilustrativa

O Conservadorismo clássico - elementos de caracterização e crítica

Ano:   Editora: Cortez

Tipo: novo

Flanarte Flanarte SP - São Paulo
99% Positivas
2528 qualificações
R$ 47,20 + R$ 6,74 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição 160p. Formato: 16.00 x 23.00 sinopse:Este livro, cujo público-alvo inscreve-se na área das Ciências Sociais (inclusive as aplicadas, como o Serviço Social), é uma singular contribuição ao estudo do pensamento conservador clássico - resume, a partir de uma perspectiva crítica, as linhas-mestras do conservadorismo de Burke, de Maistre, de Bonald, Tocqueville e Durkheim. Redigido numa linguagem clara e direta, acessível mesmo para iniciantes, o texto situa o pensamento conservador clássico no arco intelectual que vai da Revolução Francesa (a reação de Burke) à Terceira República (a obra de Durkheim). A autora mostra a mudança da função histórica do conservadorismo após as revoluções de 1848: revela como, de uma resposta negativa ao coroamento da revolução burguesa, o conservadorismo converteu-se em sustentáculo ídeo-teórico da sociedade erigida por aquela revolução.

O Conservadorismo clássico - elementos de caracterização e crítica Capa ilustrativa

O Conservadorismo clássico - elementos de caracterização e crítica

Ano:   Editora: Cortez

Tipo: novo

Flanarte Flanarte SP - São Paulo
99% Positivas
2528 qualificações
R$ 47,20 + R$ 6,74 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição 160p. Formato: 16.00 x 23.00 sinopse:Este livro, cujo público-alvo inscreve-se na área das Ciências Sociais (inclusive as aplicadas, como o Serviço Social), é uma singular contribuição ao estudo do pensamento conservador clássico - resume, a partir de uma perspectiva crítica, as linhas-mestras do conservadorismo de Burke, de Maistre, de Bonald, Tocqueville e Durkheim. Redigido numa linguagem clara e direta, acessível mesmo para iniciantes, o texto situa o pensamento conservador clássico no arco intelectual que vai da Revolução Francesa (a reação de Burke) à Terceira República (a obra de Durkheim). A autora mostra a mudança da função histórica do conservadorismo após as revoluções de 1848: revela como, de uma resposta negativa ao coroamento da revolução burguesa, o conservadorismo converteu-se em sustentáculo ídeo-teórico da sociedade erigida por aquela revolução.

O Conservadorismo clássico - elementos de caracterização e crítica Capa ilustrativa

O Conservadorismo clássico - elementos de caracterização e crítica

Ano:   Editora: Cortez

Tipo: novo

Flanarte Flanarte SP - São Paulo
99% Positivas
2528 qualificações
R$ 47,20 + R$ 6,74 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição 160p. Formato: 16.00 x 23.00 sinopse:Este livro, cujo público-alvo inscreve-se na área das Ciências Sociais (inclusive as aplicadas, como o Serviço Social), é uma singular contribuição ao estudo do pensamento conservador clássico - resume, a partir de uma perspectiva crítica, as linhas-mestras do conservadorismo de Burke, de Maistre, de Bonald, Tocqueville e Durkheim. Redigido numa linguagem clara e direta, acessível mesmo para iniciantes, o texto situa o pensamento conservador clássico no arco intelectual que vai da Revolução Francesa (a reação de Burke) à Terceira República (a obra de Durkheim). A autora mostra a mudança da função histórica do conservadorismo após as revoluções de 1848: revela como, de uma resposta negativa ao coroamento da revolução burguesa, o conservadorismo converteu-se em sustentáculo ídeo-teórico da sociedade erigida por aquela revolução.

O Conservadorismo clássico - elementos de caracterização e crítica Capa ilustrativa

O Conservadorismo clássico - elementos de caracterização e crítica

Ano:   Editora: Cortez

Tipo: novo

Flanarte Flanarte SP - São Paulo
99% Positivas
2528 qualificações
R$ 47,20 + R$ 6,74 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição 160p. Formato: 16.00 x 23.00 sinopse:Este livro, cujo público-alvo inscreve-se na área das Ciências Sociais (inclusive as aplicadas, como o Serviço Social), é uma singular contribuição ao estudo do pensamento conservador clássico - resume, a partir de uma perspectiva crítica, as linhas-mestras do conservadorismo de Burke, de Maistre, de Bonald, Tocqueville e Durkheim. Redigido numa linguagem clara e direta, acessível mesmo para iniciantes, o texto situa o pensamento conservador clássico no arco intelectual que vai da Revolução Francesa (a reação de Burke) à Terceira República (a obra de Durkheim). A autora mostra a mudança da função histórica do conservadorismo após as revoluções de 1848: revela como, de uma resposta negativa ao coroamento da revolução burguesa, o conservadorismo converteu-se em sustentáculo ídeo-teórico da sociedade erigida por aquela revolução.

O Conservadorismo clássico - elementos de caracterização e crítica Capa ilustrativa

O Conservadorismo clássico - elementos de caracterização e crítica

Ano:   Editora: Cortez

Tipo: novo

Flanarte Flanarte SP - São Paulo
99% Positivas
2528 qualificações
R$ 47,20 + R$ 6,74 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição 160p. Formato: 16.00 x 23.00 sinopse:Este livro, cujo público-alvo inscreve-se na área das Ciências Sociais (inclusive as aplicadas, como o Serviço Social), é uma singular contribuição ao estudo do pensamento conservador clássico - resume, a partir de uma perspectiva crítica, as linhas-mestras do conservadorismo de Burke, de Maistre, de Bonald, Tocqueville e Durkheim. Redigido numa linguagem clara e direta, acessível mesmo para iniciantes, o texto situa o pensamento conservador clássico no arco intelectual que vai da Revolução Francesa (a reação de Burke) à Terceira República (a obra de Durkheim). A autora mostra a mudança da função histórica do conservadorismo após as revoluções de 1848: revela como, de uma resposta negativa ao coroamento da revolução burguesa, o conservadorismo converteu-se em sustentáculo ídeo-teórico da sociedade erigida por aquela revolução.

O Conservadorismo clássico - elementos de caracterização e crítica Capa ilustrativa

O Conservadorismo clássico - elementos de caracterização e crítica

Ano:   Editora: Cortez

Tipo: novo

Flanarte Flanarte SP - São Paulo
99% Positivas
2528 qualificações
R$ 47,20 + R$ 6,74 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição 160p. Formato: 16.00 x 23.00 sinopse:Este livro, cujo público-alvo inscreve-se na área das Ciências Sociais (inclusive as aplicadas, como o Serviço Social), é uma singular contribuição ao estudo do pensamento conservador clássico - resume, a partir de uma perspectiva crítica, as linhas-mestras do conservadorismo de Burke, de Maistre, de Bonald, Tocqueville e Durkheim. Redigido numa linguagem clara e direta, acessível mesmo para iniciantes, o texto situa o pensamento conservador clássico no arco intelectual que vai da Revolução Francesa (a reação de Burke) à Terceira República (a obra de Durkheim). A autora mostra a mudança da função histórica do conservadorismo após as revoluções de 1848: revela como, de uma resposta negativa ao coroamento da revolução burguesa, o conservadorismo converteu-se em sustentáculo ídeo-teórico da sociedade erigida por aquela revolução.

O Conservadorismo clássico - elementos de caracterização e crítica Capa ilustrativa

O Conservadorismo clássico - elementos de caracterização e crítica

Ano:   Editora: Cortez

Tipo: novo

Flanarte Flanarte SP - São Paulo
99% Positivas
2528 qualificações
R$ 47,20 + R$ 6,74 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição 160p. Formato: 16.00 x 23.00 sinopse:Este livro, cujo público-alvo inscreve-se na área das Ciências Sociais (inclusive as aplicadas, como o Serviço Social), é uma singular contribuição ao estudo do pensamento conservador clássico - resume, a partir de uma perspectiva crítica, as linhas-mestras do conservadorismo de Burke, de Maistre, de Bonald, Tocqueville e Durkheim. Redigido numa linguagem clara e direta, acessível mesmo para iniciantes, o texto situa o pensamento conservador clássico no arco intelectual que vai da Revolução Francesa (a reação de Burke) à Terceira República (a obra de Durkheim). A autora mostra a mudança da função histórica do conservadorismo após as revoluções de 1848: revela como, de uma resposta negativa ao coroamento da revolução burguesa, o conservadorismo converteu-se em sustentáculo ídeo-teórico da sociedade erigida por aquela revolução.

O Conservadorismo clássico - elementos de caracterização e crítica Capa ilustrativa

O Conservadorismo clássico - elementos de caracterização e crítica

Ano:   Editora: Cortez

Tipo: novo

Flanarte Flanarte SP - São Paulo
99% Positivas
2528 qualificações
R$ 47,20 + R$ 6,74 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição 160p. Formato: 16.00 x 23.00 sinopse:Este livro, cujo público-alvo inscreve-se na área das Ciências Sociais (inclusive as aplicadas, como o Serviço Social), é uma singular contribuição ao estudo do pensamento conservador clássico - resume, a partir de uma perspectiva crítica, as linhas-mestras do conservadorismo de Burke, de Maistre, de Bonald, Tocqueville e Durkheim. Redigido numa linguagem clara e direta, acessível mesmo para iniciantes, o texto situa o pensamento conservador clássico no arco intelectual que vai da Revolução Francesa (a reação de Burke) à Terceira República (a obra de Durkheim). A autora mostra a mudança da função histórica do conservadorismo após as revoluções de 1848: revela como, de uma resposta negativa ao coroamento da revolução burguesa, o conservadorismo converteu-se em sustentáculo ídeo-teórico da sociedade erigida por aquela revolução.

Avaliações do livro

Ainda não há avaliações para este título, seja o primeiro a avaliar.

Avalie o livro