A Compra Garantida Estante Virtual é uma garantia de que você receberá a encomenda ou o reembolso do valor da sua compra. Saiba mais aqui.

  • 1.350 sebos e livreiros
  • Qualificações positivas dos livreiros
  • Maior acervo do mundo em língua portuguesa
filtros
A Pesquisa na Formacao e no Trabalho Docente Capa ilustrativa

A Pesquisa na Formação e no Trabalho Docente

Júlio Emílio Diniz Pereira

Estatísticas de venda deste livro

Último vendido Nos últimos 3 meses
Vendidos
Preço médio R$ " + data.stats.mean + "
Menor preço R$ " + data.stats.min + "
Maior preço R$ " + data.stats.max + "

Esta informação aparece apenas para usuários logados como livreiros.

A pesquisa na formaçao e no trabalho docente

A pesquisa na formação e no trabalho docente

A pesquisa na formaçao e no trabalho docente

A pesquisa na formaçao e no trabalho docente

Ano:   Editora: Autentica

Tipo: novo

Livraria Livro Vivo Livraria Livro Vivo SP - São Paulo
97% Positivas
1589 qualificações
R$ 33,60 + R$ 10,10 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição livro novo nunca manuseado

A pesquisa na formação e no trabalho docente

A pesquisa na formação e no trabalho docente

Ano:   Editora: Autentica

Tipo: novo

Flanarte Flanarte SP - São Paulo
99% Positivas
2558 qualificações
R$ 36,00 + R$ 7,21 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo. Sinopse: Pesquisa-ação, Investigação na ação, Pesquisa colaborativa ou Praxis emancipatória, essas são as expressões empregadas para designar uma forma de investigação auto-reflexiva que tem o objetivo de ajudar as pessoas a mudarem suas realidades a partir da observação e da análise de suas práticas. A expressão pesquisa-ação foi cunhada na década de 1940, por Kurt Lewin. Segundo os professores Stephen Kemmis e Mervyn Wilkinson, da Austrália, em educação, a pesquisa-ação participativa pode ser utilizada como meio de desenvolvimento profissional, melhorando currículos ou solucionando problemas em uma variedade de situações de trabalho. Além disso, pode oferecer oportunidades de criação de fóruns para reunir pessoas interessadas na busca da racionalidade e da democraci

A pesquisa na formação e no trabalho docente

A pesquisa na formação e no trabalho docente

Ano:   Editora: Autentica

Tipo: novo

Flanarte Flanarte SP - São Paulo
99% Positivas
2558 qualificações
R$ 36,00 + R$ 7,21 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo. Sinopse: Pesquisa-ação, Investigação na ação, Pesquisa colaborativa ou Praxis emancipatória, essas são as expressões empregadas para designar uma forma de investigação auto-reflexiva que tem o objetivo de ajudar as pessoas a mudarem suas realidades a partir da observação e da análise de suas práticas. A expressão pesquisa-ação foi cunhada na década de 1940, por Kurt Lewin. Segundo os professores Stephen Kemmis e Mervyn Wilkinson, da Austrália, em educação, a pesquisa-ação participativa pode ser utilizada como meio de desenvolvimento profissional, melhorando currículos ou solucionando problemas em uma variedade de situações de trabalho. Além disso, pode oferecer oportunidades de criação de fóruns para reunir pessoas interessadas na busca da racionalidade e da democraci

A pesquisa na formação e no trabalho docente

A pesquisa na formação e no trabalho docente

Ano:   Editora: Autentica

Tipo: novo

Flanarte Flanarte SP - São Paulo
99% Positivas
2558 qualificações
R$ 36,00 + R$ 7,21 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo. Sinopse: Pesquisa-ação, Investigação na ação, Pesquisa colaborativa ou Praxis emancipatória, essas são as expressões empregadas para designar uma forma de investigação auto-reflexiva que tem o objetivo de ajudar as pessoas a mudarem suas realidades a partir da observação e da análise de suas práticas. A expressão pesquisa-ação foi cunhada na década de 1940, por Kurt Lewin. Segundo os professores Stephen Kemmis e Mervyn Wilkinson, da Austrália, em educação, a pesquisa-ação participativa pode ser utilizada como meio de desenvolvimento profissional, melhorando currículos ou solucionando problemas em uma variedade de situações de trabalho. Além disso, pode oferecer oportunidades de criação de fóruns para reunir pessoas interessadas na busca da racionalidade e da democraci

A pesquisa na formação e no trabalho docente Capa ilustrativa

A pesquisa na formação e no trabalho docente

Ano:   Editora: Editorial Autentica

Tipo: novo

Livraria Dédalus Livraria Dédalus MG - Belo Horizonte
99% Positivas
243 qualificações
R$ 39,90 + R$ 8,74 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo, 200 páginas. Isbn 9788575260791. Pesquisa-ação, Investigação na ação, Pesquisa colaborativa ou Praxis emancipatória, essas são as expressões empregadas para designar uma forma de investigação auto-reflexiva que tem o objetivo de ajudar as pessoas a mudarem suas realidades a partir da observação e da análise de suas práticas. A expressão pesquisa-ação foi cunhada na década de 1940, por Kurt Lewin. Segundo os professores Stephen Kemmis e Mervyn Wilkinson, da Austrália, em educação, a pesquisa-ação participativa pode ser utilizada como meio de desenvolvimento profissional, melhorando currículos ou solucionando problemas em uma variedade de situações de trabalho. Além disso, pode oferecer oportunidades de criação de fóruns para reun... Ano da edição: .

A pesquisa na formação e no trabalho docente Capa ilustrativa

A pesquisa na formação e no trabalho docente

Ano:   Editora: Editorial Autentica

Tipo: novo

Livraria Dédalus Livraria Dédalus MG - Belo Horizonte
99% Positivas
243 qualificações
R$ 39,90 + R$ 8,74 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo, 200 páginas. Isbn 9788575260791. Pesquisa-ação, Investigação na ação, Pesquisa colaborativa ou Praxis emancipatória, essas são as expressões empregadas para designar uma forma de investigação auto-reflexiva que tem o objetivo de ajudar as pessoas a mudarem suas realidades a partir da observação e da análise de suas práticas. A expressão pesquisa-ação foi cunhada na década de 1940, por Kurt Lewin. Segundo os professores Stephen Kemmis e Mervyn Wilkinson, da Austrália, em educação, a pesquisa-ação participativa pode ser utilizada como meio de desenvolvimento profissional, melhorando currículos ou solucionando problemas em uma variedade de situações de trabalho. Além disso, pode oferecer oportunidades de criação de fóruns para reun... Ano da edição: .

A pesquisa na formação e no trabalho docente Capa ilustrativa

A pesquisa na formação e no trabalho docente

Ano:   Editora: Editorial Autentica

Tipo: novo

Livraria Dédalus Livraria Dédalus MG - Belo Horizonte
99% Positivas
243 qualificações
R$ 39,90 + R$ 8,74 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo, 200 páginas. Isbn 9788575260791. Pesquisa-ação, Investigação na ação, Pesquisa colaborativa ou Praxis emancipatória, essas são as expressões empregadas para designar uma forma de investigação auto-reflexiva que tem o objetivo de ajudar as pessoas a mudarem suas realidades a partir da observação e da análise de suas práticas. A expressão pesquisa-ação foi cunhada na década de 1940, por Kurt Lewin. Segundo os professores Stephen Kemmis e Mervyn Wilkinson, da Austrália, em educação, a pesquisa-ação participativa pode ser utilizada como meio de desenvolvimento profissional, melhorando currículos ou solucionando problemas em uma variedade de situações de trabalho. Além disso, pode oferecer oportunidades de criação de fóruns para reun... Ano da edição: .

A pesquisa na formação e no trabalho docente Capa ilustrativa

A pesquisa na formação e no trabalho docente

Ano:   Editora: Editorial Autentica

Tipo: novo

Livraria Dédalus Livraria Dédalus MG - Belo Horizonte
99% Positivas
243 qualificações
R$ 39,90 + R$ 8,74 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo, 200 páginas. Isbn 9788575260791. Pesquisa-ação, Investigação na ação, Pesquisa colaborativa ou Praxis emancipatória, essas são as expressões empregadas para designar uma forma de investigação auto-reflexiva que tem o objetivo de ajudar as pessoas a mudarem suas realidades a partir da observação e da análise de suas práticas. A expressão pesquisa-ação foi cunhada na década de 1940, por Kurt Lewin. Segundo os professores Stephen Kemmis e Mervyn Wilkinson, da Austrália, em educação, a pesquisa-ação participativa pode ser utilizada como meio de desenvolvimento profissional, melhorando currículos ou solucionando problemas em uma variedade de situações de trabalho. Além disso, pode oferecer oportunidades de criação de fóruns para reun... Ano da edição: .

A pesquisa na formação e no trabalho docente Capa ilustrativa

A pesquisa na formação e no trabalho docente

Ano:   Editora: Editorial Autentica

Tipo: novo

Livraria Dédalus Livraria Dédalus MG - Belo Horizonte
99% Positivas
243 qualificações
R$ 39,90 + R$ 8,74 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo, 200 páginas. Isbn 9788575260791. Pesquisa-ação, Investigação na ação, Pesquisa colaborativa ou Praxis emancipatória, essas são as expressões empregadas para designar uma forma de investigação auto-reflexiva que tem o objetivo de ajudar as pessoas a mudarem suas realidades a partir da observação e da análise de suas práticas. A expressão pesquisa-ação foi cunhada na década de 1940, por Kurt Lewin. Segundo os professores Stephen Kemmis e Mervyn Wilkinson, da Austrália, em educação, a pesquisa-ação participativa pode ser utilizada como meio de desenvolvimento profissional, melhorando currículos ou solucionando problemas em uma variedade de situações de trabalho. Além disso, pode oferecer oportunidades de criação de fóruns para reun... Ano da edição: .

A pesquisa na formação e no trabalho docente Capa ilustrativa

A pesquisa na formação e no trabalho docente

Ano:   Editora: Editorial Autentica

Tipo: novo

Livraria Dédalus Livraria Dédalus MG - Belo Horizonte
99% Positivas
243 qualificações
R$ 39,90 + R$ 8,74 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo, 200 páginas. Isbn 9788575260791. Pesquisa-ação, Investigação na ação, Pesquisa colaborativa ou Praxis emancipatória, essas são as expressões empregadas para designar uma forma de investigação auto-reflexiva que tem o objetivo de ajudar as pessoas a mudarem suas realidades a partir da observação e da análise de suas práticas. A expressão pesquisa-ação foi cunhada na década de 1940, por Kurt Lewin. Segundo os professores Stephen Kemmis e Mervyn Wilkinson, da Austrália, em educação, a pesquisa-ação participativa pode ser utilizada como meio de desenvolvimento profissional, melhorando currículos ou solucionando problemas em uma variedade de situações de trabalho. Além disso, pode oferecer oportunidades de criação de fóruns para reun... Ano da edição: .

A pesquisa na formação e no trabalho docente Capa ilustrativa

A pesquisa na formação e no trabalho docente

Ano:   Editora: Editorial Autentica

Tipo: novo

Livraria Dédalus Livraria Dédalus MG - Belo Horizonte
99% Positivas
243 qualificações
R$ 39,90 + R$ 8,74 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo, 200 páginas. Isbn 9788575260791. Pesquisa-ação, Investigação na ação, Pesquisa colaborativa ou Praxis emancipatória, essas são as expressões empregadas para designar uma forma de investigação auto-reflexiva que tem o objetivo de ajudar as pessoas a mudarem suas realidades a partir da observação e da análise de suas práticas. A expressão pesquisa-ação foi cunhada na década de 1940, por Kurt Lewin. Segundo os professores Stephen Kemmis e Mervyn Wilkinson, da Austrália, em educação, a pesquisa-ação participativa pode ser utilizada como meio de desenvolvimento profissional, melhorando currículos ou solucionando problemas em uma variedade de situações de trabalho. Além disso, pode oferecer oportunidades de criação de fóruns para reun... Ano da edição: .

A pesquisa na formação e no trabalho docente Capa ilustrativa

A pesquisa na formação e no trabalho docente

Ano:   Editora: Editorial Autentica

Tipo: novo

Livraria Dédalus Livraria Dédalus MG - Belo Horizonte
99% Positivas
243 qualificações
R$ 39,90 + R$ 8,74 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo, 200 páginas. Isbn 9788575260791. Pesquisa-ação, Investigação na ação, Pesquisa colaborativa ou Praxis emancipatória, essas são as expressões empregadas para designar uma forma de investigação auto-reflexiva que tem o objetivo de ajudar as pessoas a mudarem suas realidades a partir da observação e da análise de suas práticas. A expressão pesquisa-ação foi cunhada na década de 1940, por Kurt Lewin. Segundo os professores Stephen Kemmis e Mervyn Wilkinson, da Austrália, em educação, a pesquisa-ação participativa pode ser utilizada como meio de desenvolvimento profissional, melhorando currículos ou solucionando problemas em uma variedade de situações de trabalho. Além disso, pode oferecer oportunidades de criação de fóruns para reun... Ano da edição: .

A pesquisa na formação e no trabalho docente Capa ilustrativa

A pesquisa na formação e no trabalho docente

Ano:   Editora: Editorial Autentica

Tipo: novo

Livraria Dédalus Livraria Dédalus MG - Belo Horizonte
99% Positivas
243 qualificações
R$ 39,90 + R$ 8,74 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo, 200 páginas. Isbn 9788575260791. Pesquisa-ação, Investigação na ação, Pesquisa colaborativa ou Praxis emancipatória, essas são as expressões empregadas para designar uma forma de investigação auto-reflexiva que tem o objetivo de ajudar as pessoas a mudarem suas realidades a partir da observação e da análise de suas práticas. A expressão pesquisa-ação foi cunhada na década de 1940, por Kurt Lewin. Segundo os professores Stephen Kemmis e Mervyn Wilkinson, da Austrália, em educação, a pesquisa-ação participativa pode ser utilizada como meio de desenvolvimento profissional, melhorando currículos ou solucionando problemas em uma variedade de situações de trabalho. Além disso, pode oferecer oportunidades de criação de fóruns para reun... Ano da edição: .

A pesquisa na formação e no trabalho docente Capa ilustrativa

A pesquisa na formação e no trabalho docente

Ano:   Editora: Editorial Autentica

Tipo: novo

Livraria Dédalus Livraria Dédalus MG - Belo Horizonte
99% Positivas
243 qualificações
R$ 39,90 + R$ 8,74 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo, 200 páginas. Isbn 9788575260791. Pesquisa-ação, Investigação na ação, Pesquisa colaborativa ou Praxis emancipatória, essas são as expressões empregadas para designar uma forma de investigação auto-reflexiva que tem o objetivo de ajudar as pessoas a mudarem suas realidades a partir da observação e da análise de suas práticas. A expressão pesquisa-ação foi cunhada na década de 1940, por Kurt Lewin. Segundo os professores Stephen Kemmis e Mervyn Wilkinson, da Austrália, em educação, a pesquisa-ação participativa pode ser utilizada como meio de desenvolvimento profissional, melhorando currículos ou solucionando problemas em uma variedade de situações de trabalho. Além disso, pode oferecer oportunidades de criação de fóruns para reun... Ano da edição: .

Avaliações do livro

Ainda não há avaliações para este título, seja o primeiro a avaliar.

Avalie o livro