A Compra Garantida Estante Virtual é uma garantia de que você receberá a encomenda ou o reembolso do valor da sua compra. Saiba mais aqui.

  • 1.350 sebos e livreiros
  • Qualificações positivas dos livreiros
  • Maior acervo do mundo em língua portuguesa
filtros
O Dia Em Que Eu Deveria Ter Morrido Capa ilustrativa

O Dia Em Que Eu Deveria Ter Morrido

Javier Arancibia Contreras

Em "O dia em que eu deveria ter morrido", um jornalista em busca de sua ex-mulher desaparecida misteriosamente mergulha em uma jornada de redenção que passará por uma pequena cidade sem nome, São Paulo e Istambul, onde o acaso fará dele protagonista de um incidente de proporção mundial. Transformar-se em notícia e celebridade internacional é apenas mais um elemento que faz com que sonho e realidade sejam separados por linhas tênues de uma mesma história. Sob os escombros do passado, o personagem nos contará as tentativas de acerto de contas com antigos fantasmas, materializados nas mulheres marcantes de sua vida: a mãe do melhor amigo de infância, a sobrinha de uma empregada do colégio de padres, uma prostituta de luxo em Istambul ? todas presentes também, de alguma maneira, na figura atormentada da ex-mulher desaparecida. Javier Arancibia Contreras, finalista do Prêmio São Paulo de Literatura 2009 e destaque entre os nomes da nova literatura brasileira, flerta em seu novo romance com uma história de morte e culpa. O notável domínio narrativo favorece o relato de acontecimentos tão inconstantes quanto os pensamentos vertiginosos do personagem-narrador. Retrato preciso de uma era em que palavras como violência e espetáculo confundem-se nas manchetes de jornal, o romance relata, ao mesmo tempo, uma avassaladora jornada particular de frenesi e redenção. Fechar Ler mais

Em "O dia em que eu deveria ter morrido", um jornalista em busca de sua ex-mulher desaparecida misteriosamente mergulha em uma jornada de redenção que passará por uma pequena cidade sem nome, São Paulo e Istambul, onde o acaso fará dele protagonista de um incidente de proporção mundial. Transformar-se em notícia e celebridade internacional é apenas mais um elemento que faz com que sonho e realidade sejam separados por linhas tênues de uma mesma história. Sob os escombros do passado, o personagem nos contará as tentativas de acerto de contas com antigos fantasmas, materializados nas mulheres marcantes de sua vida: a mãe do melhor amigo de infância, a sobrinha de uma empregada do colégio de padres, uma prostituta de luxo em Istambul ? todas presentes também, de alguma maneira, na figura atormentada da ex-mulher desaparecida. Javier Arancibia Contreras, finalista do Prêmio São Paulo de Literatura 2009 e destaque entre os nomes da nova literatura brasileira, flerta em seu novo romance com uma história de morte e culpa. O notável domínio narrativo favorece o relato de acontecimentos tão inconstantes quanto os pensamentos vertiginosos do personagem-narrador. Retrato preciso de uma era em que palavras como violência e espetáculo confundem-se nas manchetes de jornal, o romance relata, ao mesmo tempo, uma avassaladora jornada particular de frenesi e redenção. Fechar Ler mais

Estatísticas de venda deste livro

Último vendido Nos últimos 3 meses
Vendidos
Preço médio R$ " + data.stats.mean + "
Menor preço R$ " + data.stats.min + "
Maior preço R$ " + data.stats.max + "

Esta informação aparece apenas para usuários logados como livreiros.

O dia em que eu deveria ter morrido

O dia em que eu deveria ter morrido

O dia em que eu deveria ter morrido

O dia em que eu deveria ter morrido

Ano:   Editora: Terceiro Nome

Tipo: novo

Flanarte Flanarte SP - São Paulo
99% Positivas
2513 qualificações
R$ 24,00 + R$ 7,21 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo, lacrado. Sinopse: Em "O dia em que eu deveria ter morrido", um jornalista em busca de sua ex-mulher desaparecida misteriosamente mergulha em uma jornada de redenção que passará por uma pequena cidade sem nome, São Paulo e Istambul, onde o acaso fará dele protagonista de um incidente de proporção mundial. Transformar-se em notícia e celebridade internacional é apenas mais um elemento que faz com que sonho e realidade sejam separados por linhas tênues de uma mesma história. Sob os escombros do passado, o personagem nos contará as tentativas de acerto de contas com antigos fantasmas, materializados nas mulheres marcantes de sua vida: a mãe do melhor amigo de infncia, a sobrinha de uma empregada do colégio de padres, uma prostituta de luxo em Istambul - todas presentes também

O dia em que eu deveria ter morrido

O dia em que eu deveria ter morrido

Ano:   Editora: Terceiro Nome

Tipo: novo

Flanarte Flanarte SP - São Paulo
99% Positivas
2513 qualificações
R$ 24,00 + R$ 7,21 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo, lacrado. Sinopse: Em "O dia em que eu deveria ter morrido", um jornalista em busca de sua ex-mulher desaparecida misteriosamente mergulha em uma jornada de redenção que passará por uma pequena cidade sem nome, São Paulo e Istambul, onde o acaso fará dele protagonista de um incidente de proporção mundial. Transformar-se em notícia e celebridade internacional é apenas mais um elemento que faz com que sonho e realidade sejam separados por linhas tênues de uma mesma história. Sob os escombros do passado, o personagem nos contará as tentativas de acerto de contas com antigos fantasmas, materializados nas mulheres marcantes de sua vida: a mãe do melhor amigo de infncia, a sobrinha de uma empregada do colégio de padres, uma prostituta de luxo em Istambul - todas presentes também

O dia em que eu deveria ter morrido

O dia em que eu deveria ter morrido

Ano:   Editora: Terceiro Nome

Tipo: novo

Flanarte Flanarte SP - São Paulo
99% Positivas
2513 qualificações
R$ 24,00 + R$ 7,21 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo, lacrado. Sinopse: Em "O dia em que eu deveria ter morrido", um jornalista em busca de sua ex-mulher desaparecida misteriosamente mergulha em uma jornada de redenção que passará por uma pequena cidade sem nome, São Paulo e Istambul, onde o acaso fará dele protagonista de um incidente de proporção mundial. Transformar-se em notícia e celebridade internacional é apenas mais um elemento que faz com que sonho e realidade sejam separados por linhas tênues de uma mesma história. Sob os escombros do passado, o personagem nos contará as tentativas de acerto de contas com antigos fantasmas, materializados nas mulheres marcantes de sua vida: a mãe do melhor amigo de infncia, a sobrinha de uma empregada do colégio de padres, uma prostituta de luxo em Istambul - todas presentes também

O Dia Em Que Eu Deveria Ter Morrido

O Dia Em Que Eu Deveria Ter Morrido

Ano:   Editora: Terceiro Nome

Tipo: seminovo/usado

Paraiso Literário Paraiso Literário SP - São Paulo
98% Positivas
535 qualificações
R$ 34,00 + R$ 7,68 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro usado em ótimo estado de conservação sem grifos nem rasuras, corte levemente sujo, com uma dedicatoria escrita a caneta na primeira pagina, 142 paginas.

Avaliações do livro

Ainda não há avaliações para este título, seja o primeiro a avaliar.

Avalie o livro