A Compra Garantida Estante Virtual é uma garantia de que você receberá a encomenda ou o reembolso do valor da sua compra. Saiba mais aqui.

  • 1.350 sebos e livreiros
  • Qualificações positivas dos livreiros
  • Maior acervo do mundo em língua portuguesa
filtros
O Fim das Liderancas Mundiais Capa ilustrativa

O Fim das Lideranças Mundiais

Ian Bremmer

?Ian Bremmer é especialista em grandes reflexões.? The Economist Na hipótese das piores ameaças ? um Estado inescrupuloso possuidor de armas nucleares, uma crise mundial na saúde, o colapso das instituições financeiras ? onde o mundo iria procurar liderança?Nos Estados Unidos, com a sua política paralisada e o seu bombardeado balanço patrimonial? Em uma União Europeia ressentida de seu autoflagelo? Na ?democracia popular? da China? Talvez no Brasil, na Turquia ou na Índia, os ?Estreantes do Ano? na geopolítica? Ou em alguma coalizão de sobreviventes, depois de uma década de turbulência provocada pela recessão? Ou em nenhuma dessas fontes?Pela primeira vez em sete décadas, não existe um único poder ou aliança de poderes pronto para enfrentar os desafios da liderança mundial. Uma geração atrás, os Estados Unidos, a Europa e o Japão eram as potências mundiais, as democracias de livre mercado que impulsionavam a economia do planeta. Hoje, essas nações lutam para, pelo menos, se manterem de pé. O fim das lideranças mundiais oferece esclarecimentos essenciais para qualquer pessoa interessada em navegar na nova arena global." Fechar Ler mais

?Ian Bremmer é especialista em grandes reflexões.? The Economist Na hipótese das piores ameaças ? um Estado inescrupuloso possuidor de armas nucleares, uma crise mundial na saúde, o colapso das instituições financeiras ? onde o mundo iria procurar liderança?Nos Estados Unidos, com a sua política paralisada e o seu bombardeado balanço patrimonial? Em uma União Europeia ressentida de seu autoflagelo? Na ?democracia popular? da China? Talvez no Brasil, na Turquia ou na Índia, os ?Estreantes do Ano? na geopolítica? Ou em alguma coalizão de sobreviventes, depois de uma década de turbulência provocada pela recessão? Ou em nenhuma dessas fontes?Pela primeira vez em sete décadas, não existe um único poder ou aliança de poderes pronto para enfrentar os desafios da liderança mundial. Uma geração atrás, os Estados Unidos, a Europa e o Japão eram as potências mundiais, as democracias de livre mercado que impulsionavam a economia do planeta. Hoje, essas nações lutam para, pelo menos, se manterem de pé. O fim das lideranças mundiais oferece esclarecimentos essenciais para qualquer pessoa interessada em navegar na nova arena global." Fechar Ler mais

Estatísticas de venda deste livro

Último vendido Nos últimos 3 meses
Vendidos
Preço médio R$ " + data.stats.mean + "
Menor preço R$ " + data.stats.min + "
Maior preço R$ " + data.stats.max + "

Esta informação aparece apenas para usuários logados como livreiros.

O Fim das Lideranças Mundiais

Capa ilustrativa

O Fim das Lideranças Mundiais

Capa ilustrativa
O Fim das Lideranças Mundiais Capa ilustrativa

O Fim das Lideranças Mundiais

Ano:   Editora: Saraiva

Tipo: seminovo/usado

Sebo Alvares Machado Sebo Alvares Machado SP - São Paulo
100% Positivas
419 qualificações
R$ 31,00 + R$ 9,26 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Brochura, 238p., em ótimo estado. Livro com carimbo de divulgação da editora. Pela primeira vez em sete décadas, não existe um único poder ou aliança de poderes pronto para enfrentar os desafios da liderança mundial. Uma geração atrás, os Estados Unidos, a Europa e o Japão eram as potências mundiais, as democracias de livre mercado que impulsionavam a economia do planeta. Hoje, essas nações lutam para, pelo menos, se manterem de pé. O fim das lideranças mundiais oferece esclarecimentos essenciais para qualquer pessoa interessada em navegar na nova arena global.

O Fim das Lideranças Mundiais Capa ilustrativa

O Fim das Lideranças Mundiais

Ano:   Editora: Saraiva

Tipo: seminovo/usado

Sebo Cultural Pinheiros Sebo Cultural Pinheiros SP - São Paulo
100% Positivas
536 qualificações
R$ 31,00 + R$ 8,21 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro em bom estado. Com carimbo em uma folha.

O Fim das Lideranças Mundiais Capa ilustrativa

O Fim das Lideranças Mundiais

Ano:   Editora: Saraiva

Tipo: seminovo/usado

Espaço do Livro Espaço do Livro SP - São Paulo
98% Positivas
50 qualificações
R$ 35,00 + R$ 8,21 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro em estado de novo O fim das lideranças mundiais: O que muda com o G-zero onde nenhum país está no comando

O Fim das Lideranças Mundiais

O Fim das Lideranças Mundiais

Ano:   Editora: Saraiva

Tipo: novo

Luk Livros Luk Livros SP - São Paulo
97% Positivas
70 qualificações
R$ 40,00 + R$ 9,26 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Sem Manuseio. Na hipótese das piores ameaças - um Estado inescrupuloso possuidor de armas nucleares, uma crise mundial na saúde, o colapso das instituições financeiras - onde o mundo iria procurar liderança? Nos Estados Unidos, com a sua política paralisada e o seu bombardeado balanço patrimonial? Em uma União Europeia ressentida de seu autoflagelo? Na democracia popular da China? Talvez no Brasil, na Turquia ou na Índia, os Estreantes do Ano na geopolítica? Ou em alguma coalizão de sobreviventes, depois de uma década de turbulência provocada pela recessão? Ou em nenhuma dessas fontes? Pela primeira vez em sete décadas, não existe um único poder ou aliança de poderes pronto para enfrentar os desafios da liderança mundial. E

O Fim das Lideranças Mundiais

O Fim das Lideranças Mundiais

Ano:   Editora: Saraiva

Tipo: novo

Livros na Web Livros na Web MG - Belo Horizonte
99% Positivas
70 qualificações
R$ 44,90 + R$ 8,21 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição LIVRO NOVO- Na hipótese das piores ameaças - um Estado inescrupuloso possuidor de armas nucleares, uma crise mundial na saúde, o colapso das instituições financeiras - onde o mundo iria procurar liderança? Nos Estados Unidos, com a sua política paralisada e o seu bombardeado balanço patrimonial? Em uma União Europeia ressentida de seu autoflagelo? Na democracia popular da China? Talvez no Brasil, na Turquia ou na Índia, os Estreantes do Ano na geopolítica? Ou em alguma coalizão de sobreviventes, depois de uma década de turbulência provocada pela recessão? Ou em nenhuma dessas fontes? Pela primeira vez em sete décadas, não existe um único poder ou aliança de poderes pronto para enfrentar os desafios da liderança mundial. Uma geração ... - 201611049

Avaliações do livro

Ainda não há avaliações para este título, seja o primeiro a avaliar.

Avalie o livro