A Compra Garantida Estante Virtual é uma garantia de que você receberá a encomenda ou o reembolso do valor da sua compra. Saiba mais aqui.

  • 1.350 sebos e livreiros
  • Qualificações positivas dos livreiros
  • Maior acervo do mundo em língua portuguesa
filtros
A Arte da Ficcao Capa ilustrativa

A Arte da Ficção

Henry James

“Em 1884, quando o escritor Henry James (1843-1916), então vivendo em Londres, escreveu o ensaio A Arte da Ficção, a crítica se dividia em duas correntes. A maior era a dos que acreditavam que a arte tinha uma finalidade moral, espécie de prestadora de serviços públicos. A outra, na linha romântica, defendia a “arte pela arte”, autossuficiente em relação à realidade. Henry James fundou a terceira via. Para ele, a arte necessariamente tem implicações morais, mas sua execução é essencialmente livre. Não há tema que não possa ser abordado, não há abordagem que seja mais ou menos recomendável. Essa liberdade que James advogou, como defensor da tradição romanesca do século XIX (a qual reinventou em suas próprias obras, como Retrato de uma Senhora e A Volta do Parafuso) é sua grande herança crítica. Ele forjou a consciência da prosa de ficção para o século XX. Os ensaios deste livro mostram a grandeza dessa consciência, também ilustrando-a com ensaios sobre escritores caros ao autor – os franceses Guy de Maupassant e Émile Zola – hoje barateados pela crítica. James é um parafuso que não para de dar voltas na sensibilidade moderna.” (Daniel Piza) Fechar Ler mais

“Em 1884, quando o escritor Henry James (1843-1916), então vivendo em Londres, escreveu o ensaio A Arte da Ficção, a crítica se dividia em duas correntes. A maior era a dos que acreditavam que a arte tinha uma finalidade moral, espécie de prestadora de serviços públicos. A outra, na linha romântica, defendia a “arte pela arte”, autossuficiente em relação à realidade. Henry James fundou a terceira via. Para ele, a arte necessariamente tem implicações morais, mas sua execução é essencialmente livre. Não há tema que não possa ser abordado, não há abordagem que seja mais ou menos recomendável. Essa liberdade que James advogou, como defensor da tradição romanesca do século XIX (a qual reinventou em suas próprias obras, como Retrato de uma Senhora e A Volta do Parafuso) é sua grande herança crítica. Ele forjou a consciência da prosa de ficção para o século XX. Os ensaios deste livro mostram a grandeza dessa consciência, também ilustrando-a com ensaios sobre escritores caros ao autor – os franceses Guy de Maupassant e Émile Zola – hoje barateados pela crítica. James é um parafuso que não para de dar voltas na sensibilidade moderna.” (Daniel Piza) Fechar Ler mais

Estatísticas de venda deste livro

Último vendido Nos últimos 3 meses
Vendidos
Preço médio R$ " + data.stats.mean + "
Menor preço R$ " + data.stats.min + "
Maior preço R$ " + data.stats.max + "

Esta informação aparece apenas para usuários logados como livreiros.

A Arte da ficção

Capa ilustrativa

A Arte da ficção

Capa ilustrativa
A Arte da ficção Capa ilustrativa

A Arte da ficção

Ano:   Editora: Imaginario

Tipo: seminovo/usado

Livraria o Relicário Livraria o Relicário PA - Belém
100% Positivas
29 qualificações
R$ 13,00 + R$ 6,21 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro usado. Em bom estado de conservação. Leves manchas.

A Arte da Ficção

A Arte da Ficção

Ano:   Editora: Imaginario

Tipo: novo

Flanarte Flanarte SP - São Paulo
99% Positivas
2488 qualificações
R$ 18,00 + R$ 6,74 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo! ISBN 8585362243 127 págs. ***Sinopse: Um romance, em sua definição mais ampla, é uma impressão direta e pessoal da vida - isso, para começar, constitui seu valor, que é maior ou menor de acordo com a intensidade da impressão. Mas não haverá intensidade alguma, e portanto valor algum, se não houver liberdade para sentir e dizer. (...) A execução pertence apenas ao autor; é o que há de mais pessoal, e o medimos por ela. A vantagem do artista, e seu luxo, assim como seu tormento e sua responsabilidade, é a de que não há limites para o que ele quiser tentar como executante - não há limites para seus possíveis experimentos, esforços, descobertas, conquistas.

A Arte da Ficção

A Arte da Ficção

Ano:   Editora: Imaginario

Tipo: novo

Flanarte Flanarte SP - São Paulo
99% Positivas
2488 qualificações
R$ 18,00 + R$ 6,74 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo! ISBN 8585362243 127 págs. ***Sinopse: Um romance, em sua definição mais ampla, é uma impressão direta e pessoal da vida - isso, para começar, constitui seu valor, que é maior ou menor de acordo com a intensidade da impressão. Mas não haverá intensidade alguma, e portanto valor algum, se não houver liberdade para sentir e dizer. (...) A execução pertence apenas ao autor; é o que há de mais pessoal, e o medimos por ela. A vantagem do artista, e seu luxo, assim como seu tormento e sua responsabilidade, é a de que não há limites para o que ele quiser tentar como executante - não há limites para seus possíveis experimentos, esforços, descobertas, conquistas.

A Arte da Ficção

A Arte da Ficção

Ano:   Editora: Imaginario

Tipo: novo

Flanarte Flanarte SP - São Paulo
99% Positivas
2488 qualificações
R$ 18,00 + R$ 6,74 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo! ISBN 8585362243 127 págs. ***Sinopse: Um romance, em sua definição mais ampla, é uma impressão direta e pessoal da vida - isso, para começar, constitui seu valor, que é maior ou menor de acordo com a intensidade da impressão. Mas não haverá intensidade alguma, e portanto valor algum, se não houver liberdade para sentir e dizer. (...) A execução pertence apenas ao autor; é o que há de mais pessoal, e o medimos por ela. A vantagem do artista, e seu luxo, assim como seu tormento e sua responsabilidade, é a de que não há limites para o que ele quiser tentar como executante - não há limites para seus possíveis experimentos, esforços, descobertas, conquistas.

A Arte da Ficção

A Arte da Ficção

Ano:   Editora: Imaginario

Tipo: novo

Flanarte Flanarte SP - São Paulo
99% Positivas
2488 qualificações
R$ 18,00 + R$ 6,74 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo! ISBN 8585362243 127 págs. ***Sinopse: Um romance, em sua definição mais ampla, é uma impressão direta e pessoal da vida - isso, para começar, constitui seu valor, que é maior ou menor de acordo com a intensidade da impressão. Mas não haverá intensidade alguma, e portanto valor algum, se não houver liberdade para sentir e dizer. (...) A execução pertence apenas ao autor; é o que há de mais pessoal, e o medimos por ela. A vantagem do artista, e seu luxo, assim como seu tormento e sua responsabilidade, é a de que não há limites para o que ele quiser tentar como executante - não há limites para seus possíveis experimentos, esforços, descobertas, conquistas.

A Arte da Ficção

A Arte da Ficção

Ano:   Editora: Imaginario

Tipo: novo

Flanarte Flanarte SP - São Paulo
99% Positivas
2488 qualificações
R$ 18,00 + R$ 6,74 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo! ISBN 8585362243 127 págs. ***Sinopse: Um romance, em sua definição mais ampla, é uma impressão direta e pessoal da vida - isso, para começar, constitui seu valor, que é maior ou menor de acordo com a intensidade da impressão. Mas não haverá intensidade alguma, e portanto valor algum, se não houver liberdade para sentir e dizer. (...) A execução pertence apenas ao autor; é o que há de mais pessoal, e o medimos por ela. A vantagem do artista, e seu luxo, assim como seu tormento e sua responsabilidade, é a de que não há limites para o que ele quiser tentar como executante - não há limites para seus possíveis experimentos, esforços, descobertas, conquistas.

A Arte da Ficção

A Arte da Ficção

Ano:   Editora: Imaginario

Tipo: novo

Flanarte Flanarte SP - São Paulo
99% Positivas
2488 qualificações
R$ 18,00 + R$ 6,74 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo! ISBN 8585362243 127 págs. ***Sinopse: Um romance, em sua definição mais ampla, é uma impressão direta e pessoal da vida - isso, para começar, constitui seu valor, que é maior ou menor de acordo com a intensidade da impressão. Mas não haverá intensidade alguma, e portanto valor algum, se não houver liberdade para sentir e dizer. (...) A execução pertence apenas ao autor; é o que há de mais pessoal, e o medimos por ela. A vantagem do artista, e seu luxo, assim como seu tormento e sua responsabilidade, é a de que não há limites para o que ele quiser tentar como executante - não há limites para seus possíveis experimentos, esforços, descobertas, conquistas.

A Arte da Ficção

A Arte da Ficção

Ano:   Editora: Imaginario

Tipo: novo

Flanarte Flanarte SP - São Paulo
99% Positivas
2488 qualificações
R$ 18,00 + R$ 6,74 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo! ISBN 8585362243 127 págs. ***Sinopse: Um romance, em sua definição mais ampla, é uma impressão direta e pessoal da vida - isso, para começar, constitui seu valor, que é maior ou menor de acordo com a intensidade da impressão. Mas não haverá intensidade alguma, e portanto valor algum, se não houver liberdade para sentir e dizer. (...) A execução pertence apenas ao autor; é o que há de mais pessoal, e o medimos por ela. A vantagem do artista, e seu luxo, assim como seu tormento e sua responsabilidade, é a de que não há limites para o que ele quiser tentar como executante - não há limites para seus possíveis experimentos, esforços, descobertas, conquistas.

A Arte da Ficção

A Arte da Ficção

Ano:   Editora: Imaginario

Tipo: novo

Flanarte Flanarte SP - São Paulo
99% Positivas
2488 qualificações
R$ 18,00 + R$ 6,74 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo! ISBN 8585362243 127 págs. ***Sinopse: Um romance, em sua definição mais ampla, é uma impressão direta e pessoal da vida - isso, para começar, constitui seu valor, que é maior ou menor de acordo com a intensidade da impressão. Mas não haverá intensidade alguma, e portanto valor algum, se não houver liberdade para sentir e dizer. (...) A execução pertence apenas ao autor; é o que há de mais pessoal, e o medimos por ela. A vantagem do artista, e seu luxo, assim como seu tormento e sua responsabilidade, é a de que não há limites para o que ele quiser tentar como executante - não há limites para seus possíveis experimentos, esforços, descobertas, conquistas.

A Arte da Ficção

A Arte da Ficção

Ano:   Editora: Imaginario

Tipo: novo

Flanarte Flanarte SP - São Paulo
99% Positivas
2488 qualificações
R$ 18,00 + R$ 6,74 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo! ISBN 8585362243 127 págs. ***Sinopse: Um romance, em sua definição mais ampla, é uma impressão direta e pessoal da vida - isso, para começar, constitui seu valor, que é maior ou menor de acordo com a intensidade da impressão. Mas não haverá intensidade alguma, e portanto valor algum, se não houver liberdade para sentir e dizer. (...) A execução pertence apenas ao autor; é o que há de mais pessoal, e o medimos por ela. A vantagem do artista, e seu luxo, assim como seu tormento e sua responsabilidade, é a de que não há limites para o que ele quiser tentar como executante - não há limites para seus possíveis experimentos, esforços, descobertas, conquistas.

A Arte da Ficção

A Arte da Ficção

Ano:   Editora: Imaginario

Tipo: novo

Flanarte Flanarte SP - São Paulo
99% Positivas
2488 qualificações
R$ 18,00 + R$ 6,74 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo! ISBN 8585362243 127 págs. ***Sinopse: Um romance, em sua definição mais ampla, é uma impressão direta e pessoal da vida - isso, para começar, constitui seu valor, que é maior ou menor de acordo com a intensidade da impressão. Mas não haverá intensidade alguma, e portanto valor algum, se não houver liberdade para sentir e dizer. (...) A execução pertence apenas ao autor; é o que há de mais pessoal, e o medimos por ela. A vantagem do artista, e seu luxo, assim como seu tormento e sua responsabilidade, é a de que não há limites para o que ele quiser tentar como executante - não há limites para seus possíveis experimentos, esforços, descobertas, conquistas.

A Arte da Ficção

A Arte da Ficção

Ano:   Editora: Imaginario

Tipo: seminovo/usado

Padula Livros Padula Livros RS - Porto Alegre
99% Positivas
203 qualificações
R$ 19,90 + R$ 7,21 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Brochura. Livro em ótimo estado. Não apresenta rasuras, grifos ou sublinhados. Corte com leves sinais de manuseio. 9a

A Arte da Ficção Capa ilustrativa

A Arte da Ficção

Ano:   Editora: Novo Seculo

Tipo: seminovo/usado

Jean Torres Jean Torres BA - Salvador
100% Positivas
2 qualificações
R$ 20,00 + R$ 7,21 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro em ótimo estado de conservação.

A Arte da Ficção Capa ilustrativa

A Arte da Ficção

Ano:   Editora: Imaginario

Tipo: novo

Buquinar Livros Novos e Usados Buquinar Livros Novos e Usados MG - Belo Horizonte
100% Positivas
41 qualificações
R$ 89,50 + R$ 5,74 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição (1ª Edição) James, Henry, - 1843-1916./ A Arte da Ficção/ Henry James; Seleção, Apresentação: Antonio Paulo Graça; Tradução (de) Daniel Pizza.-- São Paulo: Imaginário, 1995.-- (O Olhar Criador). (Ficção; História e Cítica - Maupassant, Guy de, 1850-1893 - Crítica e Interpretação - Zola, Émile, 1840-01902 - Crítica e interpretação - Ficção; História e crítica - Graça, Antonio Paulo). Notas da dobra (por) Daniel Pizza. Brochura; Formato: 13x21 cm.;127 páginas. (Livro novo, sem uso) "(...) James advogou, como defensor da tradição romanesca do século XIX (a qualreinventou em suas próprias obras, como Retrato de uma Snhora e A Volta do Parafuso), é sua grande herança crítica. Ele forjou a consciência da prosa e da ficção para o século XX..."- D. P.

Avaliações do livro

Ainda não há avaliações para este título, seja o primeiro a avaliar.

Avalie o livro