A Compra Garantida Estante Virtual é uma garantia de que você receberá a encomenda ou o reembolso do valor da sua compra. Saiba mais aqui.

  • 1.350 sebos e livreiros
  • Qualificações positivas dos livreiros
  • Maior acervo do mundo em língua portuguesa
filtros
O Rio da Prata e a Consolidacao do Estado Imperial Capa ilustrativa

O rio da prata e a consolidacao do estado imperial

Gabriela Nunes Ferreira

Estatísticas de venda deste livro

Último vendido Nos últimos 3 meses
Vendidos
Preço médio R$ " + data.stats.mean + "
Menor preço R$ " + data.stats.min + "
Maior preço R$ " + data.stats.max + "

Esta informação aparece apenas para usuários logados como livreiros.

O Rio da Prata e a Consolidação do Estado Imperial

Capa ilustrativa

O Rio da Prata e a Consolidação do Estado Imperial

Capa ilustrativa
Exibindo todas as publicações encontradas. Filtre pelas mais recentesRemover filtro
O Rio da Prata e a Consolidação do Estado Imperial Capa ilustrativa

O Rio da Prata e a Consolidação do Estado Imperial

Ano:   Editora: Hucitec

Tipo: seminovo/usado

Sebo Quixote Belenzinho Sebo Quixote Belenzinho SP - São Paulo
97% Positivas
328 qualificações
R$ 26,91 + R$ 8,21 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro em estado de seminovo, capa mole, miolo firme, paginas sem grifos ou anotações, porem com carimbo de cortesia da editora 240 pgs

O Rio da Prata e a Consolidação do Estado Imperial Capa ilustrativa

O Rio da Prata e a Consolidação do Estado Imperial

Ano:   Editora: Hucitec

Tipo: novo

Flanarte Flanarte SP - São Paulo
99% Positivas
2294 qualificações
R$ 27,20 + R$ 8,21 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo. 240p. 14x21 Sinopse: Em meados do século XIX, o Brasil estava mais adiantado em seu processo de construção nacional do que seus vizinhos do Rio da Prata. Podia-se, em 1850, falar na existência de um Estado imperial - unitário, monárquico e socialmente calcado na escravidão. Mas em alguns importantes aspectos esse Estado era ainda vulnerável; um dos obstáculos 'a sua consolidação estava na permanência da incerteza quanto ao desenho polítco e territorial definitivo da região platina, cujos conflitos adentravam o território brasileiro através das fronteiras abertas. Partindo de uma análise do processo de formação do Estado nacional no Brasil e nas Repúblicas do Prata - envolvendo, aqui e lá, um confronto entre diversos 'projetos nacionais' - este livro dá enfase a um dos momentos em que os vários processos se cruzam - a intervenção militar e diplomática levada a cabo pelo Brasil, a partir de 1850, na Argentina e no Uruguai. O que estava em jogo, ali, era a consolidação do Estado brasileiro não só do ponto de vista da soberania externa, mas ainda do de sua soberania interna.

O Rio da Prata e a Consolidação do Estado Imperial Capa ilustrativa

O Rio da Prata e a Consolidação do Estado Imperial

Ano:   Editora: Hucitec

Tipo: novo

Flanarte Flanarte SP - São Paulo
99% Positivas
2294 qualificações
R$ 27,20 + R$ 8,21 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo. 240p. 14x21 Sinopse: Em meados do século XIX, o Brasil estava mais adiantado em seu processo de construção nacional do que seus vizinhos do Rio da Prata. Podia-se, em 1850, falar na existência de um Estado imperial - unitário, monárquico e socialmente calcado na escravidão. Mas em alguns importantes aspectos esse Estado era ainda vulnerável; um dos obstáculos 'a sua consolidação estava na permanência da incerteza quanto ao desenho polítco e territorial definitivo da região platina, cujos conflitos adentravam o território brasileiro através das fronteiras abertas. Partindo de uma análise do processo de formação do Estado nacional no Brasil e nas Repúblicas do Prata - envolvendo, aqui e lá, um confronto entre diversos 'projetos nacionais' - este livro dá enfase a um dos momentos em que os vários processos se cruzam - a intervenção militar e diplomática levada a cabo pelo Brasil, a partir de 1850, na Argentina e no Uruguai. O que estava em jogo, ali, era a consolidação do Estado brasileiro não só do ponto de vista da soberania externa, mas ainda do de sua soberania interna.

O Rio da Prata e a Consolidação do Estado Imperial Capa ilustrativa

O Rio da Prata e a Consolidação do Estado Imperial

Ano:   Editora: Hucitec

Tipo: novo

Flanarte Flanarte SP - São Paulo
99% Positivas
2294 qualificações
R$ 27,20 + R$ 8,21 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo. 240p. 14x21 Sinopse: Em meados do século XIX, o Brasil estava mais adiantado em seu processo de construção nacional do que seus vizinhos do Rio da Prata. Podia-se, em 1850, falar na existência de um Estado imperial - unitário, monárquico e socialmente calcado na escravidão. Mas em alguns importantes aspectos esse Estado era ainda vulnerável; um dos obstáculos 'a sua consolidação estava na permanência da incerteza quanto ao desenho polítco e territorial definitivo da região platina, cujos conflitos adentravam o território brasileiro através das fronteiras abertas. Partindo de uma análise do processo de formação do Estado nacional no Brasil e nas Repúblicas do Prata - envolvendo, aqui e lá, um confronto entre diversos 'projetos nacionais' - este livro dá enfase a um dos momentos em que os vários processos se cruzam - a intervenção militar e diplomática levada a cabo pelo Brasil, a partir de 1850, na Argentina e no Uruguai. O que estava em jogo, ali, era a consolidação do Estado brasileiro não só do ponto de vista da soberania externa, mas ainda do de sua soberania interna.

O Rio da Prata e a Consolidação do Estado Imperial Capa ilustrativa

O Rio da Prata e a Consolidação do Estado Imperial

Ano:   Editora: Hucitec

Tipo: novo

Flanarte Flanarte SP - São Paulo
99% Positivas
2294 qualificações
R$ 27,20 + R$ 8,21 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo. 240p. 14x21 Sinopse: Em meados do século XIX, o Brasil estava mais adiantado em seu processo de construção nacional do que seus vizinhos do Rio da Prata. Podia-se, em 1850, falar na existência de um Estado imperial - unitário, monárquico e socialmente calcado na escravidão. Mas em alguns importantes aspectos esse Estado era ainda vulnerável; um dos obstáculos 'a sua consolidação estava na permanência da incerteza quanto ao desenho polítco e territorial definitivo da região platina, cujos conflitos adentravam o território brasileiro através das fronteiras abertas. Partindo de uma análise do processo de formação do Estado nacional no Brasil e nas Repúblicas do Prata - envolvendo, aqui e lá, um confronto entre diversos 'projetos nacionais' - este livro dá enfase a um dos momentos em que os vários processos se cruzam - a intervenção militar e diplomática levada a cabo pelo Brasil, a partir de 1850, na Argentina e no Uruguai. O que estava em jogo, ali, era a consolidação do Estado brasileiro não só do ponto de vista da soberania externa, mas ainda do de sua soberania interna.

O Rio da Prata e a Consolidação do Estado Imperial Capa ilustrativa

O Rio da Prata e a Consolidação do Estado Imperial

Ano:   Editora: Hucitec

Tipo: novo

Flanarte Flanarte SP - São Paulo
99% Positivas
2294 qualificações
R$ 27,20 + R$ 8,21 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo. 240p. 14x21 Sinopse: Em meados do século XIX, o Brasil estava mais adiantado em seu processo de construção nacional do que seus vizinhos do Rio da Prata. Podia-se, em 1850, falar na existência de um Estado imperial - unitário, monárquico e socialmente calcado na escravidão. Mas em alguns importantes aspectos esse Estado era ainda vulnerável; um dos obstáculos 'a sua consolidação estava na permanência da incerteza quanto ao desenho polítco e territorial definitivo da região platina, cujos conflitos adentravam o território brasileiro através das fronteiras abertas. Partindo de uma análise do processo de formação do Estado nacional no Brasil e nas Repúblicas do Prata - envolvendo, aqui e lá, um confronto entre diversos 'projetos nacionais' - este livro dá enfase a um dos momentos em que os vários processos se cruzam - a intervenção militar e diplomática levada a cabo pelo Brasil, a partir de 1850, na Argentina e no Uruguai. O que estava em jogo, ali, era a consolidação do Estado brasileiro não só do ponto de vista da soberania externa, mas ainda do de sua soberania interna.

O Rio da Prata e a Consolidação do Estado Imperial Capa ilustrativa

O Rio da Prata e a Consolidação do Estado Imperial

Ano:   Editora: Hucitec

Tipo: novo

Flanarte Flanarte SP - São Paulo
99% Positivas
2294 qualificações
R$ 27,20 + R$ 8,21 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo. 240p. 14x21 Sinopse: Em meados do século XIX, o Brasil estava mais adiantado em seu processo de construção nacional do que seus vizinhos do Rio da Prata. Podia-se, em 1850, falar na existência de um Estado imperial - unitário, monárquico e socialmente calcado na escravidão. Mas em alguns importantes aspectos esse Estado era ainda vulnerável; um dos obstáculos 'a sua consolidação estava na permanência da incerteza quanto ao desenho polítco e territorial definitivo da região platina, cujos conflitos adentravam o território brasileiro através das fronteiras abertas. Partindo de uma análise do processo de formação do Estado nacional no Brasil e nas Repúblicas do Prata - envolvendo, aqui e lá, um confronto entre diversos 'projetos nacionais' - este livro dá enfase a um dos momentos em que os vários processos se cruzam - a intervenção militar e diplomática levada a cabo pelo Brasil, a partir de 1850, na Argentina e no Uruguai. O que estava em jogo, ali, era a consolidação do Estado brasileiro não só do ponto de vista da soberania externa, mas ainda do de sua soberania interna.

O Rio da Prata e a Consolidação do Estado Imperial Capa ilustrativa

O Rio da Prata e a Consolidação do Estado Imperial

Ano:   Editora: Hucitec

Tipo: novo

Flanarte Flanarte SP - São Paulo
99% Positivas
2294 qualificações
R$ 27,20 + R$ 8,21 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo. 240p. 14x21 Sinopse: Em meados do século XIX, o Brasil estava mais adiantado em seu processo de construção nacional do que seus vizinhos do Rio da Prata. Podia-se, em 1850, falar na existência de um Estado imperial - unitário, monárquico e socialmente calcado na escravidão. Mas em alguns importantes aspectos esse Estado era ainda vulnerável; um dos obstáculos 'a sua consolidação estava na permanência da incerteza quanto ao desenho polítco e territorial definitivo da região platina, cujos conflitos adentravam o território brasileiro através das fronteiras abertas. Partindo de uma análise do processo de formação do Estado nacional no Brasil e nas Repúblicas do Prata - envolvendo, aqui e lá, um confronto entre diversos 'projetos nacionais' - este livro dá enfase a um dos momentos em que os vários processos se cruzam - a intervenção militar e diplomática levada a cabo pelo Brasil, a partir de 1850, na Argentina e no Uruguai. O que estava em jogo, ali, era a consolidação do Estado brasileiro não só do ponto de vista da soberania externa, mas ainda do de sua soberania interna.

O Rio da Prata e a Consolidação do Estado Imperial Capa ilustrativa

O Rio da Prata e a Consolidação do Estado Imperial

Ano:   Editora: Hucitec

Tipo: novo

Flanarte Flanarte SP - São Paulo
99% Positivas
2294 qualificações
R$ 27,20 + R$ 8,21 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo. 240p. 14x21 Sinopse: Em meados do século XIX, o Brasil estava mais adiantado em seu processo de construção nacional do que seus vizinhos do Rio da Prata. Podia-se, em 1850, falar na existência de um Estado imperial - unitário, monárquico e socialmente calcado na escravidão. Mas em alguns importantes aspectos esse Estado era ainda vulnerável; um dos obstáculos 'a sua consolidação estava na permanência da incerteza quanto ao desenho polítco e territorial definitivo da região platina, cujos conflitos adentravam o território brasileiro através das fronteiras abertas. Partindo de uma análise do processo de formação do Estado nacional no Brasil e nas Repúblicas do Prata - envolvendo, aqui e lá, um confronto entre diversos 'projetos nacionais' - este livro dá enfase a um dos momentos em que os vários processos se cruzam - a intervenção militar e diplomática levada a cabo pelo Brasil, a partir de 1850, na Argentina e no Uruguai. O que estava em jogo, ali, era a consolidação do Estado brasileiro não só do ponto de vista da soberania externa, mas ainda do de sua soberania interna.

O Rio da Prata e a Consolidação do Estado Imperial Capa ilustrativa

O Rio da Prata e a Consolidação do Estado Imperial

Ano:   Editora: Hucitec

Tipo: novo

Flanarte Flanarte SP - São Paulo
99% Positivas
2294 qualificações
R$ 27,20 + R$ 8,21 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo. 240p. 14x21 Sinopse: Em meados do século XIX, o Brasil estava mais adiantado em seu processo de construção nacional do que seus vizinhos do Rio da Prata. Podia-se, em 1850, falar na existência de um Estado imperial - unitário, monárquico e socialmente calcado na escravidão. Mas em alguns importantes aspectos esse Estado era ainda vulnerável; um dos obstáculos 'a sua consolidação estava na permanência da incerteza quanto ao desenho polítco e territorial definitivo da região platina, cujos conflitos adentravam o território brasileiro através das fronteiras abertas. Partindo de uma análise do processo de formação do Estado nacional no Brasil e nas Repúblicas do Prata - envolvendo, aqui e lá, um confronto entre diversos 'projetos nacionais' - este livro dá enfase a um dos momentos em que os vários processos se cruzam - a intervenção militar e diplomática levada a cabo pelo Brasil, a partir de 1850, na Argentina e no Uruguai. O que estava em jogo, ali, era a consolidação do Estado brasileiro não só do ponto de vista da soberania externa, mas ainda do de sua soberania interna.

O Rio da Prata e a Consolidação do Estado Imperial Capa ilustrativa

O Rio da Prata e a Consolidação do Estado Imperial

Ano:   Editora: Hucitec

Tipo: novo

Flanarte Flanarte SP - São Paulo
99% Positivas
2294 qualificações
R$ 27,20 + R$ 8,21 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo. 240p. 14x21 Sinopse: Em meados do século XIX, o Brasil estava mais adiantado em seu processo de construção nacional do que seus vizinhos do Rio da Prata. Podia-se, em 1850, falar na existência de um Estado imperial - unitário, monárquico e socialmente calcado na escravidão. Mas em alguns importantes aspectos esse Estado era ainda vulnerável; um dos obstáculos 'a sua consolidação estava na permanência da incerteza quanto ao desenho polítco e territorial definitivo da região platina, cujos conflitos adentravam o território brasileiro através das fronteiras abertas. Partindo de uma análise do processo de formação do Estado nacional no Brasil e nas Repúblicas do Prata - envolvendo, aqui e lá, um confronto entre diversos 'projetos nacionais' - este livro dá enfase a um dos momentos em que os vários processos se cruzam - a intervenção militar e diplomática levada a cabo pelo Brasil, a partir de 1850, na Argentina e no Uruguai. O que estava em jogo, ali, era a consolidação do Estado brasileiro não só do ponto de vista da soberania externa, mas ainda do de sua soberania interna.

Rio da Prata e a Consolidação do Estado Imperial

Rio da Prata e a Consolidação do Estado Imperial

Ano:   Editora: Hucitec

Tipo: novo

Flanarte Flanarte SP - São Paulo
99% Positivas
2294 qualificações
R$ 35,20 + R$ 8,74 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo! N5332. Sinopse: Em meados do século XIX, o Brasil estava mais adiantado em seu processo de construção nacional do que seus vizinhos do Rio da Prata. Podia-se, em 1850, falar na existência de um Estado imperial - unitário, monárquico e socialmente calcado na escravidão. Mas em alguns importantes aspectos esse Estado era ainda vulnerável; um dos obstáculos a sua consolidação estava na permanência da incerteza quanto ao desenho polítco e territorial definitivo da região platina, cujos conflitos adentravam o território brasileiro através das fronteiras abertas. Partindo de uma análise do processo de formação do Estado nacional no Brasil e nas Repúblicas do Prata - envolvendo, aqui e lá, um confronto entre diversos projetos nacionais - este livro dá enfase a um dos momentos em

Rio da Prata e a Consolidação do Estado Imperial

Rio da Prata e a Consolidação do Estado Imperial

Ano:   Editora: Hucitec

Tipo: novo

Flanarte Flanarte SP - São Paulo
99% Positivas
2294 qualificações
R$ 35,20 + R$ 8,74 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo - Sinopse: Em meados do século XIX, o Brasil estava mais adiantado em seu processo de construção nacional do que seus vizinhos do Rio da Prata. Podia-se, em 1850, falar na existência de um Estado imperial - unitário, monárquico e socialmente calcado na escravidão. Mas em alguns importantes aspectos esse Estado era ainda vulnerável; um dos obstáculos a sua consolidação estava na permanência da incerteza quanto ao desenho polítco e territorial definitivo da região platina, cujos conflitos adentravam o território brasileiro através das fronteiras abertas. Partindo de uma análise do processo de formação do Estado nacional no Brasil e nas Repúblicas do Prata - envolvendo, aqui e lá, um confronto entre diversos projetos nacionais - este livro dá enfase a um dos momentos e

Rio da Prata e a Consolidação do Estado Imperial

Rio da Prata e a Consolidação do Estado Imperial

Ano:   Editora: Hucitec

Tipo: novo

Flanarte Flanarte SP - São Paulo
99% Positivas
2294 qualificações
R$ 35,20 + R$ 8,74 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo - Sinopse: Em meados do século XIX, o Brasil estava mais adiantado em seu processo de construção nacional do que seus vizinhos do Rio da Prata. Podia-se, em 1850, falar na existência de um Estado imperial - unitário, monárquico e socialmente calcado na escravidão. Mas em alguns importantes aspectos esse Estado era ainda vulnerável; um dos obstáculos a sua consolidação estava na permanência da incerteza quanto ao desenho polítco e territorial definitivo da região platina, cujos conflitos adentravam o território brasileiro através das fronteiras abertas. Partindo de uma análise do processo de formação do Estado nacional no Brasil e nas Repúblicas do Prata - envolvendo, aqui e lá, um confronto entre diversos projetos nacionais - este livro dá enfase a um dos momentos e

O Rio da Prata e o Consolidação do Estado Imperial Capa ilustrativa

O Rio da Prata e o Consolidação do Estado Imperial

Ano:   Editora: Hucitec

Tipo: novo

Livreiro dos Araças Livreiro dos Araças SP - Araçatuba
100% Positivas
591 qualificações
R$ 36,00 + R$ 9,63 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro Novo. B. 1212. 31. Embalado em Filme de PVC. Com 239 páginas limpas e claras. Formato: 14x21. Sinopse por Livreiro dos Araçás. ISBN: 9788527106979. Em meados do século XIX, o Brasil estava mais adiantado em seu processo de construção nacional do que seus vizinhos do Rio da Prata. Podia-se, em 1850, falar na existência de um Estado imperial - unitário, monárquico e socialmente calcado na escravidão. Partindo de uma análise do processo de formação do Estado nacional no Brasil e nas Repúblicas do Prata - envolvendo, aqui e lá, um confronto entre diversos "projetos nacionais" - este livro dá enfase a um dos momentos em que os vários processos se cruzam: a intervenção militar e diplomática levada a cabo pelo Brasil, a partir de 1850, na Argentina e no Uruguai.

O Rio da Prata e o Consolidação do Estado Imperial Capa ilustrativa

O Rio da Prata e o Consolidação do Estado Imperial

Ano:   Editora: Hucitec

Tipo: novo

Livreiro dos Araças Livreiro dos Araças SP - Araçatuba
100% Positivas
591 qualificações
R$ 36,00 + R$ 9,63 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro Novo. B. 1212. 31. Embalado em Filme de PVC. Com 239 páginas limpas e claras. Formato: 14x21. Sinopse por Livreiro dos Araçás. ISBN: 9788527106979. Em meados do século XIX, o Brasil estava mais adiantado em seu processo de construção nacional do que seus vizinhos do Rio da Prata. Podia-se, em 1850, falar na existência de um Estado imperial - unitário, monárquico e socialmente calcado na escravidão. Partindo de uma análise do processo de formação do Estado nacional no Brasil e nas Repúblicas do Prata - envolvendo, aqui e lá, um confronto entre diversos "projetos nacionais" - este livro dá enfase a um dos momentos em que os vários processos se cruzam: a intervenção militar e diplomática levada a cabo pelo Brasil, a partir de 1850, na Argentina e no Uruguai.

O Rio da Prata e o Consolidação do Estado Imperial Capa ilustrativa

O Rio da Prata e o Consolidação do Estado Imperial

Ano:   Editora: Hucitec

Tipo: novo

Livreiro dos Araças Livreiro dos Araças SP - Araçatuba
100% Positivas
591 qualificações
R$ 36,00 + R$ 9,63 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro Novo. B.1212.31. Embalado em Filme de PVC. Com 239 páginas limpas e claras. Formato: 14x21. Sinopse por Livreiro dos Araçás. ISBN: 9788527106979. Em meados do século XIX, o Brasil estava mais adiantado em seu processo de construção nacional do que seus vizinhos do Rio da Prata. Podia-se, em 1850, falar na existência de um Estado imperial - unitário, monárquico e socialmente calcado na escravidão. Partindo de uma análise do processo de formação do Estado nacional no Brasil e nas Repúblicas do Prata - envolvendo, aqui e lá, um confronto entre diversos projetos nacionais - este livro dá enfase a um dos momentos em que os vários processos se cruzam: a intervenção militar e diplomática levada a cabo pelo Brasil, a partir de 1850, na Argentina e no Uruguai.

Avaliações do livro

Ainda não há avaliações para este título, seja o primeiro a avaliar.

Avalie o livro