A Compra Garantida Estante Virtual é uma garantia de que você receberá a encomenda ou o reembolso do valor da sua compra. Saiba mais aqui.

  • 1.350 sebos e livreiros
  • Qualificações positivas dos livreiros
  • Maior acervo do mundo em língua portuguesa
filtros
Antropologia Cultural Capa ilustrativa

Antropologia Cultural

Franz Boas

Antropologia Cultural é o primeiro livro publicado no Brasil com textos de Franz Boas, um dos mais importantes antropólogos de todos os tempos. Ele foi o fundador da moderna antropologia cultural, que contrapunha as teorias evolucionistas e racistas ainda dominantes no início do século XX a uma perspectiva relativizadora, centrada na noção de cultura. Foi também um dos pioneiros da pesquisa de campo como método privilegiado para o estudo das diferentes culturas. Nascido na Alemanha em 1858, Boas mudou-se para os Estados Unidos em 1886, onde passou a atuar tanto na pesquisa quanto no ensino da antropologia. Também desempenhou um papel público importante na luta contra o racismo e a favor da liberdade intelectual. Formou uma importante geração de antropólogos americanos, como Alfred Kroeber, Edward Sapir, Robert Lowie, Ruth Benedict, Margaret Mead e Melville Herskovitz. A influência de suas idéias fez-se sentir no Brasil principalmente na obra de Gilberto Freyre, que afirmou, no prefácio do clássico Casa-grande & senzala, de 1933, que a obra de Boas o ajudara a se libertar da visão negativa sobre a mestiçagem, então considerada um problema da formação social brasileira. Os cinco ensaios traduzidos em Antropologia Cultural fazem parte da coletânea Race, Language and Culture, organizada pelo próprio Boas e publicada em 1940, dois anos antes de sua morte. "Certamente trata-se de um livro que será de grande utilidade, não só pela importância dos textos na história da antropologia, mas sobretudo como conjunto de reflexões de grande atualidade para a ciência social contemporânea." Gilberto Velho, diretor da coleção Antropologia Social, no texto de orelha de Antropologia Cultural Fechar Ler mais

Antropologia Cultural é o primeiro livro publicado no Brasil com textos de Franz Boas, um dos mais importantes antropólogos de todos os tempos. Ele foi o fundador da moderna antropologia cultural, que contrapunha as teorias evolucionistas e racistas ainda dominantes no início do século XX a uma perspectiva relativizadora, centrada na noção de cultura. Foi também um dos pioneiros da pesquisa de campo como método privilegiado para o estudo das diferentes culturas. Nascido na Alemanha em 1858, Boas mudou-se para os Estados Unidos em 1886, onde passou a atuar tanto na pesquisa quanto no ensino da antropologia. Também desempenhou um papel público importante na luta contra o racismo e a favor da liberdade intelectual. Formou uma importante geração de antropólogos americanos, como Alfred Kroeber, Edward Sapir, Robert Lowie, Ruth Benedict, Margaret Mead e Melville Herskovitz. A influência de suas idéias fez-se sentir no Brasil principalmente na obra de Gilberto Freyre, que afirmou, no prefácio do clássico Casa-grande & senzala, de 1933, que a obra de Boas o ajudara a se libertar da visão negativa sobre a mestiçagem, então considerada um problema da formação social brasileira. Os cinco ensaios traduzidos em Antropologia Cultural fazem parte da coletânea Race, Language and Culture, organizada pelo próprio Boas e publicada em 1940, dois anos antes de sua morte. "Certamente trata-se de um livro que será de grande utilidade, não só pela importância dos textos na história da antropologia, mas sobretudo como conjunto de reflexões de grande atualidade para a ciência social contemporânea." Gilberto Velho, diretor da coleção Antropologia Social, no texto de orelha de Antropologia Cultural Fechar Ler mais

Estatísticas de venda deste livro

Último vendido Nos últimos 3 meses
Vendidos
Preço médio R$ " + data.stats.mean + "
Menor preço R$ " + data.stats.min + "
Maior preço R$ " + data.stats.max + "

Esta informação aparece apenas para usuários logados como livreiros.

ANTROPOLOGIA CULTURAL

Capa ilustrativa

ANTROPOLOGIA CULTURAL

Capa ilustrativa
ANTROPOLOGIA CULTURAL Capa ilustrativa

ANTROPOLOGIA CULTURAL

Ano:   Editora: Jorge Zahar

Tipo: novo

B2C2 Livros B2C2 Livros SP - São Paulo
97% Positivas
1922 qualificações
R$ 36,43 + R$ 6,21 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo comprado junto a Editora

ANTROPOLOGIA CULTURAL Capa ilustrativa

ANTROPOLOGIA CULTURAL

Ano:   Editora: Jorge Zahar

Tipo: novo

B2C2 Livros B2C2 Livros SP - São Paulo
97% Positivas
1922 qualificações
R$ 36,43 + R$ 6,21 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo comprado junto a Editora

Antropologia Cultural

Antropologia Cultural

Ano:   Editora: Zahar

Tipo: seminovo/usado

Aleph Virtual Aleph Virtual PR - Curitiba
100% Positivas
88 qualificações
R$ 38,00 + R$ 6,74 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Usado, ótimo estado.

Antropologia Cultural

Antropologia Cultural

Ano:   Editora: Jorge Zahar

Tipo: novo

Opção Livraria Opção Livraria GO - Anápolis
98% Positivas
90 qualificações
R$ 42,90 + R$ 5,74 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição livro novo

Antropologia Cultural

Antropologia Cultural

Ano:   Editora: Jorge Zahar

Tipo: novo

Opção Livraria Opção Livraria GO - Anápolis
98% Positivas
90 qualificações
R$ 42,90 + R$ 5,74 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição livro novo

ANTROPOLOGIA CULTURAL Capa ilustrativa

ANTROPOLOGIA CULTURAL

Ano:   Editora: Jorge Zahar

Tipo: novo

Livraria Livros e Livros Livraria Livros e Livros SC - Florianópolis
99% Positivas
640 qualificações
R$ 44,91 + R$ 11,79 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição SKU: L55267923 Sinopse: Antropologia Cultural é o primeiro livro publicado no Brasil com textos de Franz Boas, um dos mais importantes antropólogos de todos os tempos. Ele foi o fundador da moderna antropologia cultural, que contrapunha as teorias evolucionistas e racistas ainda dominantes no início do século XX a uma perspectiva relativizadora, centrada na noção de cultura. Foi também um dos pioneiros da pesquisa de campo como método privilegiado para o estudo das diferentes culturas. Nascido na Alemanha em 1858, Boas mudou-se para os Estados Unidos em 1886, onde passou a atuar tanto na pesquisa quanto no ensino da antropologia. Também desempenhou um papel público importante na luta contra o racismo e a favor da liberdade intelectual. Formou uma importante geração de antropólogos americanos, como Alfred Kroeber, Edward Sapir, Robert Lowie, Ruth Benedict, Margaret Mead e Melville Herskovitz. A influência de suas idéias fez-se sentir no Brasil principalmente na obra de Gilberto Freyre, que afirmou, no prefácio do clássico Casa-grande & senzala, de 1933, que a obra de Boas o ajudara a se libertar da visão negativa sobre a mestiçagem, então considerada um problema da formação social brasileira. Os cinco ensaios traduzidos em Antropologia Cultural fazem parte da coletânea Race, Language and Culture, organizada pelo próprio Boas e publicada em 1940, dois anos antes de sua morte.

ANTROPOLOGIA CULTURAL Capa ilustrativa

ANTROPOLOGIA CULTURAL

Ano:   Editora: Jorge Zahar

Tipo: novo

Livraria Livros e Livros Livraria Livros e Livros SC - Florianópolis
99% Positivas
640 qualificações
R$ 44,91 + R$ 11,79 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição SKU: L55267923 Sinopse: Antropologia Cultural é o primeiro livro publicado no Brasil com textos de Franz Boas, um dos mais importantes antropólogos de todos os tempos. Ele foi o fundador da moderna antropologia cultural, que contrapunha as teorias evolucionistas e racistas ainda dominantes no início do século XX a uma perspectiva relativizadora, centrada na noção de cultura. Foi também um dos pioneiros da pesquisa de campo como método privilegiado para o estudo das diferentes culturas. Nascido na Alemanha em 1858, Boas mudou-se para os Estados Unidos em 1886, onde passou a atuar tanto na pesquisa quanto no ensino da antropologia. Também desempenhou um papel público importante na luta contra o racismo e a favor da liberdade intelectual. Formou uma importante geração de antropólogos americanos, como Alfred Kroeber, Edward Sapir, Robert Lowie, Ruth Benedict, Margaret Mead e Melville Herskovitz. A influência de suas idéias fez-se sentir no Brasil principalmente na obra de Gilberto Freyre, que afirmou, no prefácio do clássico Casa-grande & senzala, de 1933, que a obra de Boas o ajudara a se libertar da visão negativa sobre a mestiçagem, então considerada um problema da formação social brasileira. Os cinco ensaios traduzidos em Antropologia Cultural fazem parte da coletânea Race, Language and Culture, organizada pelo próprio Boas e publicada em 1940, dois anos antes de sua morte.

ANTROPOLOGIA CULTURAL Capa ilustrativa

ANTROPOLOGIA CULTURAL

Ano:   Editora: Jorge Zahar

Tipo: novo

Livraria Livros e Livros Livraria Livros e Livros SC - Florianópolis
99% Positivas
640 qualificações
R$ 44,91 + R$ 11,79 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição SKU: L55267923 Sinopse: Antropologia Cultural é o primeiro livro publicado no Brasil com textos de Franz Boas, um dos mais importantes antropólogos de todos os tempos. Ele foi o fundador da moderna antropologia cultural, que contrapunha as teorias evolucionistas e racistas ainda dominantes no início do século XX a uma perspectiva relativizadora, centrada na noção de cultura. Foi também um dos pioneiros da pesquisa de campo como método privilegiado para o estudo das diferentes culturas. Nascido na Alemanha em 1858, Boas mudou-se para os Estados Unidos em 1886, onde passou a atuar tanto na pesquisa quanto no ensino da antropologia. Também desempenhou um papel público importante na luta contra o racismo e a favor da liberdade intelectual. Formou uma importante geração de antropólogos americanos, como Alfred Kroeber, Edward Sapir, Robert Lowie, Ruth Benedict, Margaret Mead e Melville Herskovitz. A influência de suas idéias fez-se sentir no Brasil principalmente na obra de Gilberto Freyre, que afirmou, no prefácio do clássico Casa-grande & senzala, de 1933, que a obra de Boas o ajudara a se libertar da visão negativa sobre a mestiçagem, então considerada um problema da formação social brasileira. Os cinco ensaios traduzidos em Antropologia Cultural fazem parte da coletânea Race, Language and Culture, organizada pelo próprio Boas e publicada em 1940, dois anos antes de sua morte.

ANTROPOLOGIA CULTURAL Capa ilustrativa

ANTROPOLOGIA CULTURAL

Ano:   Editora: Jorge Zahar

Tipo: novo

Livraria Livros e Livros Livraria Livros e Livros SC - Florianópolis
99% Positivas
640 qualificações
R$ 44,91 + R$ 11,79 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição SKU: L55267923 Sinopse: Antropologia Cultural é o primeiro livro publicado no Brasil com textos de Franz Boas, um dos mais importantes antropólogos de todos os tempos. Ele foi o fundador da moderna antropologia cultural, que contrapunha as teorias evolucionistas e racistas ainda dominantes no início do século XX a uma perspectiva relativizadora, centrada na noção de cultura. Foi também um dos pioneiros da pesquisa de campo como método privilegiado para o estudo das diferentes culturas. Nascido na Alemanha em 1858, Boas mudou-se para os Estados Unidos em 1886, onde passou a atuar tanto na pesquisa quanto no ensino da antropologia. Também desempenhou um papel público importante na luta contra o racismo e a favor da liberdade intelectual. Formou uma importante geração de antropólogos americanos, como Alfred Kroeber, Edward Sapir, Robert Lowie, Ruth Benedict, Margaret Mead e Melville Herskovitz. A influência de suas idéias fez-se sentir no Brasil principalmente na obra de Gilberto Freyre, que afirmou, no prefácio do clássico Casa-grande & senzala, de 1933, que a obra de Boas o ajudara a se libertar da visão negativa sobre a mestiçagem, então considerada um problema da formação social brasileira. Os cinco ensaios traduzidos em Antropologia Cultural fazem parte da coletânea Race, Language and Culture, organizada pelo próprio Boas e publicada em 1940, dois anos antes de sua morte.

ANTROPOLOGIA CULTURAL Capa ilustrativa

ANTROPOLOGIA CULTURAL

Ano:   Editora: Jorge Zahar

Tipo: novo

Livraria Livros e Livros Livraria Livros e Livros SC - Florianópolis
99% Positivas
640 qualificações
R$ 44,91 + R$ 11,79 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição SKU: L55267923 Sinopse: Antropologia Cultural é o primeiro livro publicado no Brasil com textos de Franz Boas, um dos mais importantes antropólogos de todos os tempos. Ele foi o fundador da moderna antropologia cultural, que contrapunha as teorias evolucionistas e racistas ainda dominantes no início do século XX a uma perspectiva relativizadora, centrada na noção de cultura. Foi também um dos pioneiros da pesquisa de campo como método privilegiado para o estudo das diferentes culturas. Nascido na Alemanha em 1858, Boas mudou-se para os Estados Unidos em 1886, onde passou a atuar tanto na pesquisa quanto no ensino da antropologia. Também desempenhou um papel público importante na luta contra o racismo e a favor da liberdade intelectual. Formou uma importante geração de antropólogos americanos, como Alfred Kroeber, Edward Sapir, Robert Lowie, Ruth Benedict, Margaret Mead e Melville Herskovitz. A influência de suas idéias fez-se sentir no Brasil principalmente na obra de Gilberto Freyre, que afirmou, no prefácio do clássico Casa-grande & senzala, de 1933, que a obra de Boas o ajudara a se libertar da visão negativa sobre a mestiçagem, então considerada um problema da formação social brasileira. Os cinco ensaios traduzidos em Antropologia Cultural fazem parte da coletânea Race, Language and Culture, organizada pelo próprio Boas e publicada em 1940, dois anos antes de sua morte.

ANTROPOLOGIA CULTURAL Capa ilustrativa

ANTROPOLOGIA CULTURAL

Ano:   Editora: Jorge Zahar

Tipo: novo

Livraria Livros e Livros Livraria Livros e Livros SC - Florianópolis
99% Positivas
640 qualificações
R$ 44,91 + R$ 11,79 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição SKU: L55267923 Sinopse: Antropologia Cultural é o primeiro livro publicado no Brasil com textos de Franz Boas, um dos mais importantes antropólogos de todos os tempos. Ele foi o fundador da moderna antropologia cultural, que contrapunha as teorias evolucionistas e racistas ainda dominantes no início do século XX a uma perspectiva relativizadora, centrada na noção de cultura. Foi também um dos pioneiros da pesquisa de campo como método privilegiado para o estudo das diferentes culturas. Nascido na Alemanha em 1858, Boas mudou-se para os Estados Unidos em 1886, onde passou a atuar tanto na pesquisa quanto no ensino da antropologia. Também desempenhou um papel público importante na luta contra o racismo e a favor da liberdade intelectual. Formou uma importante geração de antropólogos americanos, como Alfred Kroeber, Edward Sapir, Robert Lowie, Ruth Benedict, Margaret Mead e Melville Herskovitz. A influência de suas idéias fez-se sentir no Brasil principalmente na obra de Gilberto Freyre, que afirmou, no prefácio do clássico Casa-grande & senzala, de 1933, que a obra de Boas o ajudara a se libertar da visão negativa sobre a mestiçagem, então considerada um problema da formação social brasileira. Os cinco ensaios traduzidos em Antropologia Cultural fazem parte da coletânea Race, Language and Culture, organizada pelo próprio Boas e publicada em 1940, dois anos antes de sua morte.

ANTROPOLOGIA CULTURAL Capa ilustrativa

ANTROPOLOGIA CULTURAL

Ano:   Editora: Jorge Zahar

Tipo: novo

Livraria Livros e Livros Livraria Livros e Livros SC - Florianópolis
99% Positivas
640 qualificações
R$ 44,91 + R$ 11,79 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição SKU: L55267923 Sinopse: Antropologia Cultural é o primeiro livro publicado no Brasil com textos de Franz Boas, um dos mais importantes antropólogos de todos os tempos. Ele foi o fundador da moderna antropologia cultural, que contrapunha as teorias evolucionistas e racistas ainda dominantes no início do século XX a uma perspectiva relativizadora, centrada na noção de cultura. Foi também um dos pioneiros da pesquisa de campo como método privilegiado para o estudo das diferentes culturas. Nascido na Alemanha em 1858, Boas mudou-se para os Estados Unidos em 1886, onde passou a atuar tanto na pesquisa quanto no ensino da antropologia. Também desempenhou um papel público importante na luta contra o racismo e a favor da liberdade intelectual. Formou uma importante geração de antropólogos americanos, como Alfred Kroeber, Edward Sapir, Robert Lowie, Ruth Benedict, Margaret Mead e Melville Herskovitz. A influência de suas idéias fez-se sentir no Brasil principalmente na obra de Gilberto Freyre, que afirmou, no prefácio do clássico Casa-grande & senzala, de 1933, que a obra de Boas o ajudara a se libertar da visão negativa sobre a mestiçagem, então considerada um problema da formação social brasileira. Os cinco ensaios traduzidos em Antropologia Cultural fazem parte da coletânea Race, Language and Culture, organizada pelo próprio Boas e publicada em 1940, dois anos antes de sua morte.

Antropologia Cultural

Antropologia Cultural

Ano:   Editora: Zahar

Tipo: novo

Livraria Vertov Livraria Vertov PR - Curitiba
100% Positivas
75 qualificações
R$ 49,00 + R$ 6,74 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo. 'Antropologia cultural' pretende trazer textos de Franz Boas, tido como o fundador da moderna antropologia cultural, que contrapunha as teorias evolucionistas e racistas ainda dominantes no início do século XX a uma perspectiva relativizadora, centrada na noção de cultura. Os cinco ensaios traduzidos em 'Antropologia Cultural' fazem parte da coletânea 'Race, Language and Culture', organizada pelo próprio Franz Boas e publicada em 1940, dois anos antes de sua morte.

Antropologia Cultural

Antropologia Cultural

Ano:   Editora: Zahar

Tipo: novo

Livraria Vertov Livraria Vertov PR - Curitiba
100% Positivas
75 qualificações
R$ 49,00 + R$ 6,74 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo. 'Antropologia cultural' pretende trazer textos de Franz Boas, tido como o fundador da moderna antropologia cultural, que contrapunha as teorias evolucionistas e racistas ainda dominantes no início do século XX a uma perspectiva relativizadora, centrada na noção de cultura. Os cinco ensaios traduzidos em 'Antropologia Cultural' fazem parte da coletânea 'Race, Language and Culture', organizada pelo próprio Franz Boas e publicada em 1940, dois anos antes de sua morte.

Avaliações do livro

Ainda não há avaliações para este título, seja o primeiro a avaliar.

Avalie o livro