A Compra Garantida Estante Virtual é uma garantia de que você receberá a encomenda ou o reembolso do valor da sua compra. Saiba mais aqui.

  • 1.350 sebos e livreiros
  • Qualificações positivas dos livreiros
  • Maior acervo do mundo em língua portuguesa
filtros
Etica do Estrangeiro Capa ilustrativa

Ética do Estrangeiro

François Laruelle

Uma renovação da ética impõe-se na sequência das conjunturas do mal que constituíram o século XX. Elas produziram três conceitos insolúveis nos termos teóricos e práticos actuais, o do "crime contra a humanidade", o dos "direitos do homem", finalmente o da "clonagem humana". Eles exigem uma nova ideia do homem cujas desventuras recentes não receberam a ética que merecem. Como fazer justiça aos seus conceitos, a não ser tomando o homem como vítima por definição? Mas uma vítima que, para ser a das éticas filosóficas, isto é, do Mundo, a dos fortes, dos poderosos e dos felizes que pretendem defender os seus "direitos" e falar em seu nome, é mais radicalmente a causa capaz de pronunciar a sua incriminação e de decidir sobre o seu uso finalmente universal. A vítima não é amada pelos heróis-filósofos que a acham "impossível" e desprezam secretamente a sua heresia, mas a heresia da vítima invalida a ética. Quatro conceitos sustentam esta reformulação da ética e formam a base de uma prática "não-ética". Trata-se da infelicidade radical (solidão-sem-mundo ou não-consistência do homem) como causa real da não-ética. Da ética-mundo (as éticas filosóficas, da metafísica dos costumes ao seu declínio eto-tecno-lógico) como objecto dessa prática. Do Estrangeiro (no modo do qual existe o sujeito determinado pela infelicidade) como definição universal do homem. Do Próximo (o sujeito concreto ou a vítima, ainda designada como Esse-homem- -que-aqui-está) cuja existência performa a interdição de matar. Da causa da vítima à vítima como causa, a não-ética apresenta-se como a teoria e a prática unificadas das éticas gregas (Platão), judia (Lévinas) e cristã (Kant). Da vítima à heresia... uma "herética"? FRANÇOIS LARUELLE, doutor em Filosofia, é professor de Filosofia e de História da Filosofia Contemporânea na Universidade de Paris X-Nanterre. Fechar Ler mais

Uma renovação da ética impõe-se na sequência das conjunturas do mal que constituíram o século XX. Elas produziram três conceitos insolúveis nos termos teóricos e práticos actuais, o do "crime contra a humanidade", o dos "direitos do homem", finalmente o da "clonagem humana". Eles exigem uma nova ideia do homem cujas desventuras recentes não receberam a ética que merecem. Como fazer justiça aos seus conceitos, a não ser tomando o homem como vítima por definição? Mas uma vítima que, para ser a das éticas filosóficas, isto é, do Mundo, a dos fortes, dos poderosos e dos felizes que pretendem defender os seus "direitos" e falar em seu nome, é mais radicalmente a causa capaz de pronunciar a sua incriminação e de decidir sobre o seu uso finalmente universal. A vítima não é amada pelos heróis-filósofos que a acham "impossível" e desprezam secretamente a sua heresia, mas a heresia da vítima invalida a ética. Quatro conceitos sustentam esta reformulação da ética e formam a base de uma prática "não-ética". Trata-se da infelicidade radical (solidão-sem-mundo ou não-consistência do homem) como causa real da não-ética. Da ética-mundo (as éticas filosóficas, da metafísica dos costumes ao seu declínio eto-tecno-lógico) como objecto dessa prática. Do Estrangeiro (no modo do qual existe o sujeito determinado pela infelicidade) como definição universal do homem. Do Próximo (o sujeito concreto ou a vítima, ainda designada como Esse-homem- -que-aqui-está) cuja existência performa a interdição de matar. Da causa da vítima à vítima como causa, a não-ética apresenta-se como a teoria e a prática unificadas das éticas gregas (Platão), judia (Lévinas) e cristã (Kant). Da vítima à heresia... uma "herética"? FRANÇOIS LARUELLE, doutor em Filosofia, é professor de Filosofia e de História da Filosofia Contemporânea na Universidade de Paris X-Nanterre. Fechar Ler mais

Estatísticas de venda deste livro

Último vendido Nos últimos 3 meses
Vendidos
Preço médio R$ " + data.stats.mean + "
Menor preço R$ " + data.stats.min + "
Maior preço R$ " + data.stats.max + "

Esta informação aparece apenas para usuários logados como livreiros.

Ética do estrangeiro: do crime contra a humanidade

Ética do estrangeiro: do crime contra a humanidade

Exibindo todas as publicações encontradas. Filtre pelas mais recentesRemover filtro
Ética do estrangeiro: do crime contra a humanidade

Ética do estrangeiro: do crime contra a humanidade

Ano:   Editora: Instituto Piaget

Tipo: seminovo/usado

Balaio Digital Balaio Digital RS - Porto Alegre
98% Positivas
764 qualificações
R$ 40,00 + R$ 10,58 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição coleção: Pensamento e Filosofia - Volume 89 - 344 páginas - livro usado - brochura original - em bom estado - sem marcações de qualquer tipo - com assinatura de proprietário anterior - com marca de carimbo de proprietário anterior. #FIL09831

Ética do Estrangeiro - Do Crime Contra a Humanidade

Ética do Estrangeiro - Do Crime Contra a Humanidade

Ano:   Editora: Instituto Piaget

Tipo: novo

Livreiro dos Araças Livreiro dos Araças SP - Araçatuba
100% Positivas
593 qualificações
R$ 41,80 + R$ 10,95 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro Novo. B. 2412. 31. Embalado em Filme de PVC. Com 341 páginas limpas e amareladas. Formato: 16x23. Por Livreiro dos Araçás. ISBN: 9789727715541. Importado de Portugal. Oxidações Esparsas. Uma renovação da ética impõe-se na sequência das conjunturas do mal que constituíram o século XX. Elas produziram três conceitos insolúveis nos termos teóricos e práticos actuais, o do "crime contra a humanidade", o dos "direitos do homem", finalmente o da "clonagem humana". Eles exigem uma nova ideia do homem cujas desventuras recentes não receberam a ética que merecem. Como fazer justiça aos seus conceitos, a não ser tomando o homem como vítima por definição? Mas uma vítima que, para ser a das éticas filosóficas, isto é, do Mundo, a dos fortes...

Ética do Estrangeiro - Do Crime Contra a Humanidade

Ética do Estrangeiro - Do Crime Contra a Humanidade

Ano:   Editora: Instituto Piaget

Tipo: novo

Livreiro dos Araças Livreiro dos Araças SP - Araçatuba
100% Positivas
593 qualificações
R$ 41,80 + R$ 10,95 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro Novo. B. 2412. 31. Embalado em Filme de PVC. Com 341 páginas limpas e amareladas. Formato: 16x23. Por Livreiro dos Araçás. ISBN: 9789727715541. Importado de Portugal. Oxidações Esparsas. Uma renovação da ética impõe-se na sequência das conjunturas do mal que constituíram o século XX. Elas produziram três conceitos insolúveis nos termos teóricos e práticos actuais, o do "crime contra a humanidade", o dos "direitos do homem", finalmente o da "clonagem humana". Eles exigem uma nova ideia do homem cujas desventuras recentes não receberam a ética que merecem. Como fazer justiça aos seus conceitos, a não ser tomando o homem como vítima por definição? Mas uma vítima que, para ser a das éticas filosóficas, isto é, do Mundo, a dos fortes...

Ética do Estrangeiro - Do Crime Contra a Humanidade

Ética do Estrangeiro - Do Crime Contra a Humanidade

Ano:   Editora: Instituto Piaget

Tipo: novo

Livreiro dos Araças Livreiro dos Araças SP - Araçatuba
100% Positivas
593 qualificações
R$ 41,80 + R$ 10,95 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro Novo. B. 2412. 31. Embalado em Filme de PVC. Com 341 páginas limpas e amareladas. Formato: 16x23. Por Livreiro dos Araçás. ISBN: 9789727715541. Importado de Portugal. Oxidações Esparsas. Uma renovação da ética impõe-se na sequência das conjunturas do mal que constituíram o século XX. Elas produziram três conceitos insolúveis nos termos teóricos e práticos actuais, o do "crime contra a humanidade", o dos "direitos do homem", finalmente o da "clonagem humana". Eles exigem uma nova ideia do homem cujas desventuras recentes não receberam a ética que merecem. Como fazer justiça aos seus conceitos, a não ser tomando o homem como vítima por definição? Mas uma vítima que, para ser a das éticas filosóficas, isto é, do Mundo, a dos fortes...

Ética do Estrangeiro - Do Crime Contra a Humanidade

Ética do Estrangeiro - Do Crime Contra a Humanidade

Ano:   Editora: Instituto Piaget

Tipo: novo

Livreiro dos Araças Livreiro dos Araças SP - Araçatuba
100% Positivas
593 qualificações
R$ 41,80 + R$ 10,95 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro Novo. B. 910. 41. Embalado em Filme de PVC. Com 341 páginas limpas e amareladas. Formato: 16x23. Por Livreiro dos Araçás. ISBN: 9789727715541. Importado de Portugal. Oxidações Esparsas. Uma renovação da ética impõe-se na sequência das conjunturas do mal que constituíram o século XX. Elas produziram três conceitos insolúveis nos termos teóricos e práticos actuais, o do "crime contra a humanidade", o dos "direitos do homem", finalmente o da "clonagem humana". Eles exigem uma nova ideia do homem cujas desventuras recentes não receberam a ética que merecem. Como fazer justiça aos seus conceitos, a não ser tomando o homem como vítima por definição? Mas uma vítima que, para ser a das éticas filosóficas, isto é, do Mundo, a dos fortes...

Ética do Estrangeiro: do Crime Contra a Humanidade

Ética do Estrangeiro: do Crime Contra a Humanidade

Ano:   Editora: Instituto Piaget

Tipo: seminovo/usado

Anaterra Livros Anaterra Livros RS - Santa Maria
100% Positivas
88 qualificações
R$ 50,00 + R$ 9,63 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Brochura com 341 páginas. Livro sem uso, apenas com pigmentações pelo tempo. O livro divide-se em três partes: A infelicidade radical; A ética-mundo; O estrangeiro e o próximo.

Ética do estrangeiro: do crime contra a humanidade

Ética do estrangeiro: do crime contra a humanidade

Ano:   Editora: Instituto Piaget

Tipo: novo

Flanarte Flanarte SP - São Paulo
99% Positivas
2294 qualificações
R$ 52,00 + R$ 9,26 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo!

Ética do Estrangeiro

Ética do Estrangeiro

Ano:   Editora: Instituto Piaget

Tipo: novo

Flanarte Flanarte SP - São Paulo
99% Positivas
2294 qualificações
R$ 57,00 + R$ 10,10 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo, lacrado. Sinopse: Uma renovação da ética impõe-se na sequência das conjunturas do mal que constituíram o século XX. Elas produziram três conceitos insolúveis nos termos teóricos e práticos actuais, o do "crime contra a humanidade", o dos "direitos do homem", finalmente o da "clonagem humana". Eles exigem uma nova ideia do homem cujas desventuras recentes não receberam a ética que merecem. Como fazer justiça aos seus conceitos, a não ser tomando o homem como vítima por definição? Mas uma vítima que, para ser a das éticas filosóficas, isto é, do Mundo, a dos fortes, dos poderosos e dos felizes que pretendem defender os seus "direitos" e falar em seu nome, é mais radicalmente a causa capaz de pronunciar a sua incriminação e de de

Ética do Estrangeiro

Ética do Estrangeiro

Ano:   Editora: Instituto Piaget

Tipo: novo

Flanarte Flanarte SP - São Paulo
99% Positivas
2294 qualificações
R$ 57,00 + R$ 10,10 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo, lacrado. Sinopse: Uma renovação da ética impõe-se na sequência das conjunturas do mal que constituíram o século XX. Elas produziram três conceitos insolúveis nos termos teóricos e práticos actuais, o do "crime contra a humanidade", o dos "direitos do homem", finalmente o da "clonagem humana". Eles exigem uma nova ideia do homem cujas desventuras recentes não receberam a ética que merecem. Como fazer justiça aos seus conceitos, a não ser tomando o homem como vítima por definição? Mas uma vítima que, para ser a das éticas filosóficas, isto é, do Mundo, a dos fortes, dos poderosos e dos felizes que pretendem defender os seus "direitos" e falar em seu nome, é mais radicalmente a causa capaz de pronunciar a sua incriminação e de de

Ética do estrangeiro: do Crime contra a humanidade

Ética do estrangeiro: do Crime contra a humanidade

Ano:   Editora: Instituto Piaget

Tipo: novo

Flanarte Flanarte SP - São Paulo
99% Positivas
2294 qualificações
R$ 58,00 + R$ 9,63 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro Novo!

Ética do estrangeiro: do Crime contra a humanidade

Ética do estrangeiro: do Crime contra a humanidade

Ano:   Editora: Instituto Piaget

Tipo: novo

Flanarte Flanarte SP - São Paulo
99% Positivas
2294 qualificações
R$ 58,00 + R$ 9,63 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro Novo!

Ética do Estrangeiro

Ética do Estrangeiro

Ano:   Editora: Instituto Piaget

Tipo: novo

Flanarte Flanarte SP - São Paulo
99% Positivas
2294 qualificações
R$ 65,10 + R$ 10,10 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo. Sinopse: Uma renovação da ética impõe-se na sequência das conjunturas do mal que constituíram o século XX. Elas produziram três conceitos insolúveis nos termos teóricos e práticos actuais, o do crime contra a humanidade, o dos direitos do homem, finalmente o da clonagem humana. Eles exigem uma nova ideia do homem cujas desventuras recentes não receberam a ética que merecem. Como fazer justiça aos seus conceitos, a não ser tomando o homem como vítima por definição? Mas uma vítima que, para ser a das éticas filosóficas, isto é, do Mundo, a dos fortes, dos poderosos e dos felizes que pretendem defender os seus direitos e falar em seu nome, é mais radicalmente a causa capaz de pronunciar a sua incriminação e de decidir sobre o seu uso finalmente universal. A ví

Ética do Estrangeiro

Ética do Estrangeiro

Ano:   Editora: Instituto Piaget

Tipo: novo

Flanarte Flanarte SP - São Paulo
99% Positivas
2294 qualificações
R$ 65,10 + R$ 10,10 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo. Sinopse: Uma renovação da ética impõe-se na sequência das conjunturas do mal que constituíram o século XX. Elas produziram três conceitos insolúveis nos termos teóricos e práticos actuais, o do crime contra a humanidade, o dos direitos do homem, finalmente o da clonagem humana. Eles exigem uma nova ideia do homem cujas desventuras recentes não receberam a ética que merecem. Como fazer justiça aos seus conceitos, a não ser tomando o homem como vítima por definição? Mas uma vítima que, para ser a das éticas filosóficas, isto é, do Mundo, a dos fortes, dos poderosos e dos felizes que pretendem defender os seus direitos e falar em seu nome, é mais radicalmente a causa capaz de pronunciar a sua incriminação e de decidir sobre o seu uso finalmente universal. A ví

Ética do Estrangeiro

Ética do Estrangeiro

Ano:   Editora: Instituto Piaget

Tipo: novo

Flanarte Flanarte SP - São Paulo
99% Positivas
2294 qualificações
R$ 65,10 + R$ 10,10 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo. Sinopse: Uma renovação da ética impõe-se na sequência das conjunturas do mal que constituíram o século XX. Elas produziram três conceitos insolúveis nos termos teóricos e práticos actuais, o do crime contra a humanidade, o dos direitos do homem, finalmente o da clonagem humana. Eles exigem uma nova ideia do homem cujas desventuras recentes não receberam a ética que merecem. Como fazer justiça aos seus conceitos, a não ser tomando o homem como vítima por definição? Mas uma vítima que, para ser a das éticas filosóficas, isto é, do Mundo, a dos fortes, dos poderosos e dos felizes que pretendem defender os seus direitos e falar em seu nome, é mais radicalmente a causa capaz de pronunciar a sua incriminação e de decidir sobre o seu uso finalmente universal. A ví

Avaliações do livro

Ainda não há avaliações para este título, seja o primeiro a avaliar.

Avalie o livro