A Compra Garantida Estante Virtual é uma garantia de que você receberá a encomenda ou o reembolso do valor da sua compra. Saiba mais aqui.

  • 1.350 sebos e livreiros
  • Qualificações positivas dos livreiros
  • Maior acervo do mundo em língua portuguesa
filtros
Evidencia da Historia o Que os Historiadores Veem Capa ilustrativa

Evidência da História: o Que os Historiadores Veem

François Hartog

A história é feita de evidências. Ela é relatada, escrita. Desde Heródoto, o fazer história é uma questão de olhar e de visão. Ver e dizer, escrever o que se passou e apresentá-la tal como foi vista, à semelhança de um espelho: e é aí que se encontram alguns dos problemas que vêm constituindo a rotina do historiador até os dias atuais.As numerosas reformulações na historiografia moderna prosseguiram nesse trabalho entre as fronteiras do visível e do invisível, com a ambição de obter uma visão real das coisas a partir de um olhar analítico, mais abrangente e profundo. E com o término do século XX, essa intensa evidência da história passa a ser questionada. Que papel cabe, daqui em diante, ao historiador frente ao desafio narrativista, à relevância tanto da testemunha quanto do juiz, no exato momento em que memória e patrimônio se tornaram evidências? Essa e outras questões são analisadas nesta obra escrita por François Hartog, um dos mais importantes historiadores franceses da atualidade. Fechar Ler mais

A história é feita de evidências. Ela é relatada, escrita. Desde Heródoto, o fazer história é uma questão de olhar e de visão. Ver e dizer, escrever o que se passou e apresentá-la tal como foi vista, à semelhança de um espelho: e é aí que se encontram alguns dos problemas que vêm constituindo a rotina do historiador até os dias atuais.As numerosas reformulações na historiografia moderna prosseguiram nesse trabalho entre as fronteiras do visível e do invisível, com a ambição de obter uma visão real das coisas a partir de um olhar analítico, mais abrangente e profundo. E com o término do século XX, essa intensa evidência da história passa a ser questionada. Que papel cabe, daqui em diante, ao historiador frente ao desafio narrativista, à relevância tanto da testemunha quanto do juiz, no exato momento em que memória e patrimônio se tornaram evidências? Essa e outras questões são analisadas nesta obra escrita por François Hartog, um dos mais importantes historiadores franceses da atualidade. Fechar Ler mais

Estatísticas de venda deste livro

Último vendido Nos últimos 3 meses
Vendidos
Preço médio R$ " + data.stats.mean + "
Menor preço R$ " + data.stats.min + "
Maior preço R$ " + data.stats.max + "

Esta informação aparece apenas para usuários logados como livreiros.

Evidência da História o que os Históriadores Veem

Capa ilustrativa

Evidência da História o que os Históriadores Veem

Capa ilustrativa
Exibindo todas as publicações encontradas. Filtre pelas mais recentesRemover filtro
Evidência da História o que os Históriadores Veem Capa ilustrativa

Evidência da História o que os Históriadores Veem

Ano:   Editora: Autentica

Tipo: seminovo/usado

O Gato que Lê O Gato que Lê SP - São Paulo
100% Positivas
138 qualificações
R$ 40,00 + R$ 9,63 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Brochura, Ótimo estado, sem rasuras

Evidência da História: O Que os Historiadores Veem Capa ilustrativa

Evidência da História: O Que os Historiadores Veem

Ano:   Editora: Autentica

Tipo: novo

Flanarte Flanarte SP - São Paulo
98% Positivas
2325 qualificações
R$ 43,92 + R$ 8,21 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo. 288p. 15,5x22,5 Sinopse: A história é feita de evidências. Ela é relatada, escrita. Desde Heródoto, o fazer história é uma questão de olhar e de visão. Ver e dizer, escrever o que se passou e apresentá-la tal como foi vista, à semelhança de um espelho: e é aí que se encontram alguns dos problemas que vêm constituindo a rotina do historiador até os dias atuais. As numerosas reformulações na historiografia moderna prosseguiram nesse trabalho entre as fronteiras do visível e do invisível, com a ambição de obter uma visão real das coisas a partir de um olhar analítico, mais abrangente e profundo. E com o término do século XX, essa intensa evidência da história passa a ser questionada. Que papel cabe, daqui em diante, ao historiador frente ao desafio narrativista, à relevância tanto da testemunha quanto do juiz, no exato momento em que memória e patrimônio se tornaram evidências? Essa e outras questões são analisadas nesta obra escrita por François Hartog, um dos mais importantes historiadores franceses da atualidade.

Evidência da História: O Que os Historiadores Veem Capa ilustrativa

Evidência da História: O Que os Historiadores Veem

Ano:   Editora: Autentica

Tipo: novo

Flanarte Flanarte SP - São Paulo
98% Positivas
2325 qualificações
R$ 43,92 + R$ 8,21 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo. 288p. 15,5x22,5 Sinopse: A história é feita de evidências. Ela é relatada, escrita. Desde Heródoto, o fazer história é uma questão de olhar e de visão. Ver e dizer, escrever o que se passou e apresentá-la tal como foi vista, à semelhança de um espelho: e é aí que se encontram alguns dos problemas que vêm constituindo a rotina do historiador até os dias atuais. As numerosas reformulações na historiografia moderna prosseguiram nesse trabalho entre as fronteiras do visível e do invisível, com a ambição de obter uma visão real das coisas a partir de um olhar analítico, mais abrangente e profundo. E com o término do século XX, essa intensa evidência da história passa a ser questionada. Que papel cabe, daqui em diante, ao historiador frente ao desafio narrativista, à relevância tanto da testemunha quanto do juiz, no exato momento em que memória e patrimônio se tornaram evidências? Essa e outras questões são analisadas nesta obra escrita por François Hartog, um dos mais importantes historiadores franceses da atualidade.

Evidência da História: O Que os Historiadores Veem Capa ilustrativa

Evidência da História: O Que os Historiadores Veem

Ano:   Editora: Autentica

Tipo: novo

Flanarte Flanarte SP - São Paulo
98% Positivas
2325 qualificações
R$ 43,92 + R$ 8,21 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo. 288p. 15,5x22,5 Sinopse: A história é feita de evidências. Ela é relatada, escrita. Desde Heródoto, o fazer história é uma questão de olhar e de visão. Ver e dizer, escrever o que se passou e apresentá-la tal como foi vista, à semelhança de um espelho: e é aí que se encontram alguns dos problemas que vêm constituindo a rotina do historiador até os dias atuais. As numerosas reformulações na historiografia moderna prosseguiram nesse trabalho entre as fronteiras do visível e do invisível, com a ambição de obter uma visão real das coisas a partir de um olhar analítico, mais abrangente e profundo. E com o término do século XX, essa intensa evidência da história passa a ser questionada. Que papel cabe, daqui em diante, ao historiador frente ao desafio narrativista, à relevância tanto da testemunha quanto do juiz, no exato momento em que memória e patrimônio se tornaram evidências? Essa e outras questões são analisadas nesta obra escrita por François Hartog, um dos mais importantes historiadores franceses da atualidade.

Evidência da História: O Que os Historiadores Veem Capa ilustrativa

Evidência da História: O Que os Historiadores Veem

Ano:   Editora: Autentica

Tipo: novo

Flanarte Flanarte SP - São Paulo
98% Positivas
2325 qualificações
R$ 43,92 + R$ 8,21 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo. 288p. 15,5x22,5 Sinopse: A história é feita de evidências. Ela é relatada, escrita. Desde Heródoto, o fazer história é uma questão de olhar e de visão. Ver e dizer, escrever o que se passou e apresentá-la tal como foi vista, à semelhança de um espelho: e é aí que se encontram alguns dos problemas que vêm constituindo a rotina do historiador até os dias atuais. As numerosas reformulações na historiografia moderna prosseguiram nesse trabalho entre as fronteiras do visível e do invisível, com a ambição de obter uma visão real das coisas a partir de um olhar analítico, mais abrangente e profundo. E com o término do século XX, essa intensa evidência da história passa a ser questionada. Que papel cabe, daqui em diante, ao historiador frente ao desafio narrativista, à relevância tanto da testemunha quanto do juiz, no exato momento em que memória e patrimônio se tornaram evidências? Essa e outras questões são analisadas nesta obra escrita por François Hartog, um dos mais importantes historiadores franceses da atualidade.

Evidência da História: O Que os Historiadores Veem Capa ilustrativa

Evidência da História: O Que os Historiadores Veem

Ano:   Editora: Autentica

Tipo: novo

Flanarte Flanarte SP - São Paulo
98% Positivas
2325 qualificações
R$ 43,92 + R$ 8,21 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo. 288p. 15,5x22,5 Sinopse: A história é feita de evidências. Ela é relatada, escrita. Desde Heródoto, o fazer história é uma questão de olhar e de visão. Ver e dizer, escrever o que se passou e apresentá-la tal como foi vista, à semelhança de um espelho: e é aí que se encontram alguns dos problemas que vêm constituindo a rotina do historiador até os dias atuais. As numerosas reformulações na historiografia moderna prosseguiram nesse trabalho entre as fronteiras do visível e do invisível, com a ambição de obter uma visão real das coisas a partir de um olhar analítico, mais abrangente e profundo. E com o término do século XX, essa intensa evidência da história passa a ser questionada. Que papel cabe, daqui em diante, ao historiador frente ao desafio narrativista, à relevância tanto da testemunha quanto do juiz, no exato momento em que memória e patrimônio se tornaram evidências? Essa e outras questões são analisadas nesta obra escrita por François Hartog, um dos mais importantes historiadores franceses da atualidade.

Evidência da História: O Que os Historiadores Veem Capa ilustrativa

Evidência da História: O Que os Historiadores Veem

Ano:   Editora: Autentica

Tipo: novo

Flanarte Flanarte SP - São Paulo
98% Positivas
2325 qualificações
R$ 43,92 + R$ 8,21 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo. 288p. 15,5x22,5 Sinopse: A história é feita de evidências. Ela é relatada, escrita. Desde Heródoto, o fazer história é uma questão de olhar e de visão. Ver e dizer, escrever o que se passou e apresentá-la tal como foi vista, à semelhança de um espelho: e é aí que se encontram alguns dos problemas que vêm constituindo a rotina do historiador até os dias atuais. As numerosas reformulações na historiografia moderna prosseguiram nesse trabalho entre as fronteiras do visível e do invisível, com a ambição de obter uma visão real das coisas a partir de um olhar analítico, mais abrangente e profundo. E com o término do século XX, essa intensa evidência da história passa a ser questionada. Que papel cabe, daqui em diante, ao historiador frente ao desafio narrativista, à relevância tanto da testemunha quanto do juiz, no exato momento em que memória e patrimônio se tornaram evidências? Essa e outras questões são analisadas nesta obra escrita por François Hartog, um dos mais importantes historiadores franceses da atualidade.

Evidência da História: O Que os Historiadores Veem Capa ilustrativa

Evidência da História: O Que os Historiadores Veem

Ano:   Editora: Autentica

Tipo: novo

Flanarte Flanarte SP - São Paulo
98% Positivas
2325 qualificações
R$ 43,92 + R$ 8,21 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo. 288p. 15,5x22,5 Sinopse: A história é feita de evidências. Ela é relatada, escrita. Desde Heródoto, o fazer história é uma questão de olhar e de visão. Ver e dizer, escrever o que se passou e apresentá-la tal como foi vista, à semelhança de um espelho: e é aí que se encontram alguns dos problemas que vêm constituindo a rotina do historiador até os dias atuais. As numerosas reformulações na historiografia moderna prosseguiram nesse trabalho entre as fronteiras do visível e do invisível, com a ambição de obter uma visão real das coisas a partir de um olhar analítico, mais abrangente e profundo. E com o término do século XX, essa intensa evidência da história passa a ser questionada. Que papel cabe, daqui em diante, ao historiador frente ao desafio narrativista, à relevância tanto da testemunha quanto do juiz, no exato momento em que memória e patrimônio se tornaram evidências? Essa e outras questões são analisadas nesta obra escrita por François Hartog, um dos mais importantes historiadores franceses da atualidade.

Evidência da História: O Que os Historiadores Veem Capa ilustrativa

Evidência da História: O Que os Historiadores Veem

Ano:   Editora: Autentica

Tipo: novo

Flanarte Flanarte SP - São Paulo
98% Positivas
2325 qualificações
R$ 43,92 + R$ 8,21 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo. 288p. 15,5x22,5 Sinopse: A história é feita de evidências. Ela é relatada, escrita. Desde Heródoto, o fazer história é uma questão de olhar e de visão. Ver e dizer, escrever o que se passou e apresentá-la tal como foi vista, à semelhança de um espelho: e é aí que se encontram alguns dos problemas que vêm constituindo a rotina do historiador até os dias atuais. As numerosas reformulações na historiografia moderna prosseguiram nesse trabalho entre as fronteiras do visível e do invisível, com a ambição de obter uma visão real das coisas a partir de um olhar analítico, mais abrangente e profundo. E com o término do século XX, essa intensa evidência da história passa a ser questionada. Que papel cabe, daqui em diante, ao historiador frente ao desafio narrativista, à relevância tanto da testemunha quanto do juiz, no exato momento em que memória e patrimônio se tornaram evidências? Essa e outras questões são analisadas nesta obra escrita por François Hartog, um dos mais importantes historiadores franceses da atualidade.

Evidência da História: O Que os Historiadores Veem Capa ilustrativa

Evidência da História: O Que os Historiadores Veem

Ano:   Editora: Autentica

Tipo: novo

Flanarte Flanarte SP - São Paulo
98% Positivas
2325 qualificações
R$ 43,92 + R$ 8,21 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo. 288p. 15,5x22,5 Sinopse: A história é feita de evidências. Ela é relatada, escrita. Desde Heródoto, o fazer história é uma questão de olhar e de visão. Ver e dizer, escrever o que se passou e apresentá-la tal como foi vista, à semelhança de um espelho: e é aí que se encontram alguns dos problemas que vêm constituindo a rotina do historiador até os dias atuais. As numerosas reformulações na historiografia moderna prosseguiram nesse trabalho entre as fronteiras do visível e do invisível, com a ambição de obter uma visão real das coisas a partir de um olhar analítico, mais abrangente e profundo. E com o término do século XX, essa intensa evidência da história passa a ser questionada. Que papel cabe, daqui em diante, ao historiador frente ao desafio narrativista, à relevância tanto da testemunha quanto do juiz, no exato momento em que memória e patrimônio se tornaram evidências? Essa e outras questões são analisadas nesta obra escrita por François Hartog, um dos mais importantes historiadores franceses da atualidade.

Evidência da História: O Que os Historiadores Veem Capa ilustrativa

Evidência da História: O Que os Historiadores Veem

Ano:   Editora: Autentica

Tipo: novo

Flanarte Flanarte SP - São Paulo
98% Positivas
2325 qualificações
R$ 43,92 + R$ 8,21 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo. 288p. 15,5x22,5 Sinopse: A história é feita de evidências. Ela é relatada, escrita. Desde Heródoto, o fazer história é uma questão de olhar e de visão. Ver e dizer, escrever o que se passou e apresentá-la tal como foi vista, à semelhança de um espelho: e é aí que se encontram alguns dos problemas que vêm constituindo a rotina do historiador até os dias atuais. As numerosas reformulações na historiografia moderna prosseguiram nesse trabalho entre as fronteiras do visível e do invisível, com a ambição de obter uma visão real das coisas a partir de um olhar analítico, mais abrangente e profundo. E com o término do século XX, essa intensa evidência da história passa a ser questionada. Que papel cabe, daqui em diante, ao historiador frente ao desafio narrativista, à relevância tanto da testemunha quanto do juiz, no exato momento em que memória e patrimônio se tornaram evidências? Essa e outras questões são analisadas nesta obra escrita por François Hartog, um dos mais importantes historiadores franceses da atualidade.

Avaliações do livro

Ainda não há avaliações para este título, seja o primeiro a avaliar.

Avalie o livro