A Compra Garantida Estante Virtual é uma garantia de que você receberá a encomenda ou o reembolso do valor da sua compra. Saiba mais aqui.

  • 1.350 sebos e livreiros
  • Qualificações positivas dos livreiros
  • Maior acervo do mundo em língua portuguesa
filtros
Historias de Quilombolas Capa ilustrativa

Histórias de Quilombolas

Flávio dos Santos Gomes

Em "Histórias de Quilombolas", Flávio dos Santos Gomes retrata o mundo interligado das senzalas e dos quilombos no Rio de Janeiro do século xix. Resultado de pesquisa primorosa feita em arquivos policiais e judiciários, o livro descreve com detalhes as ligações dos quilombolas com grupos livres e com cativos, mostrando como os fugitivos abalavam o equilíbrio das relações escravistas. A primeira parte do livro conta como os quilombos de Iguaçu, no recôncavo da Guanabara, resistiram à repressão das autoridades. Taberneiros, pequenos negociantes e escravos comerciavam com eles e os informavam sobre as expedições repressoras. A segunda parte examina a "insurreição quilombola" de Manoel Congo, em Vassouras, em 1838, de que participaram cativos africanos e "crioulos" (nascidos no Brasil), trabalhadores, domésticos e lavradores - tanto homens como mulheres. O final reúne histórias dos anos 1870 e 1880 que mostram como a crise de legitimidade do escravismo potencializou o movimento de libertação dos escravos. Fechar Ler mais

Em "Histórias de Quilombolas", Flávio dos Santos Gomes retrata o mundo interligado das senzalas e dos quilombos no Rio de Janeiro do século xix. Resultado de pesquisa primorosa feita em arquivos policiais e judiciários, o livro descreve com detalhes as ligações dos quilombolas com grupos livres e com cativos, mostrando como os fugitivos abalavam o equilíbrio das relações escravistas. A primeira parte do livro conta como os quilombos de Iguaçu, no recôncavo da Guanabara, resistiram à repressão das autoridades. Taberneiros, pequenos negociantes e escravos comerciavam com eles e os informavam sobre as expedições repressoras. A segunda parte examina a "insurreição quilombola" de Manoel Congo, em Vassouras, em 1838, de que participaram cativos africanos e "crioulos" (nascidos no Brasil), trabalhadores, domésticos e lavradores - tanto homens como mulheres. O final reúne histórias dos anos 1870 e 1880 que mostram como a crise de legitimidade do escravismo potencializou o movimento de libertação dos escravos. Fechar Ler mais

Estatísticas de venda deste livro

Último vendido Nos últimos 3 meses
Vendidos
Preço médio R$ " + data.stats.mean + "
Menor preço R$ " + data.stats.min + "
Maior preço R$ " + data.stats.max + "

Esta informação aparece apenas para usuários logados como livreiros.

Histórias de Quilombolas

Capa ilustrativa

Histórias de Quilombolas

Capa ilustrativa
Histórias de Quilombolas Capa ilustrativa

Histórias de Quilombolas

Ano:   Editora: Companhia das Letras

Tipo: novo

Ana Lima Bookseller Ana Lima Bookseller SP - São Paulo
100% Positivas
19 qualificações
R$ 61,00 + R$ 11,37 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Novo, sem uso. Brochura com 432 pgs. Dim: 16cm X 23cm X 3cm. Em Histórias de quilombolas, Flávio dos Santos Gomes retrata o mundo interligado das senzalas e dos quilombos no Rio de Janeiro do século XIX. Resultado de pesquisa primorosa feita em arquivos policiais e judiciários, o livro descreve com detalhes as ligações dos quilombolas com grupos livres e com os cativos, mostrando como os fugitivos abalavam o equilíbrio das relações escravistas. A primeira parte do livro conta como, no século XIX, os quilombos de Iguaçu, no recôncavo da Guanabara, resistiram à repressão das autoridades. Taberneiros, pequenos negociantes e escravos comerciavam com eles e os informavam sobre as expedições repressoras. A segunda parte examina a insurreição quilombola de Manoel Congo, em Vassouras, em 1838

HISTORIAS DE QUILOMBOLAS Capa ilustrativa

HISTORIAS DE QUILOMBOLAS

Ano:   Editora: Cia das Letras

Tipo: novo

Livraria Livros e Livros Livraria Livros e Livros SC - Florianópolis
99% Positivas
660 qualificações
R$ 62,91 + R$ 17,89 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição SKU: L55361719 Sinopse: Em Histórias de quilombolas, Flávio dos Santos Gomes retrata o mundo interligado das senzalas e dos quilombos no Rio de Janeiro do século XIX. Resultado de pesquisa primorosa feita em arquivos policiais e judiciários, o livro descreve com detalhes as ligações dos quilombolas com grupos livres e com os cativos, mostrando como os fugitivos abalavam o equilíbrio das relações escravistas. A primeira parte do livro conta como, no século XIX, os quilombos de Iguaçu, no recôncavo da Guanabara, resistiram à repressão das autoridades. Taberneiros, pequenos negociantes e escravos comerciavam com eles e os informavam sobre as expedições repressoras. A segunda parte examina a insurreição quilombola de Manoel Congo, em Vassouras, em 1838, de que participaram cativos africanos e crioulos (nascidos no Brasil), trabalhadores, domésticos e lavradores - tanto homens como mulheres. O final reúne histórias dos anos 1870 e 1880 que mostram como a crise de legitimidade do escravismo potencializou o movimento de libertação dos escravos.

HISTORIAS DE QUILOMBOLAS Capa ilustrativa

HISTORIAS DE QUILOMBOLAS

Ano:   Editora: Cia das Letras

Tipo: novo

Livraria Livros e Livros Livraria Livros e Livros SC - Florianópolis
99% Positivas
660 qualificações
R$ 62,91 + R$ 17,89 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição SKU: L55361719 Sinopse: Em Histórias de quilombolas, Flávio dos Santos Gomes retrata o mundo interligado das senzalas e dos quilombos no Rio de Janeiro do século XIX. Resultado de pesquisa primorosa feita em arquivos policiais e judiciários, o livro descreve com detalhes as ligações dos quilombolas com grupos livres e com os cativos, mostrando como os fugitivos abalavam o equilíbrio das relações escravistas. A primeira parte do livro conta como, no século XIX, os quilombos de Iguaçu, no recôncavo da Guanabara, resistiram à repressão das autoridades. Taberneiros, pequenos negociantes e escravos comerciavam com eles e os informavam sobre as expedições repressoras. A segunda parte examina a insurreição quilombola de Manoel Congo, em Vassouras, em 1838, de que participaram cativos africanos e crioulos (nascidos no Brasil), trabalhadores, domésticos e lavradores - tanto homens como mulheres. O final reúne histórias dos anos 1870 e 1880 que mostram como a crise de legitimidade do escravismo potencializou o movimento de libertação dos escravos.

HISTORIAS DE QUILOMBOLAS Capa ilustrativa

HISTORIAS DE QUILOMBOLAS

Ano:   Editora: Cia das Letras

Tipo: novo

Livraria Livros e Livros Livraria Livros e Livros SC - Florianópolis
99% Positivas
660 qualificações
R$ 62,91 + R$ 17,89 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição SKU: L55361719 Sinopse: Em Histórias de quilombolas, Flávio dos Santos Gomes retrata o mundo interligado das senzalas e dos quilombos no Rio de Janeiro do século XIX. Resultado de pesquisa primorosa feita em arquivos policiais e judiciários, o livro descreve com detalhes as ligações dos quilombolas com grupos livres e com os cativos, mostrando como os fugitivos abalavam o equilíbrio das relações escravistas. A primeira parte do livro conta como, no século XIX, os quilombos de Iguaçu, no recôncavo da Guanabara, resistiram à repressão das autoridades. Taberneiros, pequenos negociantes e escravos comerciavam com eles e os informavam sobre as expedições repressoras. A segunda parte examina a insurreição quilombola de Manoel Congo, em Vassouras, em 1838, de que participaram cativos africanos e crioulos (nascidos no Brasil), trabalhadores, domésticos e lavradores - tanto homens como mulheres. O final reúne histórias dos anos 1870 e 1880 que mostram como a crise de legitimidade do escravismo potencializou o movimento de libertação dos escravos.

Histórias de Quilombolas : Mocambos e Comun. de Senzalas no Rj

Histórias de Quilombolas : Mocambos e Comun. de Senzalas no Rj

Ano:   Editora: Arquivo Nacional

Tipo: seminovo/usado

O Xango de Xangai O Xango de Xangai BA - Salvador
100% Positivas
70 qualificações
R$ 63,00 + R$ 11,37 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Estudos Afro-Brasileiros. Brochura, 431 pgs. Título Completo : " Histórias de Quilombolas : Mocambos e Comunidades de Senzalas no Rio de Janeiro - Séc. XIX ". Bom estado.

História de Quilombolas Capa ilustrativa

História de Quilombolas

Ano:   Editora: Cia das Letras

Tipo: novo

Ladeira Livros Ladeira Livros RS - Porto Alegre
98% Positivas
718 qualificações
R$ 69,90 + R$ 11,79 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição brochura; cia das letras; livro novo; J 07/08/17

Histórias de Quilombolas : Mocambos e Comun. de Senzalas no Rj

Histórias de Quilombolas : Mocambos e Comun. de Senzalas no Rj

Ano:   Editora: C das Letras

Tipo: seminovo/usado

A Casa das Letras A Casa das Letras RJ - Rio de Janeiro
94% Positivas
125 qualificações
R$ 70,00 + R$ 17,89 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Mocambos e Comunidades de Senzalas no Rio de Janeiro no Seculo XIX, perfeito estado cod-0235-1

Histórias de Quilombolas

Histórias de Quilombolas

Ano:   Editora: Companhia das Letras

Tipo: novo

Livraria Virtual Embooks Livraria Virtual Embooks SP - Embu
100% Positivas
43 qualificações
R$ 89,90 + R$ 11,37 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição *LIVRO NOVO* Em "Histórias de Quilombolas", Flávio dos Santos Gomes retrata o mundo interligado das senzalas e dos quilombos no Rio de Janeiro do século XIX. Resultado de pesquisa primorosa feita em arquivos policiais e judiciários, o livro descreve com detalhes as ligações dos quilombolas com grupos livres e com os cativos, mostrando como os fugitivos abalavam o equilíbrio das relações escravistas. A primeira parte do livro conta como, no século XIX, os quilombos de Iguaçu, no recôncavo da Guanabara, resistiram à repressão das autoridades. Taberneiros, pequenos negociantes e escravos comerciavam com eles e os informavam sobre as expedições repressoras. A segunda parte examina a "insurreição quilombola" de Manoel Congo, em Vassouras, em 1838, de que participaram cativos africanos.

Avaliações do livro

Ainda não há avaliações para este título, seja o primeiro a avaliar.

Avalie o livro