A Compra Garantida Estante Virtual é uma garantia de que você receberá a encomenda ou o reembolso do valor da sua compra. Saiba mais aqui.

  • 1.350 sebos e livreiros
  • Qualificações positivas dos livreiros
  • Maior acervo do mundo em língua portuguesa
filtros
Pela Casa Se Conhece o Dono Capa ilustrativa

Pela Casa Se Conhece o Dono

Didier Cornille

Uma nova adição para uma das linhas mais importantes da editora Cosac Naify, a arquitetura, chega às livrarias Pela casa se conhece o dono, do francês Didier Cornille, um livro que vem para mostrar que o assunto pode ser apaixonante para todos. Valendo-se de textos curtos e ilustrações precisas, Didier Cornille apresenta casas icônicas em ordem cronológica, dos anos 1920 até o início do século XXI. Gerrit Rietveld, Le Courbusier, Frank Lloyd Wright, Charles e Ray Eames, Mies Van der Rohe, Oscar Niemeyer, Jean Prouvé, Frank Gehry, Shigeru Ban, Rem Koolhaas, Sarah Wigglesworth e Jeremy Till são nomes que deixaram marcas por revolucionar os projetos de moradias, influenciando também nos métodos de construção. Frank Lloyd Wright, por exemplo, integrou uma residência a uma cachoeira e Rem Koolhaas projetou uma casa que tem como cômodo principal um elevador, para atender às necessidades de seu dono paraplégico. Ao conhecer as obras desses arquitetos vemos também a evolução do uso de diferentes técnicas de construção e de diversos materiais, surgidos das necessidades da época: o casal Charles e Ray Eames usavam compensados de madeira em seus projetos durante a Segunda Guerra Mundial, e o arquiteto japonês Shigeru Ban usou de rolos de papelão para construir casas emergenciais em um país assolado por terremotos. O leitor é convidado a adentrar as casas desses arquitetos e a saber como elas foram construídas: a Casa Farnsworth, de Mies Van der Rohe, a Casa de Bordeaux de Koolhaas e até a residência em Canoas, onde viveu o brasileiro Oscar Niemeyer, nos morros do Rio de Janeiro, em meio à natureza, incluída pelo autor especialmente na edição brasileira da obra. Didier dedica um capítulo a cada um desses grandes nomes, incluindo uma pequena biografia e a síntese de seus principais projetos. Acompanhando o texto estão seus desenhos de traço fino, com os quais esmiúça os detalhes de cada uma dessas construções icônicas. Mais do que retratar as casas em si, Cornille as desconstrói, evidenciando suas particularidades em ilustrações que são estilizações dos croquis originais. Um pequeno retrato dos arquitetos acompanha as aberturas dos capítulos. Fechar Ler mais

Uma nova adição para uma das linhas mais importantes da editora Cosac Naify, a arquitetura, chega às livrarias Pela casa se conhece o dono, do francês Didier Cornille, um livro que vem para mostrar que o assunto pode ser apaixonante para todos. Valendo-se de textos curtos e ilustrações precisas, Didier Cornille apresenta casas icônicas em ordem cronológica, dos anos 1920 até o início do século XXI. Gerrit Rietveld, Le Courbusier, Frank Lloyd Wright, Charles e Ray Eames, Mies Van der Rohe, Oscar Niemeyer, Jean Prouvé, Frank Gehry, Shigeru Ban, Rem Koolhaas, Sarah Wigglesworth e Jeremy Till são nomes que deixaram marcas por revolucionar os projetos de moradias, influenciando também nos métodos de construção. Frank Lloyd Wright, por exemplo, integrou uma residência a uma cachoeira e Rem Koolhaas projetou uma casa que tem como cômodo principal um elevador, para atender às necessidades de seu dono paraplégico. Ao conhecer as obras desses arquitetos vemos também a evolução do uso de diferentes técnicas de construção e de diversos materiais, surgidos das necessidades da época: o casal Charles e Ray Eames usavam compensados de madeira em seus projetos durante a Segunda Guerra Mundial, e o arquiteto japonês Shigeru Ban usou de rolos de papelão para construir casas emergenciais em um país assolado por terremotos. O leitor é convidado a adentrar as casas desses arquitetos e a saber como elas foram construídas: a Casa Farnsworth, de Mies Van der Rohe, a Casa de Bordeaux de Koolhaas e até a residência em Canoas, onde viveu o brasileiro Oscar Niemeyer, nos morros do Rio de Janeiro, em meio à natureza, incluída pelo autor especialmente na edição brasileira da obra. Didier dedica um capítulo a cada um desses grandes nomes, incluindo uma pequena biografia e a síntese de seus principais projetos. Acompanhando o texto estão seus desenhos de traço fino, com os quais esmiúça os detalhes de cada uma dessas construções icônicas. Mais do que retratar as casas em si, Cornille as desconstrói, evidenciando suas particularidades em ilustrações que são estilizações dos croquis originais. Um pequeno retrato dos arquitetos acompanha as aberturas dos capítulos. Fechar Ler mais

Estatísticas de venda deste livro

Último vendido Nos últimos 3 meses
Vendidos
Preço médio R$ " + data.stats.mean + "
Menor preço R$ " + data.stats.min + "
Maior preço R$ " + data.stats.max + "

Esta informação aparece apenas para usuários logados como livreiros.

Pela Casa Se Conhece o Dono

Pela Casa Se Conhece o Dono

Exibindo todas as publicações encontradas. Filtre pelas mais recentesRemover filtro
Pela Casa Se Conhece o Dono

Pela Casa Se Conhece o Dono

Ano:   Editora: Cosac Naify

Tipo: novo

Mais Livros Usados e Achados Mais Livros Usados e Achados SP - Paulínia
100% Positivas
56 qualificações
R$ 35,00 + R$ 9,63 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo! 94 páginas. - 20163351

Avaliações do livro

Ainda não há avaliações para este título, seja o primeiro a avaliar.

Avalie o livro