A Compra Garantida Estante Virtual é uma garantia de que você receberá a encomenda ou o reembolso do valor da sua compra. Saiba mais aqui.

  • 1.350 sebos e livreiros
  • Qualificações positivas dos livreiros
  • Maior acervo do mundo em língua portuguesa
filtros
Culturas da Contestacao Capa ilustrativa

Estatísticas de venda deste livro

Último vendido Nos últimos 3 meses
Vendidos
Preço médio R$ " + data.stats.mean + "
Menor preço R$ " + data.stats.min + "
Maior preço R$ " + data.stats.max + "

Esta informação aparece apenas para usuários logados como livreiros.

Culturas da Contestação

Culturas da Contestação

Culturas da Contestação

Culturas da Contestação

Ano:   Editora: Achiame

Tipo: seminovo/usado

Robson Achiamé Livros Robson Achiamé Livros SC - Santo Amaro da Imperatriz
93% Positivas
15 qualificações
R$ 12,00 + R$ 6,21 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Culturas da Contestação - Anarquistas e anticlericais em Santa Catarina 1900-1940 "Ensaiando os primeiros passos ainda no final do século 19, sobretudo através de imigrantes italianos que chegaram ao Brasil, a cultura libertária logo se disseminaria marcando de maneira indelével a sociedade brasileira no início de século 20. Em seu nome, colônias, escolas, sindicatos e jornais foram criados enquanto instrumentos de luta social. E agregada à propaganda anarquista, proposições anticlericais, agitavam ainda mais os embates ideológicos da Primeira República, inclusive pelo estado de Santa Catarina, que por entre tramas e tensões revelava suas experiências de contestação." §§§ Livro em ÓTIMO estado. NOVO. Sem marcações. Brochura com 80 páginas, no formato 14x21cm;;

Culturas da Contestação

Culturas da Contestação

Ano:   Editora: Achiame

Tipo: seminovo/usado

Livros para Sempre Livros para Sempre RJ - Rio de Janeiro
100% Positivas
129 qualificações
R$ 12,00 + R$ 6,21 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Culturas da Contestação - Anarquistas e anticlericais em Santa Catarina 1900-1940 "Ensaiando os primeiros passos ainda no final do século 19, sobretudo através de imigrantes italianos que chegaram ao Brasil, a cultura libertária logo se disseminaria marcando de maneira indelével a sociedade brasileira no início de século 20. Em seu nome, colônias, escolas, sindicatos e jornais foram criados enquanto instrumentos de luta social. E agregada à propaganda anarquista, proposições anticlericais, agitavam ainda mais os embates ideológicos da Primeira República, inclusive pelo estado de Santa Catarina, que por entre tramas e tensões revelava suas experiências de contestação." §§§ Livro em ÓTIMO estado. NOVO. Sem marcações. Brochura com 80 páginas, no formato 14x21cm;;

Culturas da Contestação

Culturas da Contestação

Ano:   Editora: Achiame

Tipo: seminovo/usado

Livros para Sempre Livros para Sempre RJ - Rio de Janeiro
100% Positivas
129 qualificações
R$ 12,00 + R$ 6,21 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Culturas da Contestação - Anarquistas e anticlericais em Santa Catarina 1900-1940 "Ensaiando os primeiros passos ainda no final do século 19, sobretudo através de imigrantes italianos que chegaram ao Brasil, a cultura libertária logo se disseminaria marcando de maneira indelével a sociedade brasileira no início de século 20. Em seu nome, colônias, escolas, sindicatos e jornais foram criados enquanto instrumentos de luta social. E agregada à propaganda anarquista, proposições anticlericais, agitavam ainda mais os embates ideológicos da Primeira República, inclusive pelo estado de Santa Catarina, que por entre tramas e tensões revelava suas experiências de contestação." §§§ Livro em ÓTIMO estado. NOVO. Sem marcações. Brochura com 80 páginas, no formato 14x21cm;;

Culturas da Contestação

Culturas da Contestação

Ano:   Editora: Achiame

Tipo: seminovo/usado

Livros para Sempre Livros para Sempre RJ - Rio de Janeiro
100% Positivas
129 qualificações
R$ 12,00 + R$ 6,21 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Culturas da Contestação - Anarquistas e anticlericais em Santa Catarina 1900-1940 "Ensaiando os primeiros passos ainda no final do século 19, sobretudo através de imigrantes italianos que chegaram ao Brasil, a cultura libertária logo se disseminaria marcando de maneira indelével a sociedade brasileira no início de século 20. Em seu nome, colônias, escolas, sindicatos e jornais foram criados enquanto instrumentos de luta social. E agregada à propaganda anarquista, proposições anticlericais, agitavam ainda mais os embates ideológicos da Primeira República, inclusive pelo estado de Santa Catarina, que por entre tramas e tensões revelava suas experiências de contestação." §§§ Livro em ÓTIMO estado. NOVO. Sem marcações. Brochura com 80 páginas, no formato 14x21cm;;

Culturas da Contestação

Culturas da Contestação

Ano:   Editora: Achiame

Tipo: seminovo/usado

Livros para Sempre Livros para Sempre RJ - Rio de Janeiro
100% Positivas
129 qualificações
R$ 12,00 + R$ 6,21 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Culturas da Contestação - Anarquistas e anticlericais em Santa Catarina 1900-1940 "Ensaiando os primeiros passos ainda no final do século 19, sobretudo através de imigrantes italianos que chegaram ao Brasil, a cultura libertária logo se disseminaria marcando de maneira indelével a sociedade brasileira no início de século 20. Em seu nome, colônias, escolas, sindicatos e jornais foram criados enquanto instrumentos de luta social. E agregada à propaganda anarquista, proposições anticlericais, agitavam ainda mais os embates ideológicos da Primeira República, inclusive pelo estado de Santa Catarina, que por entre tramas e tensões revelava suas experiências de contestação." §§§ Livro em ÓTIMO estado. NOVO. Sem marcações. Brochura com 80 páginas, no formato 14x21cm;;

Culturas da Contestação

Culturas da Contestação

Ano:   Editora: Achiame

Tipo: seminovo/usado

Livros para Sempre Livros para Sempre RJ - Rio de Janeiro
100% Positivas
129 qualificações
R$ 12,00 + R$ 6,21 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Culturas da Contestação - Anarquistas e anticlericais em Santa Catarina 1900-1940 "Ensaiando os primeiros passos ainda no final do século 19, sobretudo através de imigrantes italianos que chegaram ao Brasil, a cultura libertária logo se disseminaria marcando de maneira indelével a sociedade brasileira no início de século 20. Em seu nome, colônias, escolas, sindicatos e jornais foram criados enquanto instrumentos de luta social. E agregada à propaganda anarquista, proposições anticlericais, agitavam ainda mais os embates ideológicos da Primeira República, inclusive pelo estado de Santa Catarina, que por entre tramas e tensões revelava suas experiências de contestação." §§§ Livro em ÓTIMO estado. NOVO. Sem marcações. Brochura com 80 páginas, no formato 14x21cm;;

Avaliações do livro

Ainda não há avaliações para este título, seja o primeiro a avaliar.

Avalie o livro